Oi gente!
Esses dias estava tentando terminar um projeto de costura e me veio em mente o tema deste post.

Comecei a costurar faz cinco anos. Apesar de ser filha e neta de costureira, nunca tive vontade de costurar antes de engravidar, porque nunca tive paciência para muitos processos de costura, como por exemplo o alinhavo.
Como membro dessa nova geração de costureiras, gosto de tutoriais simplificados que utilizam técnicas simples. Ao invés do alinhavo, prefiro passar bem a ferro, de modo a poder fazer uma costura bem certinha. Mas nem sempre isso é possível, por isso repito pra vocês: alinhavar é preciso.

Não, não é perda de tempo, você não está atrasando seu trabalho em uma tarefa inútil, o alinhavo só vai garantir que sua costura fique reta e bem colocada, de modo a pegar todas as camadas de tecido e fechar a costura do jeitinho que você quer. Além disso, o alinhavo permite um excelente acabamento e foi justamente o que aconteceu no meu projeto.

Na primeira versão do projeto, juntei os dois tecidos, dobrados e vincados a ferro, alfinetei e passei a costura, resultado: um desastre! Além de não pegar o tecido de baixo, que ficou descosturado, o acabamento ficou muito ruim.

O primeiro projeto e o problema que tive com a falta de alinhavo.

Então, decidi alinhavar neste segundo trabalho, como as mulheres da minha família sempre fizeram e voilá: a costura ficou ótima e o acabamento perfeito.

O alinhavo em ação e o resultado bem lindo!

Fiquei bastante satisfeita, aprendi a lição e vim dividir com vocês: alinhavem, vocês não vão se arrepender!

Beijoca,
Ana