Viagem Craft: Montevideo – Aprendendo a fiar lã em uma roca

Olá!
Hoje vou começar a contar sobre uma viagem muito especial que fiz em outubro: fui para Montevideo (no Uruguai) com uma turma muito legal reunida pela Novelaria. Lá pudemos fazer praticamente uma imersão no mundo das lãs, foi maravilhoso!

As lãs de merino (que é um tipo de ovelha) que são produzidas no Uruguai são da melhor qualidade, num segmento em que as lãs australianas e neozelandezas também são muito famosas.

Primeiro dia

A viagem de avião foi na parte da manhã. Rapidinho se viaja de São Paulo a Montevideo: foram apenas 2h40 de vôo. O grupo já foi recebido com um presentinho fofo da Lica, uma das donas da Novelaria: um moleskine lindo que será meu próximo caderno de anotações de tricô!

Chegamos a Montevideo na hora do almoço e já estava agendado para todos nós irmos ao Lavender, um café muito fofo, que também é um viveiro de plantas (e de flores, principalmente).

Quiche agridoce com salada do Lavender, uma delícia!

Viveiro do Lavender, repleto de flores!

Fiar Lã em uma Roca

Saindo do almoço, participamos de uma oficina de fiar a lã, com a Virginia da Ruralanas. A Ruralanas consiste em um grupo de mulheres do norte do Uruguai. Elas fiam, tingem e tecem as lãs, assim como dedicam o tempo necessário para fazer cada peça, conseguindo um produto único e de alta qualidade.

Nós utilizamos uma roca elétrica igual às que as artesãs usam em seus trabalhos. Eu amei pilotar a roca elétrica por alguns instantes, não pareceu tão complicado por conta do acelerador da máquina ser semelhante ao da máquina de costura.

Um xale de lã

Ao final, lãs naturais, sem tingimento e em diferente espessuras estavam à venda (como as lãs de uma das fotos acima) e também algumas lindas peças prontas como mantas, xales, capas para almofadas. Arrematei um xale de lã muito lindo, num tom azul esverdeado, não vejo a hora de poder usar!

Olha como é lindo o trabalho desta lã! Só essa franja já é linda sozinha!

Depois seguimos finalmente para o nosso hotel, super aconchegante e bonito. Lá, jantamos e batemos papo até a hora que fomos descansar. Foi um ótimo início de viagem!

OBS: O look handmade do primeiro dia da viagem está neste post, um vestido em malha bem charmoso, numa cor linda!

Beijos!

Informações:

Novelaria
R. Mourato Coelho, 678 – Pinheiros
Site

Vivero Lavender – Tea Room
Endereço: Divina comedia, 2014, Bairro: Carrasco
Site
Ruralanas – Site

A volta às costuras depois de um ano
Voltei a dar aulas! Primeira parada: Sesc Ipiranga
Viagem com Costura: Um festival muito craft em New Orleans!

Olá!
Para fechar esta série de posts sobre New Orleans, deixei por último um aspecto surpreendente do festival que fomos nesta cidade tão especial: muitos crafts para ver e comprar!

Eu e o Ricardo gostamos muito de ir a shows e festivais. Normalmente o que rola “por fora” das atrações musicais são ligadas a entretenimento e venda de produtos das empresas anunciantes ou patrocinadoras do evento em questão.

Quando estávamos pesquisando sobre o festival, um item me chamou a atenção no site oficial do Jazz Fest, uma seção dedicada aos crafts e outra muito interessante voltada à cultura. Aí eu tive certeza que eu tinha que viajar até lá, rs!

Como se trata de um festival de música e cultura em geral, pudemos conferir muitas coisas além dos shows, ou seja, só ficaria parado se a vontade fosse essa!

Procuramos visitar tanto quanto foi possível e foi uma supresa agradável a cada espaço visitado! Sei que não conseguimos ver tudo, mas tudo o que vimos foi bom demais!

Vou colocar algumas fotinhos aqui, mas se quiser ver mais, essas duas seções do site do Jazz Fest que coloquei o print acima tem todos os expositores!

Congo Square African Marketplace

Fica junto do palco Congo Square, onde encontramos uma variedade de artesãos locais, nacionais e internacionais que exibem antigas técnicas de artesanato, bem como variações modernas e adaptações dessas técnicas.

Congo Square African Marketplace

Vestidos incrementados.

Gente, essas almofadas maravilhosas foram feitas em crochê!!!

Bordado todo em miçangas, muito encontrado nos trajes dos Mardi Gras Indians.

Aaaahhhh, essas estampas maravilhosas!

Contemporary Crafts

A parte de Crafts Contemporâneos fica perto das tendas de Blues, de Jazz e de Música Gospel (esta última recebia uma visita nossa todo dia, é contagiante e linda!). Crafts variados estavam à venda, como roupas, artigos em couro, acessórios, jóias, objetos de decoração feitos de madeira, cerâmica, metal e outros materiais e técnicas, assim como esculturas e fotografias!

Início da parte de Contemporary Crafts

Pinturas…

Roupas…

Artesanato em madeira

Trabalhos lindos em couro. Amei as máscaras!

Louisiana Marketplace e Louisiana Folklife Village

As duas áreas estão bem próximas, sendo que a primeira era de venda de produtos artesanais do estado da Louisiana a venda, em especial da cidade de New Orleans. A segunda eram tendas de artesãos demonstrando seus trabalhos ao vivo.


Louisiana Marketplace.


Itens artesanais em madeira.

Quando cheguei ao Louisiana Folklife Village, muitos suspiros, foi a parte que eu mais gostei! Todos eram muito disponíveis para contar sobre seus trabalhos, para tirar fotos e tudo mais. Era mais uma forma de ter contato com a cultura, arte e tradições locais!

Produção artesanal de acordeões…

… e de violinos… Também tinham outros instrumentos como violões e guitarras! Nada mais justo numa cidade tão musical, não é?!

Para contar mais sobre o Mardi Gras (o carnaval de lá), três expositores chamaram muito a atenção:

Um traje de Big Chief todo feito à mão. O próprio Big Chief (uma das figuras do Mardi Gras Indians) estava lá e me contou um tanto sobre o trabalho realizado e o peso das roupas (ele prefere que as peças dele não sejam tão pesadas para que ele possa dançar, por exemplo).

Olha só a riqueza de detalhes!

Trabalho de bordado com miçangas feito ao vivo!

Um ateliê que faz roupas para os bailes de gala do Mardi Gras. O vestido exposto era muito lindo!

Aqui dá para ver a riqueza nos bordados do vestido e também esta linda parte de cima!

Sapatos decorados para completar o look do Mardi Gras!

Exposições no Grandstand

O Grandstand é uma estrutura fixa do local, composta pelas arquibancadas de onde as corridas de cavalos podem ser assistidas. Durante o festival, acontecem entrevistas, shows, demonstrações culinárias e exposições, além de possuir os melhores banheiros, já que não são banheiros químicos, rs!

Nós visitamos a exposição de fotografia e também as exposições sobre algumas tradições locais. Mais uma vez, adoramos tudo!

Nossas compras craft no festival

Fiquei babando por muita coisa que estava à venda, mas algumas delas seriam impossíveis de trazer na mala. No fim das contas, eu e o Ricardo ficamos apaixonados pelo trabalho de um fotógrafo que estava lá vendendo suas lindas imagens desta cidade incrível. As fotos foram fáceis de trazer na mala e agora já estão devidamente emolduradas e em seus devidos lugares aqui em casa. O fotógrafo L.J. Goldstein – The Brass Camera estava vendendo suas lindas fotografias lá na área de Contemporary Crafts.

Esta linda senhora sorrindo em uma janela está na parede da escada. Eu a vejo sempre e fico sempre feliz! (Fonte)

O menino à esquerda é o Trombone Shorty, um dos mais famosos músicos de NOLA da atualidade.Nesta foto ele ainda era pequeno, hoje em dia é um moço de muito respeito!Esta foto está em meu quarto. (Fonte)

Também trouxemos um pôster do festival, que ficou maravilhoso depois de emoldurado. Ele foi criado por Paul Rogers e chama “House of Swing – Portrait of the 1st Family of Jazz” (Casa do swing – retrato da primeira família do Jazz). Tem mais informações e até como comprar aqui.

Foram ótimas aquisições, lembranças de uma viagem incrível que agora embelezam a nossa casa!

Uma viagem especial em seis posts

Se você quiser conferir todos os posts desta viagem, listei todos aqui:
1. New Orleans: Um sonho de viagem realizado, com muita música e crafts!
2. Os looks do primeiro final de semana do Jazz Fest!
3. Look do dia: Mini Saia de Malha!
4. Viagem com Costura: a Fábrica do Carnaval e lojas de tecidos em New Orleans!
5. Os looks do segundo final de semana do Jazz Fest!
6. Viagem com Costura: Um festival muito craft em New Orleans! (que é este que você está lendo!)

Ufa, missão concluída!

Espero que você tenha gostado, foi uma viagem surpreendente e eu fico muito feliz de ter compartilhado muitos detalhes dela por aqui!

Beijos!

A volta às costuras depois de um ano
Voltei a dar aulas! Primeira parada: Sesc Ipiranga
Viagem com Costura: a Fábrica do Carnaval e lojas de tecidos em New Orleans!

Olá!
Dos poucos dias de passeio em New Orleans que tivemos entre os dois finais de semana do Jazz Fest, um deles foi muito craft!

Mardi Gras World – a fábrica do carnaval de New Orleans

Iniciamos o dia visitando o Mardi Gras World (o mundo do Mardi Gras, que é um termo francês para “terça gorda”, que nada mais é que a 3a feira de Carnaval!).

Este é um galpão enorme, às margens do Rio Mississippi, onde são construídas todas as alegorias do carnaval de New Orleans. Ao contrário do nosso carnaval, que é preparado em segredo por cada escola de samba – já que elas competem entre si – todos os grupos que desfilam com seus carros deixam suas alegorias no Mardi Gras World para serem decoradas conforme os projetos elaborados para eles.

Rio Mississippi.

O tour guiado dura cerca de uma hora e custa cerca de 20 dólares por pessoa. A visita começa por um vídeo que conta das origens até os dias atuais do Mardi Gras em New Orleans, com seus costumes, significados e tudo mais.
Com essa noção geral de um Carnaval que acontece a muitos quilômetros de distância de nós, entramos no galpão. Cada estação de trabalho cuida de uma etapa, como a moldagem de blocos de isopor, a aplicação de papel marché, a pintura e assim por diante.

Decoração coberta com papel marché.

Estação de pintura.

Em quase todas elas tinha alguém trabalhando, então foi muito legal ver cada parte! Na entrada das estações de trabalho sempre tinha uma foto do projeto que aquele artesão estava executando, o que ajudava a entender mais!

Projeto em execução.

Moldagem de isopor.

Alguns rostos famosos já esculpidos.

Terminada esta parte, chegamos a maior parte do local, onde os carros alegóricos e as alegorias feitas recentemente estão guardadas. As peças todas pertencem aos grupos que desfilam pelas ruas da cidade e o Mardi Gras World desmonta as decorações das alegorias, reaproveita materiais quando possível e monta novamente para a festividade seguinte.

Alegorias prontas.

Carro alegórico, não pode ser muito alto nem muito longo, para circular nas ruas de New Orleans.

Mais um carro alegórico. Foi uma manhã super colorida!

Muito trabalho é feito manualmente, mas o pessoal de lá estava bem entusiasmado com um robô que pode cortar blocos enormes de isopor. Acredito que vai ajudar muito na questão de tempo, mas não vai substituir o trabalho de outros profissionais.

Modernidades: robô que corta blocos de isopor.

O fim do tour, como quase tudo do tipo nos EUA, leva à lojinha com souvenirs e locais para tirar fotos!
Confesso que não despertou a vontade de ir passar um carnaval lá, pois nós que somos brasileiros estamos “mal acostumados” com o nosso carnaval tão grandioso! Ainda mais com o carnaval de rua de São Paulo em crescimento nos últimos anos, que não tem nada disso das alegorias, mas que é uma diversão muito acessível! De qualquer forma, é uma delícia ver que uma das festas mais grandiosas de New Orleans é feita manualmente!

Lojas de tecido

Saindo de lá, fomos em busca de algumas lojas de tecido que eu tinha procurado. A primeira ficava no Garden District. O Garden District é uma região bem residencial da cidade, não muito longe do centro. Lá estão muitas mansões com arquitetura sulista e também alguns cemitérios fazem parte do passeio dos turistas na região.

Nós só almoçamos por lá (num restaurante que achamos “no susto” e adoramos, as informações sobre ele estão no fim do post) e seguimos para a loja de tecido que eu tinha encontrado nas minhas buscas.

A Promenade Fine Fabrics é uma graça de loja, com uma seleção muito boa de tecidos nobres. Tinha também bastante aviamentos e um atendimento muito atencioso, como em quase todos os lugares que visitamos na cidade.

Promenade Fine Fabrics(Fonte)

Aviamentos lindos!

Tecidos especiais.

Os vendedores conversaram muito comigo e com o Ricardo, já que somos do Brasil e iríamos em todos os dias do festival e acabamos saindo do circuito habitual de turismo e “caindo” na loja deles, mas também foram super prestativos para me ajudar a encontrar algum tecido que atendesse um dos meus projetos listados.

De lá vieram dois cortes de cetim charmeuse de seda, um azul petróleo e outro preto, para um macacão mais arrumadinho que quero fazer. O tecido azul petróleo não foi barato, mas é muito bom e valia a pena o investimento. Fora que ganhei o restinho da peça de brinde, pois sobraria bem pouco. Já o tecido preto estava na parte dos retalhos e realmente foi bem em conta para uma seda.

Seguindo de volta para a região mais central, paramos no Lower Garden District (vizinho do Garden District, não era muito longe do Mardi Gras World, aliás). A loja visitada foi a Chateau Sew & Sew, uma loja bem fofa com aulas de costura e uma seleção bem bonita de algodão e alguns outros tecidos como o linho. Também vendiam projetos, principalmente voltado ao público infantil.

Chateau Sew & Sew.

Uma graça de loja!

Ótima seleção de tecidos!

Comprei um tecido de linho preto com estampa dourada, que quero usar para fazer uma camisa para o verão.

Tecidos lindos: cetim charmeuse de seda em preto e azul petróleo, linho preto com estampa dourada.

Outras compras costurísticas

Enquanto estávamos na cidade, poucas compras foram feitas na Amazon e que foram para repor materiais que já havia comprado antes. De lembrança da cidade, mais um dedal temático para a minha coleção.

Stay Tape e Wonder Tape, para manter em casa. Um dedal da cidade para a minha coleção (comprado em uma loja de souvenirs da Canal Street).

Look do dia

Para este dia bem craft, usei uma roupa confortável para andar bastante. Fazia tempo que queria colocar a saia lápis de couro sintético para uso em produções diurnas e acho que esta primeira tentativa ficou bem legal!

Saia de couro sintético: Matelassê Leather Gráfico (100% poliéster recoberto com PET) comprado na loja Dona Dani (SP), modelo feito por mim :D. Mais fotos da saia neste post.Regata com renda: C&A
Camisa jeans: Levi’s
Tênis: Adidas

O colar roxinho é o “ticket” de entrada do Mardi Gras World, acaba virando um souvenir do local e remete a uma das tradições do carnaval de New Orleans.

Foi um dia muito gostoso, bem calmo para passear e muito proveitoso em termos craft!
Gostou? Já fiquei até com saudades!

Beijos!

Informações:

Mardi Gras World
1380 Port of New Orleans Place
New Orleans, LA 70130
Site

Baru Bistro & Tapas (onde almoçamos neste dia)
3700 Magazine St
New Orleans, LA 70115
Site

Promenade Fine Fabrics
1520 St Charles Ave
New Orleans, LA 70130
Site

Chateau Sew & Sew – Fabric and Sewing Studio
1115 St Mary St
New Orleans, LA 70130
Site

A volta às costuras depois de um ano
Voltei a dar aulas! Primeira parada: Sesc Ipiranga
Katia Linden
Sou de São Paulo, publicitária de formação e várias outras coisas por admiração e escolha própria: feminista, mãe de cachorros, tatuada, amante de música, viciada em Grey's Anatomy, costureira, modelista, consultora de estilo e (também, ufa) autora deste blog.
Sobre o Blog ⟩
Newsletter

Assine a minha newsletter e receba novidades exclusivas por e-mail!

Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Email inválido.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres. (Obrigatório!)
keyboard_arrow_right
close
Vencendo a minha maior resistência: vender!
Sobre Florescer em Pleno Inverno