Viva São João!

Olá!

Vai chegando a metade do ano e as festas juninas começam a aparecer. Eu adoro essa época, o friozinho, a comida, a festa em si, que acho muito divertida, e claro, curto muito participar da festa na escola da minha filha.

Gosto de ajudar enfeitar a escola, com bandeirinhas e balões, colaborar com os preparativos e também aproveitar a festa, produzindo quitutes e trabalhando nas barracas de brincadeira.
Esse ano, a escola enviou uma bandeirola para que cada criança a enfeitasse junto com a sua família e elas ganharam destaque, logo na entrada da escola. A nossa bandeirola ficou assim:

Minha primeira idéia era fazer uma fogueira, mas outra mãe logo no primeiro dia postou no facebook a bandeirola justamente com esse tema, então pensei que balõezinhos, adornados por bordado e mini botões ficariam muito bem e adorei o resultado! Além da bandeirola, vou ajudar a enfeitar a escola todinha com bandeirolas estampadas para colorir o arraial.

A segunda tarefa que eu quis fazer para essa festa junina era confeccionar algumas prendas para o bingo que acontecerá durante a festa.

Minha mãe doou um lindo jogo americano em patchwork como prenda e eu pensei em fazer uma almofada bem especial, para estimular o pessoal a participar, por conta da lindeza da prenda!

Comecei com um tecido jeans bem simples porque queria criar em cima, deixando ela bem detalhada e bonita.

Acrescentei um bordado à mão com a frase: “Metade de mim é amor, a outra também!”

Adicionei um pedaço de laise e logo quis bordar um ramo de flores subindo ao lado. Em seguida fiz uma composição simples com tecidos estampados que combinavam; apliquei cianinha e bordei por cima dela, fiz passarinho, um caracol em feltro e bordei detalhes sobre eles.

Coloquei o zíper escondido por uma aba do tecido jeans (primeira vez que uso essa técnica e adorei o resultado!) E fiz o recheio com um tecido simples, xadrezinho de verde e fechado com ponto invisível.

Gostei muito e tive outras ideias para fazer novas almofadas aqui para a casa. Julia também adorou, o que deixa a mãe bem mais feliz com o resultado do trabalho.

Por fim, faltam os quitutes que farei no dia (torta de legumes e suco natural) e ajudar com trabalho, que esse ano será na barraca da pescaria (por um motivo bem claro, a Julia não sai dessa brincadeira!).

E vocês? Como é que irão curtir o São João esse ano?

Beijoca,
Ana

Look do Dia: Um vestido de paetês para saudar 2020 e brilhar na quarentena
Dark, a compreensão da passagem do tempo e um gorro de tricô
Costuras da Semana!

Olá!
Semana passada foi de bastante trabalho no computador, para tirar o atraso dos dias em que ele esteve “interditado”, mas consegui costurar bastante!

Na aula de Patchwork, continuamos a montagem da carteira com um detalhe na técnica de Flying Geese, acho que amanhã termino para poder mostrar! Aí faremos uma bolsinha para celular e assim vou concluir este conjunto (e olha que estou precisando de uma bolsinha destas, rs)!

Na 6a feira foi aniversário da minha tia Frederica, ontem foi o da minha mãe e hoje é o dia do meu pai. Resolvi fazer almofadas para presenteá-las. Minha tia sempre elogia as minhas almofadas quando vem em casa e eu nunca tinha costurado algo do tipo para presenteá-la. Já para a minha mãe, eu tinha prometido almofadas novas desde que meus pais mandaram reformar os os sofás da casa deles, no fim do ano passado.

Então lá fui eu costurar as almofadas. A primeira foi feita um kit com tecido e enchimento que eu tinha comprado na Panólatras, num bazar Ó Gente do ano passado. A estampa é fofa, parece ladrilho hidráulico e o tecido é uma sarja bem legal, por isso resolvi começar montando uma almofada simples com ele.

Aí fui pensar como seriam as outras três. Aproveitei que minha mãe e eu somos iguais no quesito cores fortes e estampas (rs) e fiz mais uma almofada simples com um tecido lindo da Cris Mazzer que eu achava uma judiação cortar apenas em pedaços para usar em Patchwork.

Com o que restou destas duas primeiras almofadas, fiz outras duas com a técnica básica dos quadrados e achei que ficou tão legal!

Detalhe do quilt nos quadrados do tecido de ladrilhos.

Detalhe do quilt nos quadrados do tecido “estampadão”

Eu fiz tudo meio que no improviso, pois quando eu tenho esses estalos eu não quero parar para sair para comprar material, aproveitei para usar o que eu já tinha em casa. Isso é uma das coisas que eu mais gosto no Patchwork: combinar de um jeito novo e assim dar novo uso aos materiais que temos guardados.

O conjunto ficou bom no sofá de casa, acho que na casa dos meus pais também vai ficar legal!

Terminadas as almofadas da minha mãe, fui pensar nas almofadas da minha tia. Escolhi tecidos que remetem a cores mais naturais e que casassem bem com as almofadas que ela já tem em casa, sempre pensando em combinar com cores claras ou com o crochê que ela faz lindamente. Usei a técnica do triângulo perfeito e fiz duas almofadas iguais.
Para deixar mais moderninho, organizei os blocos para formarem um padrão de chevron.

Detalhe do quilt no chevron mais claro, feito com linho.

E elas também não ficaram legais no meu sofá? Rs!

Adorei os dois conjuntos e posso dizer que elas ficaram contentes com os presentes também! É tão legal poder presentear com algo que combina com cada pessoa, adoro!

Terminados os presentes, resolvi fazer um vestido novo (rs). Tá difícil eu conseguir me segurar, hehehe! Estou com o molde do vestido Monetta (da Colette Patterns) comprado desde o lançamento em abril do ano passado. Comprei o tecido para ele apenas em novembro e, desde então, estou esperando a hora de tirá-lo da “fila”.

Malha com estampa de plumas, a próxima da fila a ver a tesoura!

Momento “não façam isso em casa”: como ainda estou no processo de emagrecimento, tirei as minhas medidas e escolhi fazer um tamanho menor do vestido, contando que não precisarei ajustá-lo tão cedo. Vocês ficarão sabendo dos próximos capítulos, rs! #oremos

Por enquanto é isso!
Beijos e boas costuras!

Look do Dia: Um vestido de paetês para saudar 2020 e brilhar na quarentena
Costuras na Quarentena, Máscaras de Tecido e Recomeço do Ateliê
Amigo Secreto da Fon Fin Fan

Olá!

Semana passada aconteceu lá na Fon Fin Fan o encerramento das aulas deste ano com direito à festa e amigo secreto craft entre as alunas.

A festa estava super caprichada e bonita, a começar pelos balões no teto com as fotos das alunas com seus projetos concluídos, adorei!

O ponto alto com certeza foi a entrega do nosso amigo secreto craft. Sim, cada uma tinha que levar um presente feito por ela mesma. Como hoje em dia são muitas pessoas, não vou colocar um monte de fotos, rs, mas sim, cada presente e cada fala foi muito especial.
É incrível como a costura une as pessoas e como transforma cada uma também. Então, apesar de muita zoeira, alguns momentos foram emocionantes!

A mulherada animada!

Bom, vou começar com o presente que eu ganhei e a pequena história que o envolve. Ano passado a Carol chegou na festa com dois bolos caseiros de frutas, um para comer ali mesmo e outro para presentear a amiga secreta. Eu provei o bolo e falei que o presente seria meu, rs! Adivinha o que aconteceu? Ela me tirou! Fiquei super feliz!

Aí, neste ano, Carol chega na festa com uma caixa grande e meio pesada. Eu comecei a brincar: “quer ver que esse presente vai ser meu?”. Na hora do sorteio… adivinha? Ela me tirou, de novo!

Ganhei um Tontopffiguren, um presente tradicional alemão feito à mão com vasos de plantas que formam um boneco. Na cabeça dele vai uma planta de verdade! Eu achei super legal porque tem a ver com nós duas (eu sou filha de alemão, a Carol é esposa de alemão e está bem imersa nos costumes). Diz que eu não estou certa quando digo que coincidências não existem?

Carol, meu presente e eu!

Eu fiquei tão espantada que a Carol era quem estava começando a brincadeira e eu tinha sido sorteada por ela de novo que nem fiz “discurso”, rs! Carol, adorei mesmo, obrigada!

Em seguida, era a minha vez de presentear. Quem eu sorteei foi a Erika, que já foi minha colega de curso em outros tempos. Muito querida! Fiz uma almofada de crochê com linha laranja mesclada e o verso era de tecido mostarda com estampa vermelha. Achei que ficou mais bonita que a minha!

Erika, o presente dela e eu!

Eu estava fazendo a almofada aos poucos, desde agosto, quando a mestra Tati tocou no assunto de fim de ano pela primeira vez. Desde então ficava levando o crochê pra lá e pra cá. Ficou pronta uma semana antes, ufa!

Só que desta vez fui mais esperta e usei linha Anne, então o trabalho rendeu bem mais, além de ter ficado mais fofo e até mais bonito! Junto com a almofada, dei de presente também um pedaço de tecido com tema costurístico.

Presentes prontos para serem embalados!

Mais de perto…

E um detalhe da almofada, dá para ver o crochê e o tecido, adorei a combinação!

Eu vou aproveitar este post para agradecer o ótimo ano que tive lá na Fon Fin Fan, com tantos trabalhos legais e tanta gente querida! Que 2015 seja ainda melhor!

Lucia e Eliana, minhas colegas queridas. Adoro encontrá-las toda semana!

A turma do fim da festa, rs! Adorei!

Beijos para todo mundo da família Fon Fin Fan, já estou com saudades!

Look do Dia: Um vestido de paetês para saudar 2020 e brilhar na quarentena
Dark, a compreensão da passagem do tempo e um gorro de tricô
Katia Linden
Sou de São Paulo, publicitária de formação e várias outras coisas por admiração e escolha própria: feminista, mãe de cachorros, tatuada, amante de música, viciada em Grey's Anatomy, costureira, modelista, consultora de estilo e (também, ufa) autora deste blog.
Sobre o Blog ⟩
Newsletter

Assine a minha newsletter e receba novidades exclusivas por e-mail!

Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Email inválido.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres. (Obrigatório!)
keyboard_arrow_right
close
Vencendo a minha maior resistência: vender!
Sobre Florescer em Pleno Inverno