2019 de vida com verdade!

Que gostoso foi voltar a escrever! Para mim, escrever tem muito a ver com eu me reconectar com as minhas verdades, sabe?

Em 2018 eu me certifiquei de minhas convicções, das minhas verdades, dos meus valores, das minhas origens. E também me conectei profundamente com a minha espiritualidade.

Nesses momentos de total entrega a uma força muito maior que eu, tive a oportunidade de abrir a minha mente e sentir com todo o meu corpo o que eu tinha que fazer para lidar com a perda do meu pai e para seguir em frente após o término do meu casamento.

Faltando pouco para a chegada de 2019 eu queria dividir aqui algumas destas palavras que tanto me ajudaram a abrir este novo caminho! São estes os meus votos para você que me acompanha!

Proteção

Proteção espiritual e mental para que a gente não se deixe abater por energias negativas que eventualmente algumas pessoas tentem depositar em nós. Proteja-se de pessoas que mentem, que depositam energia negativa em você, que te subestimem, que não te dão valor ou que te maltratem. Afaste-se delas por mais que seja duro.

Equilíbrio

Equilíbrio do nosso corpo, cuidando de nossa saúde; equilíbrio psicológico, para sustentar o nosso corpo e ter forças para tomar decisões para melhorar as nossas vidas; equilíbrio espiritual, para receber esta força que só pode nos fazer bem.

Desprendimento

Aprenda a se desligar do passado, aquele tempo que não existe mais. Deixe o passado para trás e aprenda a não falar mais dele (eu ainda estou vivendo esse momento e me distanciando cada vez mais). Desligue-se também de toda a energia que possa te trazer sofrimento.

Mudança

Foque no futuro, só depende de você transformá-lo num presente cheio de propósito e abundância. Não deixe de ter coragem para tomar decisões.

Desenvolvimento

Saber que somos sobreviventes é muito bom e precisa ser celebrado. Mas não podemos ficar tempo demais nessa condição. Precisamos aproveitar o fortalecimento proporcionado pela sobrevivência das provações e desenvolver tudo o que precisamos. Sempre olhando para frente e para cima. E quem te acompanhar deverá olhar na mesma direção.

Gratidão

Saber que não estamos sozinhas no mundo e saber que estas pessoas nos acompanharão porque nos amam como somos é motivo para muita gratidão. E essa gratidão é o primeiro passo para a felicidade.

Levante a cabeça e brilhe, sempre.

Que 2019 seja um ano maravilhoso!

Os Melhores Posts de 2017!
Um 2017 Brilhante para todos nós!
Festa de Ano Novo feita à mão

No último post de 2016, eu dei algumas pistas de como seria a nossa festa de Ano Novo: em casa, com a família e com vários itens feitos à mão. E foi assim mesmo, felizmente!

Referências ao ar livre

Nos últimos tempos, eu e o marido fomos reunindo algumas referências de coisas que vimos e gostamos e, através delas, criamos o ambiente que queríamos para a nossa varanda.

Quando estivemos em Holambra (post aqui), uma mesa com bancos laterais já ficou em minha mente.

Mesa e bancos longos de madeira.

Quando eu estive em Montevideo, visitando as ovelhinhas em uma fazenda, lá estava o mesmo estilo de mesa e bancos compridos, além dos arranjos de lavandas em potinhos de vidro enfeitados com tecidos e fitas.

Arranjos simples e lindos!

Em Paris (post aqui), quando comprei os enfeites de papel, já imaginei todos eles pendurados em nossa festa. As cores das bolas (cinza, lilás e amarelo) viraram a minha referência de decoração para a ocasião. Gostei por ser menos convencional que o branco/prata/dourado habitual.

Bolas de papel que deram as cores da festa!

Assim, na mesma viagem, quando vi o tecido impermeabilizado branco estampado de prateado na feira craft que visitei (o post sobre a feira já está chegando, não esqueci!), já resolvi qual seria a toalha de mesa.

Toalha de mesa e vasinhos para as flores prontos!

Em Roma, vimos em um restaurante os ombrelones externos enfeitados por luzinhas em volta da cobertura. Mais uma ideia para o nosso projeto.

Luzinhas charmosas!

Mãos à Obra!

Eu e o Ricardo adoramos organizar festas em casa e queríamos há tempos dar um jeito em nossa varanda.

Com as referências acima em mente, primeiro fomos atrás das peças grandes. Os móveis foram comprados na Meu Móvel de Madeira, o ombrelone, as velas da mesa e as luzinhas de led à pilha com estrelinhas são da Tok&Stok e as plantas, vasos e suportes são do shopping Garden Sul.

A rede nós já tínhamos desde a nossa lua-de-mel, quando compramos duas delas em Fortaleza.

Eu fiquei com a toalha de mesa e os arranjos de flores para fazer. Ricardo se encarregou de fazer um varal com soquetes para colocar as lâmpadas de led. Fizemos tudo a tempo e, no final da tarde (depois de uma mega chuva, conto mais a seguir), deixamos tudo pronto lá fora, ufa!

Ah, clique em uma das imagens para ver em detalhes na galeria!

Com a missão de preparar o local cumprida, lá fui eu pensar no look do Reveillón. Comecei na véspera pois era uma peça relativamente simples.

Cadê a Luz?

Antes de fazer a arrumação que mostrei acima, como estávamos esperando chover na parte da tarde, cobrimos os móveis com uma capa daquelas para carro. Assim ninguém sentaria em cadeira molhada mais tarde.

A chuva veio e veio com tudo. Ficamos sem luz por volta das 16h. Quando parou de chover, arrumamos toda a varanda. Mas a minha roupa não estava pronta ainda e, principalmente, a nossa casa estava às escuras. Torcemos para que a Eletropaulo cumprisse a previsão de religar a energia às 19h30, mas não aconteceu.

Como o macacão que tinha começado não ficou pronto à tempo, parti para o plano B: usei a minha blusa nova de tricô com um shorts de cetim e tênis. Por conta do escuro, não consegui fazer nada elaborado no cabelo a não ser um coque alto e não consegui me maquiar.

O pessoal chegou e fizemos o possível para servir os quitutes planejados no escuro mesmo. Fomos salvos pela noite fresquinha na varanda, pelas luzes de led à pilha e pelas velinhas espalhadas pela casa. Não ficamos no silêncio pois o nosso bom e velho dock para celular funciona também à bateria e ela estava carregada desde o dia anterior, ufa! Festa sem música não dá, rs!

Não fiquei frustrada pois o que importava mais a gente já tinha: a família reunida que procurou levar na esportiva a falta de energia, que só voltou depois das 22h. Veja só como ficou tudo à noite!

Prometo fotos melhores com a blusa em breve, pois Ricardo fez estes cliques já depois das 2h da manhã, quando todos já tinham ido embora e nos preparávamos para desmontar tudo.

Toalha de Mesa e Arranjos de Flores: Como eu fiz

Contada toda esta saga para mandar 2016 finalmente embora, rs, vamos aos últimos detalhes da decoração?

Eu calculei o tamanho da toalha de mesa com base em outras que tenho em casa e que servem bem nas mesas da varanda e da cozinha. Vi que todas elas poderiam ser um pouquinho mais longas para ficarem mais certinhas nas cabeceiras.

Cheguei à seguinte conclusão (olha a dica): medi o tampo da mesa e adicionei 26cm de cada lado. Para uma mesa de 88cm x 160cm, a toalha terminada fica com 140cm x 212cm. Eu fiz uma barra de 1cm + 1cm em toda a volta, então o tecido cortado media 144cm x 216cm. Ficou perfeita!

Para os arranjos, usei vidros de molho de tomate e de azeitonas, diferentes entre si. Em cada um deles colei com Cola Pano um retalho de tecido branco ou de renda branca, que eu já tinha em casa. Para arrematar, um lacinho em renda roxinha. As flores escolhidas foram astromérias amarelas e flores do campo lilases.

O marido fez o varal para os soquetes seguindo um tutorial do YouTube (sempre salvando a gente, rs). Como o fio era branco e os soquetes eram pretos, o Ricardo pintou todos eles com tinta spray branca e também usou fita isolante branca. Ficou um capricho só.

O cardápio foi pizza caseira, praticamente uma instituição em nossa família. À meia noite, minha tia serviu lentilha também (não sou supersticiosa, mas sempre como pois é uma delícia)!

Enfim, contornamos as dificuldades e fizemos o nosso melhor para receber bem 2017!

Gostou? Eu espero usar esta decoração mais vezes!

Look do dia – Réveillon em Copacabana!
Look do Réveillon: Vestido estampado (Laurel Dress)
Um 2017 Brilhante para todos nós!

Olá!

Tenho pensado nessa mensagem para encerrar o ano há dias. E, como muita gente, eu estava com os ânimos alterados faz tempo. Eu ia encerrar o ano de 2016 com um “textão”, cheio de questionamentos. Eu, que não sou fã de usar imperativos, (qualquer hora posso até escrever sobre este tema, mas não hoje) estava caminhando para este lado. Pois é. Foi um ano difícil, pesado, arrastado (alguém ouviu dizer aquele clássico “nossa, passou voando”? Eu não!).

Mas nesta última semana eu consegui desacelerar. Parte porque eu queria e parte por conta de um super-piriri-intoxicação-alimentar que eu e o marido tivemos (e já estamos bem, graças a Deus!). Com um tempinho a mais para pensar, vi que não era assim que eu queria encerrar o ano por aqui.

Nós dois estamos nos preparativos para a chegada de 2017 do melhor jeito: cuidando de cada detalhe para receber nossa família em casa e fazendo vários itens à mão. Está sendo muito gratificante! Os toques de prateado, branco e pitadas de outras cores estão chegando à nossa varanda, que finalmente vai receber o brilho merecido depois de tantos anos sendo preterida por outras áreas da casa.

Já estão brilhando as luzes novas da varanda que o marido preparou!

Vasinhos feitos em casa à espera das flores.  Toalha de mesa prateada e branca. Vem 2017!

Foi aí que me deu este estalo: quero que 2017 seja um ano brilhante! De ideias, de amor, de paz. Por conta de tudo que andamos vivendo, desejo mais respeito entre as pessoas, desejo mais tolerância com o próximo e com as escolhas dele, desejo menos ganância.

Em um ano que várias pessoas brilhantes morreram (nem preciso dizer que algumas delas me fizeram chorar), que o nosso brilho faça a diferença. Que a gente seja brilhante com as nossas mãos inquietas e com as nossas mentes criativas.

Brilhe em 2017!

Eu acredito em trabalho de formiguinha, sou uma otimista. Quero fazer o meu melhor por este novo ano e espero que você tenha esta força, que você tenha este brilho também!

Feliz 2017!

Um beijo,
Katia

A volta às costuras depois de um ano
Um novo armário handmade para uma nova fase
Katia Linden
Sou de São Paulo, publicitária de formação e várias outras coisas por admiração e escolha própria: tatuada, amante de música, viciada em Grey's Anatomy e Game of Thrones, esposa, dona de casa, costureira, modelista, consultora de estilo e (também, ufa) autora deste blog.
Sobre o Blog ⟩
Newsletter

Assine a minha newsletter e receba novidades exclusivas por e-mail!

Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Email inválido.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres. (Obrigatório!)
keyboard_arrow_right
close
Vencendo a minha maior resistência: vender!
Sobre Florescer em Pleno Inverno