Costuras da Semana!

Olá!

Semana passada rolou mais um sumiço, né?!
Pois bem, eu justifico esse sumiço com uma palavra só: introspecção.
Fiquei um tempinho quieta no meu canto em casa, aproveitando a vontade de me recolher um pouco, junto com a desculpa do frio que tinha voltado, para tocar algumas coisas.

A inspiração habitual para escrever não estava aquelas maravilhas, então resolvi colocar a mão na massa e aproveitar o silêncio da minha casinha. Já que teve pouco post semana passada, pelo menos hoje tenho algumas coisas pra mostrar!

Na aula de Patchwork, continuamos com as lixeirinhas. A peça que tem o alfineteiro, para ficar ao lado da máquina, já está pronta e em uso!

Não é uma graça?

A lixeira de mesa está a caminho, semana que vem eu mostro!

Terminei a bolsa com alças de acrílico para carregar meus tricôs futuros. Fiz 6 blocos de listras e ficou assim:

Para a foto deixei as agulhas deitadas no fundo e meu cachecol pronto para dar ideia de volume. Cabe mais coisa ainda, rs!

Falando em cachecol… sim, dei um gás no tricô e terminei meu cachecol, ufa!

Olha a selfie nada produzida para mostrar a estréia, rs!

Como contei há alguns dias, estou seguindo o Sewalong para montar o vestido Myrtle, da Colette.
Essa semana ele começará a ser costurado e eu vou fazer em dose dupla. Os tecidos eleitos foram uma viscose com estampa PB para a versão em tecido plano e um jersey de viscose cereja para a versão em malha. Pelo cronograma, no começo da semana que vem eles ficarão prontos!

Outro projeto que estava me esperando e eu dei uma atenção foi a produção de cobertores para os animais abrigados na UIPA – União Internacional Protetora dos Animais. Ano passado eu fiz 40 cobertores de soft e este ano eu conseguirei fazer um pouco mais.

É muito bom contribuir com um projeto que a gente acredita e que sabe que vai ser útil. Ano que vem quero repetir e aumentar mais um pouco a quantidade, além de começar a fazer mais cedo.

Por último, aproveitei também para começar uma boa (e definitiva) organização dos meus tecidos. Quando eu terminar, espero que seja logo, vou dedicar um post especial, para contar o processo todo.

#organizakatiaorganiza

Boa semana e boas costuras para você!Beijos!

Como foi o Me Made May 2021 – Mês de maio com roupas feitas por mim
Meus 10 anos de costuras: as costuras de 2012 e início de 2013!
Costuras da Semana!

Olá!

Como promessa é dívida, nessa semana que passou teve costura nova e costura concluída, oba!

Bom, enquanto o vestido verde e as blusas minha e da Ana não estiverem terminados, nem vou tocar mais no assunto dessas peças (rs), pra deixar a repetição de lado, ok?

Eu estou com a garganta doendo bastante desde 5a feira e isso às vezes desanima um pouco a fazer as coisas de sempre… Hoje especialmente está pior que nos outros dias, ai credo! Não sei se com você é assim, mas nesses dias em que estou meio “nhé” é que eu aproveito pra fazer alguma coisa diferente, pro tempo passar mais rápido e pra esquecer do mal estar…

Acabei não indo no Bazar da Praça nem na exposição do Frei Caneca por conta disso. Então eu resolvi desengavetar um dos moldes parados aqui em casa e um tecido bem lindo, pra animar de fazer rapidinho e poder usar logo!

O projeto escolhido é o vestido Crepe, da Colette Patterns, que eu comprei em janeiro (que coisa feia, Katia!) e um tecido lindo da Liberty de sakuras com o fundo pink e vermelho. Já que eu tenho um monte de vestidos, eu fiz a variação do modelo que tem o decote em forma de coração, pois não tenho nenhuma peça assim e a faixa de outro tecido. O legal é que este é um vestido transpassado, só que nas costas!

Na verdade eu queria fazer a faixa do mesmo tecido, mas não tinha suficiente. Os 3 metros de tecido guardados desde o ano passado (que coisa feia, de novo, Katia!) já viraram um tanto de retalhos! Então tirei as faixas para amarrar de outro tecido Liberty, já que as cores coordenavam.

Dupla de Liberty “entrando na faca”, rs!

Pena que eu não consegui terminar para colocar a foto do vestido lindo e prontinho ainda neste post, mas falta pouco, juro!

Por enquanto, deixo o detalhe do decote de coração, pode ser?

Muito amor!

E o meu primeiro projeto do curso de Patchwork ficou pronto. Eu amei a minha bolsa e todo o processo de fazê-la! Já virou a bolsa que vou levar para o curso, assim como já fazem as minhas colegas do mesmo horário!

Xodó em forma de Patchwork

O quilting à mão que eu fiz enquanto via o filme Colcha de Retalhos (post aqui), o forro de bolinhas que ficou mais aparecido com a bordinha que deixei propositalmente à mostra para combinar com as alças pespontadas na minha Velhinha, achei que tudo ornou tão bem!

Sem dó de usar a linha vintage recém chegada em casa!

O pesponto da Velhinha é imbatível!

Pra poder mostrar melhor os detalhes da bolsa.

Estou super animada para o próximo projeto, que será uma dupla de jogos americanos com bolsinho para os talheres. Os tecidos já estão escolhidos e agora vou aprender a montar blocos com triângulos!

Nada como uma desacelerada na marra para fazer a gente costurar coisas diferentes, né?
Ah, e o blog completou 2 meses no sábado! Estou muito feliz pela resposta positiva que tenho recebido. Obrigada, o carinho vindo de cada pessoa só me anima ainda mais!

Beijos e ótima semana!

Meus 10 anos de costuras – Mantendo este blog desde 2013!
Look do dia – Blusa de malha com efeito tricô e mangas morcego
Katia Linden
Sou de São Paulo, publicitária de formação e várias outras coisas por admiração e escolha própria: feminista, mãe de cachorros, tatuada, amante de música, viciada em Grey's Anatomy, costureira, modelista, consultora de estilo e (também, ufa) autora deste blog.
Sobre o Blog ⟩
Newsletter

Assine a minha newsletter e receba novidades exclusivas por e-mail!

Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Email inválido.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres. (Obrigatório!)
keyboard_arrow_right
close
Vencendo a minha maior resistência: vender!
Sobre Florescer em Pleno Inverno