Costuras da Semana!

Olá!
Agora que estou de volta e devidamente instalada na minha rotina e no meu quartinho de costura, vamos ao resumo da semana!

Retomei o meu vestido Laurel que tinha deixado sem terminar antes das férias. Apesar de ter rolado um estranhamento entre a minha máquina e eu na hora de colocar o zíper invisível, deu tudo certo no final.

O meu segredo nessas situações é largar a costura um pouquinho, aproveitar para limpar e lubrificar a máquina, deixá-la quietinha por uns trinta minutos e na volta está tudo bem, rs!

O zíper não ficou perfeito pois tive que lutar com o pé calcador algumas vezes e, quando eu consegui colocar o zíper, achei melhor não tentar mais uma vez pois estava com receio de danificar o vestido de tanto costura-desmancha-costura. Paciência…

Aí faltava pouca coisa, marcar a barra, colocar o detalhe na frente, fazer o acabamento do decote e a barra com pontos invisíveis à mão (sou fã). Ontem só faltava colocar o ganchinho para fechar na parte de cima e… pronto!

Disfarça a cara de pastel, já tava meio tarde, rs
Ah, o Astor resolveu participar também

Disfarça também o treino para fazer um coque banana, hihihi

Eu amei tudo! Adoro combinar azul com verde e essa rendinha nos detalhes ficou delicada! Eu não estou acostumada a usar roupa mais larguinha, mas como é mais curto eu fico com a impressão que uma coisa compensa a outra. Espero usar bastante!

E o treinamento intensivo de pontos da máquina deixou o acabamento deste vestido ainda melhor. Está ficando mais parecido com o overloque.

E não é que, assistindo uma “maratona” de Mad Men, teve um episódio que a Joan (pra mim, a ruiva mais linda do mundo!) usava um vestido em tons de azul e verde, com as mangas com o detalhe parecido com este que eu fiz? Eu adorei encontrar esta referência no meio do processo todo. Pra quem adora a moda dos anos 60, têm dicas de produção de moda da série aqui.

Mad Men, temporada 6, episódio 4.

Mad Men, temporada 6, episódio 4.

Como eu contei aqui, eu comprei hexágonos novos na Liberty e comecei a costurá-los. Mas aproveitei que já tinha um bom tanto pronto para começar a combinar as estampas entre si e preparar a montagem de novas rosetas.
Já tenho mais de 20 rosetas novas me esperando para serem costuradas e eu fiquei pensando numa forma de organizar esses conjuntinhos. Peguei uma forma de assar cupcakes lá na cozinha e, em cada buraquinho, coloquei material para duas rosetas. Ficou bem arrumado e ainda serve de enfeite para o meu quartinho, rs!

Saldo de rosetas estampadas até o momento: 31 (de 146).

Fornada de rosetas em progresso

As aulas de costura retornaram esta semana e eu resolvi começar a fazer projetos que são realmente novos para mim, como roupas com gancho. Então, um tecido lindo que estava meio que sem projeto aqui em casa está se transformando em shorts. Tenho muita lição de casa para fazer (ajustes de todos os tipos) então nem dá pra mostrar ainda, rs!
O molde veio de uma revista Burda da minha professora, mas achei aqui uma foto e o molde online para mostrar o modelo:

Pleated Shorts – Burda

Ah, o blog completou 5 meses ontem, estou muito feliz!

Obrigada pela visita e pelo carinho!

E lá vou eu, pensando no que mais vou costurar, que delícia!

Beijos e boas costuras!

Voltei a dar aulas! Primeira parada: Sesc Ipiranga
Um novo armário handmade para uma nova fase
Minha colcha de retalhos – Pesquisa “in loco” na Liberty

Olá!

Nas minhas férias, eu tive a alegria de voltar à Liberty, yay!!! Não vou ficar escrevendo de novo sobre meu amor eterno (rs) e vou direto ao assunto deste post, sobre o que eu encontrei para a minha colcha de retalhos.

Lá na loja estavam à venda conjuntos de retalhos variados Liberty com os papéis para fazer o mesmo processo que estou fazendo aqui em casa. Legal, né?!

Comprei um pacotinho com 50 retalhos e papéis, feliz da vida, rs!

Estava num tipo de cantinho do Patchwork/Quilting, uma mesa cheia de produtos para fazer projetos à mão e à máquina, inclusive com livros à venda. O mais legal deste cantinho era ter uma amostra dos hexágonos montadinhos, uma graça!

Hexágonos variados, ainda com o alinhavo à mão que prende o tecido ao papel.

O avesso da amostra, com os papéis ainda presos.

Chegando em casa, a primeira constatação que os retalhos são bem bonitos e diferentes do que eu já tenho, o que é ótimo!

A segunda constatação é que tanto o tecido quanto o papel são um pouco maiores do que eu já estou fazendo aqui em casa:

À esquerda, um hexágono de tecido que eu cortei. À direita, um hexágono de tecido do kit e meu molde em cima, para dar ideia da diferença de tamanho.

À esquerda, um hexágono de papel do kit e meu molde de papelão em cima, para dar ideia da diferença de tamanho. À esquerda, um hexágono de papel craft que eu cortei.

Mas não tem problema, eu vou guardar os papéis para outro projeto (que use no máximo 50 hexágonos) e vou usar os tecidos lindos com os papéis que eu já tenho.

Foi uma delícia voltar à Liberty e ver esse cantinho. Já comecei a usar esses retalhos, serão aproveitados como os “miolos” das minhas rosetas!

Beijos!

A volta às costuras depois de um ano
Voltei a dar aulas! Primeira parada: Sesc Ipiranga
Minha colcha de retalhos – Novos retalhos

Olá!

Já faz um tempo que eu não faço uma atualização da minha colcha, né?!
As novidades que coloquei por último foram do começo do mês, quando a colcha estava assim:

Colcha em 01/07.

Bom, antes de sair de férias, eu produzi muitos hexágonos novos e, quando esta leva ficar pronta, vou montar muitas rosetas de uma vez também. Os novos retalhos que entraram foram estes, que restaram do kit que usei para as capas de almofada:

Estes tecidos lindos são da Eva e Eva, muito macios e gostosos de costurar à mão!

Gostei tanto desse tecido que, se eu precisar comprar tecido estampado para completar o projeto da colcha, já sei qual procurar!

Os próximos da fila serão retalhos azuis que vieram da produção das duas regatas Sorbetto (minha e da Ane) e do vestido Laurel (que está quase pronto):

O azul clarinho é um algodão japonês com toque acetinado que comprei na Mega Artesanal do ano passado. Os outros dois são Liberty (#amoreterno).

Diminuí um tanto do meu estoque de tecidos azuis com estes projetos e, de quebra, vou conseguir adicionar mais cor à colcha!

E neste momento, a colcha está assim, com muitos hexágonos prontos me esperando:

E com um tanto de peças na fila para serem costurados:

Ainda tenho um longo caminho pela frente, mas continuo muito animada!

Beijos!

5 Anos de Blog – Minha Manta de Retalhos está de volta!
Como fazer toalhas de mesa!
Katia Linden
Sou de São Paulo, publicitária de formação e várias outras coisas por admiração e escolha própria: feminista, mãe de cachorros, tatuada, amante de música, viciada em Grey's Anatomy, costureira, modelista, consultora de estilo e (também, ufa) autora deste blog.
Sobre o Blog ⟩
Newsletter

Assine a minha newsletter e receba novidades exclusivas por e-mail!

Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Email inválido.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres. (Obrigatório!)
keyboard_arrow_right
close
Vencendo a minha maior resistência: vender!
Sobre Florescer em Pleno Inverno