Costuras da Semana!

Olá!

Já começo o post mostrando o cesto de materiais que está pronto! Estou babando no projeto, mestra Tati arrasou como sempre! Eu amo detalhes e este cesto está repleto deles!

Botões pequenos e forrados para decorar e deixar as partes de dentro e de fora juntinhas.

Botões forrados maiores que arrematam as alças. Para fazê-los, usei a minha “fábrica de forrar botões” da Cath Kidston (post aqui).

Pespontinhos nas quinas.

E os blocos que formam os bolsos, já estavam prontos e eu continuo babando!

Para terminar o projeto de costuras para o quartinho falta só um porta agulhas que faz parte deste cesto e que deve ficar pronto esta semana. Aí, quando o quartinho estiver pronto, mostro como estão sendo usadas cada uma das peças lindas que fiz.

Eu não consegui me segurar e fiz um vestido Coco, rs! Eu gostei muito do caimento da blusa e resolvi fazer o vestido de uma vez. O decote é canoa e eu adaptei as mangas para ficarem curtas.

Vestido de malha “vapt-vupt”!

Foto com detalhe da barra, para mostrar esta estampa linda!

Durante o processo, a super assistência do filho mais velho, Astor! Rs!

E como eu e a overloque Encantada estamos numa boa (espero que esta fase dure muito, rs), aproveitei para preparar um furoshiki especial para embrulhar uma garrafa de vinho, presente para os queridos amigos Ju e Daniel.

Adoro embrulhar com tecido!

Como essa semana foi corrida mais uma vez, o quartinho continuou sem grandes progressos na organização. Uma hora eu consigo retomar, rs!

Ah, a Viviane Basile (super querida, lá de Brasília! Lembra quando eu a visitei no ano passado?) fez um post muito legal sobre a escolha de um manequim de prova (coisa que eu estou fazendo entre um projeto e outro). Se você também estiver procurando um manequim para chamar de seu, veja o post dela aqui!

Beijos e boas costuras!

Voltei a dar aulas! Primeira parada: Sesc Ipiranga
Um novo armário handmade para uma nova fase
Minha colcha de retalhos – progressos de Maio e Junho

Olá!

Em maio, eu retomei (mais uma vez, rs) a minha colcha de hexágonos. Eu voltei aos trabalhos em maio, quando me dei conta que tinha começado há um ano e ainda não estava pronta.

Pensando bem, por que isso aconteceu? Na fase das flores coloridas, à medida que eu acabava um projeto de costura, eu já pegava os retalhos que sobravam e transformava em hexágonos para usar na colcha.
Toda vez que ficava parado era porque eu tinha preguiça de preparar os hexágonos de papel. Na minha listinha de afazeres, o primeiro item que tinha que ser feito era cortar todos os hexágonos de papel. Quando tinha papel pronto, a colcha andava, simplesmente. E de tempos em tempos isso se repetiu.

No dia em que resolvi voltar aos trabalhos eu mudei o esquema de trabalho e passei a deixar uma hora do dia para os trabalhos da colcha, começando por cortar todos os hexágonos de tecido branco que vou precisar. Terminada esta etapa, passei a cortar o papel e em seguida fui alfinetando nos hexágonos de tecido, assim eu não desanimo de fazê-los de novo.

Hexágonos brancos em produção!

Durante os primeiros jogos da Copa que eu assisti, lá estava eu preparando os “sanduíches” de tecido e papel, como eu tinha planejado.

Ainda falta muito, ainda mais porque ficarei praticamente o mês de julho em férias, mas pelo menos descobri este meu ponto fraco e estou procurando fazer funcionar um jeito novo de trabalhar. Saldo de hexágonos brancos até o momento: 43 (de 536).

E uma hora a colcha vai ficar pronta, e vai ser ainda em 2014!
Beijos!

5 Anos de Blog – Minha Manta de Retalhos está de volta!
Como fazer toalhas de mesa!
Costuras da Semana!

Olá!
Esta semana passou voando! E foi produtiva!

Eu peguei mesmo embalo no tricô, rs! Em poucos dias eu fiz um cachecol para o marido em uma lã cinza escura. Eu acho que ele gostou!


O tricô rendeu muito logo no dia do fatídico jogo do Brasil com a Alemanha…

Pronto!

Que tal?

Em seguida, comecei uma gola de tricô para mim, já que o frio chegou de vez. Como eu só tinha um novelo da lã roxinha, calculei para usá-la toda. Acabou ficando mais baixa e um tiquinho mais larga que a gola da Ane. Ficou pronta em boa hora!

E o tricô rendeu também no jogo do Brasil com a Holanda…

Para não dizer que não costurei nada nesta última semana, na aula de Patchwork eu continuei minhas peças finais do kit de costura. Duas delas já estão com as frentes prontas, então já vou mostrar.

Relembrando como fazer aplicação e um bocado de costuras e pespontos à mão!

Além de estar amando fazer tricô, eu decidi dar uma diminuída no ritmo de costura de roupas novas. Explico: eu tenho bastante tecido guardado mas acho que produzi muita coisa (útil e boa) recentemente. Agora estou pensando no que eu realmente preciso, senão meu guardarroupas vai explodir, rs! Estou pensando em passar alguns projetos para casa na frente, assim não fico sem costurar.

E vamos que vamos!
Beijos e boas costuras!

Voltei a dar aulas! Primeira parada: Sesc Ipiranga
Um novo armário handmade para uma nova fase
Katia Linden
Sou de São Paulo, publicitária de formação e várias outras coisas por admiração e escolha própria: feminista, mãe de cachorros, tatuada, amante de música, viciada em Grey's Anatomy, costureira, modelista, consultora de estilo e (também, ufa) autora deste blog.
Sobre o Blog ⟩
Newsletter

Assine a minha newsletter e receba novidades exclusivas por e-mail!

Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Email inválido.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres. (Obrigatório!)
keyboard_arrow_right
close
Vencendo a minha maior resistência: vender!
Sobre Florescer em Pleno Inverno