Uma nova sala, com almofadas e pufes renovados por mim!

O primeiro trimestre deste ano foi intenso. Este trimestre está do mesmo jeito. Um dos movimentos que aconteceu por aqui no começo do ano foi a reforma da sala de casa, que estávamos tocando bem devagar desde o ano passado.

Eu e o Ricardo decidimos procurar profissionais que pudessem nos ajudar, pois desta vez a gente só sentia que queria mudar a sala, mas não tínhamos uma ideia clara na cabeça do que fazer de fato.

A sala sempre foi menos utilizada do que poderia, as pessoas chegavam em casa e iam direto para a cozinha. Estávamos cansados do visual desse cômodo, além dos estofados estarem meio detonados (principalmente por conta da fase destruidora da bebê Leia).

Resolvemos contratar a Buji, das queridas Ana e Barbara, que apresentaram um projeto com a nossa cara: mais moderno, aconchegante, alegre, criando um ambiente mais claro e com cores. O que me atraiu na proposta de trabalho das meninas é que elas sempre buscam aproveitar o que já temos em casa, dos móveis aos objetos que estão em outros cômodos.

Tivemos que fazer uma pequena obra pois a sanca e toda a moldura de gesso da sala foram retiradas (ufa!), agora temos uma parede de tijolinhos e a escada também ganhou um trato, retirando o carpete e restaurando o granilite lindão que tinha embaixo.

Já que a estrutura do sofá e das poltronas estava em bom estado, tudo foi revestido com novos tecidos. O restante do processo foi mais simples, com pintura de paredes e portas, mudança de lugar dos móveis e toques espertos de decoração no dia da montagem por parte das meninas.

Almofadas novas

Eu comentei com as meninas que, na hora de refazer as almofadas, eu queria costurá-las. A Barbara e a Ana deram uma olhada pessoalmente no meu acervo de tecidos e escolheram uma composição linda demais!

Fiz as capas novas sem fechamento com zíper e optei por aquele fechamento transpassado, como os usados em travesseiros.

Os tecidos escolhidos foram:

  • Algodão Liberty estampado, comprado em San Francisco em 2015 (post aqui). Eu “dublei” este tecido com uma entretela fina para dar mais estrutura e fiz duas almofadas iguais.
  • Seda amarela, comprada em Berlin em 2014 (post aqui). Curiosidade: eu comprei esse tecido pensando em fazer uma blusa com ele, mas depois vi que era muito estruturado para o que eu pensei. Hoje em dia sei também que a cor não é boa para mim… Ou seja: vivendo, aprendendo e aproveitando o tecido para outro fim, rs!
  • Lã que restou do meu casaco com capinha, feito em 2016 (post aqui). Amei o contraste de cor e de textura desta almofada com as demais!

Aliás, eu sempre gostei de fazer almofadas novas para a sala, de tempos em tempos fui trocando… Alguns posts para outras almofadas que já fiz são este, este e este.

Pufes Renovados

A gente tinha esses pufes na sala há muitos anos e não estávamos muito animados a fazer algo novo com eles. As rodinhas estavam quebrando e a gente nunca achava uma boa posição para estas peças. Quando compramos, a ideia era ter mais lugares para sentar quando precisássemos acomodar mais gente, mas os pufes foram ficando de lado.

A Ana me convenceu a reformar os pufes e, já que eu faço crochê, a pedida foi fazer capas com fio de malha na cor cinza, para deixá-los mais neutros em relação ao sofá e às poltronas coloridas.

Um dos desafios foi fazer tudo em cerca de uma semana. Quem usa fio de malha sabe como trabalhar com ele cansa as mãos, apesar do rendimento ser bom devido à espessura do fio. Outro desafio foi comprar uma grande quantidade de fio, não achei rolos iguais de jeito nenhum à pronta entrega nos armarinhos que fui. O jeito foi comprar o que eu achei e deixar propositalmente um efeito “50 tons de cinza” nas peças, rs!

Eu usei a técnica de crochê circular usada nos amigurumis e que eu já tinha usado também nos cachepôs de crochê que fiz ano passado (post aqui). Ficou um “degrau” na troca de fios, mas confesso que não me incomodou. Usei quase 3kg de fio de malha da Euroroma (tecidos e cores variadas) em cada um deles.

Ah, as rodinhas velhas saíram e agora pezinhos “palito” de madeira deixaram os pufes mais firmes, um tiquinho mais altos e mais proporcionais com as capas novas!

Sala Pronta

Agora está tudo com cara de novo, mais claro, mais clean e mais alegre. Em cada cantinho tem um pouco das nossas melhores lembranças, como livros de música, nossos discos, fotos, pôsteres, lembranças de viagem e etc. Quem já passou por aqui adorou a sala nova e nós também! Além contarmos com a aprovação total das crianças aqui de casa: os nossos doguinhos Luke e Leia!

(Clique em uma das fotos para abrir a galeria e ver em tela cheia!)

Como eu comentei no post anterior, não costurei nenhuma roupa nova para mim em 2018, por isso mesmo ir para a máquina para fazer as almofadas novas da sala foi uma delícia! E fazer crochê sempre me deixa muito feliz!

Que tal usarmos nossas habilidades craft para renovar a nossa casa?

A saga da almofada de crochê
Cachepôs de Crochê!
Os Melhores Posts de 2017!

Além de abrir os trabalhos com este primeiro post de 2018, essa semana o blog completa um ano neste novo formato! Tem sido muito boa a resposta de todos que passam por aqui e eu amo demais ter este cantinho super com a minha cara!

Para rever e também para comemorar, eu selecionei os posts mais visitados e também os mais comentados em cada categoria aqui do blog! Nos dias de hoje, com tanta informação disponível, é realmente relevante receber comentários aqui no blog, por isso sempre respondo a todos com muito carinho e atenção!

Vamos ver os posts que foram destaque em 2017?

COSTURA

“Assine a minha newsletter!”

Eu lancei uma newsletter por e-mail recentemente e o convite para assiná-la fez muito sucesso! Aliás, se você ainda não se inscreveu, aproveite para ir lá no post e embarcar comigo nesse novo canal de comunicação!

“A Escolha da Máquina de Costura – Um Novo Post”

O tema máquina de costura sempre rende muitas visitas e muitos comentários por aqui. Pretendo voltar a falar sobre o tema logo menos (oba!). Em 2017 eu fiz uma versão atualizada de um dos primeiros posts do blog, sobre a escolha de uma máquina de costura e aí a conversa rolou legal por lá!

MANUALIDADES

“Cachepôs de Crochê”

O crochê com fio de malha bombou em 2017 e por aqui não foi diferente: o post sobre os cachepôs de crochê que eu fiz com fio de malha bombou também!

“Meus Apetrechos de Tricô e Crochê”

Mostrar quais são as nossas ferramentas queridas de trabalho sempre abrem caminho para uma boa conversa, né?! Então, no post onde mostro tudo o que uso para tricotar e crochetar foi assim!

Alfinetes e agulhas para costura, esmalte incolor (para dar acabamento), tesourinha, fita métrica e fazedores de pompom.

CURSOS E LOJAS

“Guia de Lojas – Santo Amaro e Interlagos (versão 2017)”

Um post que eu também refiz em 2017, para ajudar quem mora ou está sempre entre Interlagos e Santo Amaro, está mais completinho com as minhas lojas preferidas!

VIAGEM

Quem me conhece sabe que eu amo viajar e, sempre que posso, incluo um roteirinho craft-costurístico para fazer nos lugares que visito. Confesso que são dos posts mais trabalhosos, mas que me dão muita alegria ao dividir os achados com vocês!

“Viagem com Costura – Feira Craft em Paris (versão 2016)”

Um dos poucos posts com vídeo do ano passado, que ajudou a mostrar melhor como é visitar uma feira craft fora do Brasil, em Paris!

“Viagem com Costura – San Francisco”

San Francisco, uma cidade tão linda e a morada de pessoas amadas que amo visitar! Sempre é uma delícia voltar lá! E teve craft nas férias sim, sempre bem vindo!

“presunto” de alfaiate, alfinetes “cadeado” para tricô, duas réguas para marcar margens de costura/barras e o livro “No Patterns Needed”.

ARMÁRIO HANDMADE

“Acessórios para o Inverno: Gola em Lã Super Grossa!”

Apesar de agora estarmos curtindo os longos dias de verão, o post que mais fez sucesso nessa sessão do blog foi o que eu mostrei uma gola de tricô feita em lã bem grossa! Já estou com saudades de usá-la de novo (ou seja, saudades do frio, rs)!

De pertinho!

“O que eu deixei de costurar por causa do meu corpo””

E o post mais comentado foi onde abri meu coração sobre a relação que tenho com o meu corpo, minhas roupas e os meus desafios costurísticos pessoais. Percebi que tinha deixado de costurar algumas peças por conta do meu corpo e fiquei aliviada ao dividir por aqui!

Novos tempos para o blog

Em 2017 eu coloquei todo o conteúdo do blog nestas cinco categorias, deixando mais claro o que faço para quem visita. Fiquei satisfeita demais! Além de continuar a atualizar com regularidade, estou bolando algumas novidades para 2018 e, quando estiverem no ar, eu vou contando por aqui!

Agradeço demais as visitas, os comentários, as palavras de apoio, os elogios e tudo mais que eu recebo de quem prestigia o blog!

Feliz 2018, com muita costura, manualidades de todos os tipos, novos conhecimentos, looks feitos com as nossas próprias mãos e descobertas craft incríveis!

Top Posts de 2016!
Top Posts de 2015!
Look do Dia: Xale de Crochê!

Quando a Ana postou o xale vírus que ela fez (post aqui), além de também achar o nome muito curioso, fiquei doida de vontade de fazer um para mim. Pensei em usar como um xale/lenço para a meia estação!

Escolhendo o material

Seguindo a preocupação da Ana em achar bons materiais nacionais para fazer a peça, peguei a minha famosa cartela de cores e fui para o armarinho.

Escolhi o fio Esterlina 5 por ser de melhor qualidade, um fio de algodão egípcio merceirizado da Coats. Comprei quatro novelos, em dois tons de azul.

Sim, eu levo minha cartela de cores para o armarinho!

Fazendo o xale

Como a própria Ana explicou no post dela sobre o xale vírus, além do gráfico, quem criou o xale o explica em uma sequência de vídeos. Até chegar no último, já tinha decorado a receita, então nem cheguei a acompanhar o gráfico.

Os vídeos estão em inglês, mas se você já tem alguma noção do crochê, acho que vai conseguir reconhecer os pontos. Aliás, este efeito lindo é conseguido com os pontos mais simples do crochê: ponto alto, ponto baixo, correntinha e só!

Usei quase dois novelos de cada tom de azul, que fui intercalando à medida que eles terminavam. Cuidei apenas para que os desenhos ficassem completos antes de trocar de cor. Usei agulha 2,20mm, lembrando que meus pontos são apertados e no rótulo do fio indica usar agulha 1,75mm a 2mm.

Como o projeto original não indica um tamanho para a peça, usei o meu lenço de veludo como referência.

Tamanho ideal!

Foi muito gostoso fazer este xale! Em momentos como esse que eu lembro o quanto eu amo fazer crochê! Enquanto fazia maratona de “O Tempo Entre Costuras” (tem post sobre a série aqui!) e da segunda temporada de “Stranger Things”, o xale tomou forma!

Acabamentos e o xale pronto

Achei que o xale merecia um pouco mais de acabamento, pois no projeto não tem indicação nenhuma a respeito. Fiz uma carreira de ponto baixo na volta toda, bem simples, mas que arrematou direitinho principalmente a borda mais larga, onde começava cada carreira.

Ponto baixo em toda a volta.

Usando a mesma ideia do lenço de veludo da La Droguerie (fiz também um de algodão, este aqui), saí em busca de pingentes e contas grandes para colocar nas pontas. Os melhores materiais que consegui encontrar na região da 25 de março foram estas contas grandes de vidro e estes pingentes prontos (que queria que fossem mais gordinhos, mas ok).

Agora sim, finalizado!

Look do Dia

Aproveitei para usar o xale em um desses dias em que o tempo está mais fresquinho em SP, por cima de um vestido de malha que estou amando por causa das cores e dos recortes, além do comprimento midi que está cada vez mais presente em meu armário.

No fim das contas, o xale ficou “emoldurado” pelo recorte azul mais escuro do vestido, adorei!

Xale de Crochê: projeto do xale Vírus, da Woolpedia (em inglês). Usei quase 4 novelos da linha Esterlina 5, da Coats, nas cores 040 e 140 e agulha 2,20mm.
Vestido: Alcaçuz
Tênis: Adidas
Brincos e anel: Camila Klein

Eu amei fazer o xale!
Só tinha peças do tipo para o frio, então ficou bem diferente do que eu tenho no armário!

Aventuras em crochê: fazendo o xale vírus!
Craft Hour da Primavera de 83 e um bordado pro cantinho do café!
Katia Linden
Sou de São Paulo, publicitária de formação e várias outras coisas por admiração e escolha própria: tatuada, amante de música, viciada em Grey's Anatomy e Game of Thrones, esposa, dona de casa, costureira, modelista, consultora de estilo e (também, ufa) autora deste blog.
Sobre o Blog ⟩
Newsletter

Assine a minha newsletter e receba novidades exclusivas por e-mail!

Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Email inválido.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres. (Obrigatório!)
keyboard_arrow_right
close
Recebidos Maximus Tecidos Finos!
5 Anos de Blog – Minha Manta de Retalhos está de volta!