Aulas de Costura – Lurdes Alcaide

Olá!

Finalmente chegou a hora de contar sobre as minhas aulas de Corte e Costura!

Comecei o blog mais ou menos na mesma época que comecei a ter aulas com a Lurdes. Como já cheguei lá sabendo o básico de costura, fui desenvolvendo com ela peças que tinha vontade de costurar, para ter mais conhecimento nesta parte e para ter mais confiança para costurar minhas próprias roupas. As tentativas “solo” não tinham sido boas porque não sabia como lidar com os moldes, as roupas acabavam não servindo ou precisavam de tantos ajustes que acabavam ficando sem terminar por desânimo…

A Lurdes não tem um método “quadradinho”, ela vai ensinando conforme o conhecimento que a pessoa tem e o que se quer aprender, mas percebo que o forte dela são as roupas. O ponto de partida é construir uma base de corpo, onde se pode notar as particularidades de cada silhueta e também fazer variações com ela.

Outra coisa legal é que ela ensina a tirar moldes de revista e adaptar para suas medidas e contornos do corpo. Ou seja, as aulas dela são de Corte e Costura. Lá no ateliê também têm aulas de modelagem com outra pessoa, mas nunca frequentei.

Depois de frequentar as aulas por 10 meses, posso dizer que a Lurdes é uma pessoa muito querida para mim, espero poder frequentar suas aulas por muito tempo. Acho que neste post não conseguirei demonstrar quanto carinho tenho por ela e nem o quanto frequentar suas aulas me faz bem, além de eu estar muito satisfeita com o que eu tenho produzido sob a sua batuta. É uma delícia ver cada peça pronta e também cada coisa que passei a conseguir fazer sozinha em casa. É realmente terapêutico e muito gratificante!

Como eu moro longe, eu não iria dirigir 3 horas (entre ida e volta) para ter 4 horas de aula se fosse em outro lugar, mas com a Lurdes o trânsito se tornou apenas uma coisa menor e chatinha dentro de um dia incrível de costura. Vale super a pena!

Lá vão as informações:
Local: Ateliê e Escola de Costura Lurdes Alcaide
Tipo de aula: Curso de corte e costura. Nas aulas você aprende como tirar moldes e adaptar às suas medidas, bem como construir algumas peças a partir das suas medidas. Também é feita uma base de corpo, para desenvolvimento das próprias peças. A Lurdes ensina como cortar os tecidos, montar e dar acabamento às peças.

Precisa saber costurar para fazer?Não. Se você não souber costurar, os passos de como usar uma máquina e como unir tecidos, por exemplo, são explicados. À medida que forem necessários fechamentos e acabamentos nas peças, estes também são ensinados.

Tem algum material incluso? Não. Por ser um curso livre, não há apostila. Não precisa trazer os materiais maiores como réguas e curvas, assim como máquina de costura.

O que precisa levar? Alfinetes, giz para tecido, lápis, borracha, carbono para tecido, tesoura para tecido e para papel, tesoura de tecelão “mosca branca” e desmanchador de costura. Os materiais para as peças, como tecidos e aviamentos também devem ser trazidos.

Horas por aula: Eu faço uma aula de 4 horas por semana, mas a frequência pode ser combinada com a Lurdes, conforme disponibilidade.

Participantes por turma: até 4.

Que mais? São até 4 participantes por turma e as aulas são dadas pela Lurdes, conhecedora incrível de corte e costura, ajustes finos, acabamentos e modelagens. As aulas podem ser ministradas de manhã, à tarde ou à noite e também aos sábados, conforme disponibilidade.
Lurdes é uma graça de pessoa e torna o ambiente super agradável! Ela tem a costura como algo terapêutico (o que eu concordo totalmente!) e procura aliar o ensino da costura dentre os diferentes projetos que os participantes estejam tocando ao mesmo tempo.

O ateliê dispõe de 4 máquinas domésticas da Janome, máquinas indústriais e de overloque, além de mesas espaçosas para manipular os moldes e cortar os tecidos. Ela também dispõe de bons livros para consulta de corte e costura, patchwork, modelagem, acessórios, assim como muitas revistas de moldes.

Sem falar que o chazinho do intervalo é sempre uma delícia

Serviço:

Ateliê e Escola de Costura Lurdes Alcaide
Av. Dr. Arnaldo, 2217, Sumaré (perto da estação Sumaré do metrô – linha 2 – Verde)
Telefones: 11 3673-5376 / 11 3063-3730 / 11 98486-3231 (Celular)
Site: http://www.cursodecostura.art.br/

Beijos e boas costuras

(OBS: A Lurdes não mora mais em São Paulo desde julho de 2015. Desde esta época não tive mais aulas com ela, por conta disso os contatos acima não são os atuais. Este post permanece no blog para referência da profissional e da pessoa maravilhosa que a Lurdes é, um presente que ganhei na minha vida através da costura.)

Meus 10 anos de costuras – Mantendo este blog desde 2013!
Look do dia – Blusa de malha com efeito tricô e mangas morcego
Aulas de Costura – Ateliê Fon Fin Fan

Olá!

Pra falar a verdade, este post estava pronto faz tempo. Mas resolvi esperar a reforma e reabertura da Fon Fin Fan para publicar, assim não precisaria atualizar depois.

Já estou no último projeto do curso básico de Patchwork do ateliê, ansiosa pelo avançado. Como estou amando todos os projetos, o local, as pessoas e tudo por lá, vou dar mais detalhes por aqui. Aos poucos eu vou fazer posts de outros lugares que conheço e que já visitei, ok?

Local: Ateliê Fon Fin Fan – loja e ateliê de Patchwork
Tipo de aula: Cursos básico e avançado de Patchwork. O módulo básico é composto por 4 projetos que usam os blocos ensinados: bolsa com alça, lugar americano com bolso para talheres (um par), capa para almofada (um par), caminho de mesa. O módulo avançado possui 3 projetos: conjunto para cozinha (avental, pegador e puxa-saco), conjunto de três necessáires e kit ateliê de costura (com 5 peças).

Projetos do módulo básico (à esquerda) e do módulo avançado (à direita).

Precisa saber costurar para fazer? Não. Se você não souber costurar, os passos de como usar uma máquina e como unir tecidos, por exemplo, são explicados. Nos projetos em que outros recursos são utilizados, como fazer pontos invisíveis à mão, estes também são explicados.

Tem algum material incluso? Apostila impressa. Não precisa trazer os materiais maiores como base de corte, régua para Patchwork e máquina de costura.

O que precisa levar? Alfinetes, lápis, borracha, tesoura para tecido, calculadora, cortador circular (próprio para Patchwork) e desmanchador de costura. Os tecidos e a manta acrílica podem ser trazidos de casa ou comprados no local, é opcional.

Horas por aula: uma aula de três horas por semana.

Participantes por turma: até 6.

Que mais? São até 6 participantes por turma e as aulas são dadas pela Tatiana e pela mamãe Dona Lucia, ambas muito fofas, super tranquilas e pacientes. Elas buscam ensinar a montagem dos blocos de maneira bem sistematizada, o que ajuda a não montar fora da ordem planejada.

O ateliê dispõe de 4 máquinas domésticas da Sun Special e 2 da Janome em bom funcionamento além de duas mesas “king size” onde ficam as bases e réguas para cortar os tecidos.

Espaço do curso de Patchwork, grande e iluminado. O ambiente é muito gostoso e acolhedor. A loja é integrada ao ateliê, com detalhes e produtos lindos por todo o lado, então dá para comprar materiais para as aulas e outros itens prontos, a maioria usando tecidos, como bolsas, acessórios, itens para a cozinha, itens encadernados ou feitos com cartonagem e caixas em marchetaria, ótimos para presentear também.

Aceitam cartão de débito e crédito.

Muitas belezuras à venda.

Mais belezuras e o espaço para o café.

Espaço para o café.

Para mim foi uma ótima surpresa ter um lugar tão legal para aprender Patchwork na região que eu moro, pois sempre fiz aulas longe de casa. Estou conhecendo mais pessoas que costuram na região e prestigiando o trabalho super competente desta dupla dinâmica e muito querida!

Não é uma ótima oportunidade para quem é da zona sul para aprender a costurar e fazer Patchwork?

Mais fotos da reabertura do espaço neste post e agora os cliques das novidades que fiquei babando:

Flores lindas com vários materiais.

Acessórios.

Latas decorativas (existe amor em SP sim, eu concordo!)

Só não levei essa almofada linda porque um dos meus cachorros ia adorar destruir os corações, um a um…

Belezuras em marchetaria.

Serviço:

Fon Fin Fan – loja e ateliê
Av. Feliciano Correia, 374, Interlagos (perto da estação Autódromo da CPTM – linha 9 – Esmeralda)
Telefone: (11) 5666-5065
Site

Beijo!

Meus 10 anos de costuras – Mantendo este blog desde 2013!
Look do dia – Blusa de malha com efeito tricô e mangas morcego
Por que aprender a costurar?

Dia desses, uma graaaaaande amiga minha pediu a minha opinião sobre ela começar um curso de costura onde ela mora. E disse pra mim que nunca havia pregado nem um botão na vida.
Eu respondi prontamente, de maneira muito tendenciosa, rs!

Procurei enumerar o que veio à cabeça na hora, pra mostrar que saber costurar à mão e à máquina só tem vantagens:
– fazer um conserto simples sozinha, como aquele pedacinho que descosturou da roupa
– colocar direitinho o botão que caiu da camisa
– fazer uma barra naquela roupa que só por estar muito comprida está sendo pouco usada
– fazer projetos simples para a casa, como almofadas e toalhas de mesa
– customizar uma camiseta simples aplicando uma renda bonita
– fazer um acessório para o cabelo usando aviamentos bonitos

sdsd

Tingi um tule branco com chá preto para ficar com uma cor de coisa “antiguinha”, apliquei nele uma renda bonita, coloquei uma fita de organza por baixo, tudo à mão… e virou um enfeite para o cabelo.

Apliquei à mão uma renda creme perto da região do ombro da camiseta cinza mescla. Até hoje ela é uma das minhas favoritas.

Antes de Velhinha vir morar aqui em casa, pegava a máquina da minha mãe emprestada por um ou dois dias para costurar coisas simples como fazer barra em tecido soft e assim o cachorro ganhava um cobertor novo. (é absurdamente fácil e absurdamente mais barato!)

Ou seja, mesmo que a pessoa não queira trabalhar com algo que precise saber costurar, este conhecimento sempre terá utilidade!

Sabendo unir um tecido ao outro e colocar um zíper, por exemplo, já é suficiente para fazer uma necessaire para uso próprio ou para dar de presente (adoro!).

Estojo que fiz na aula de costura em que aprendi a colocar zíper. Virou a minha necessaire de maquiagem que uso até hoje!

Lógico, se o interesse aumenta, outras coisas podem vir pela frente: costurar roupas, fazer patchwork e com a técnica montar peças lindas… Com os tecidos que temos em casa também podemos nos aventurar a usá-los em encadernação ou em cartonagem…

Quando eu me casei eu já sabia costurar à mão e uma das primeiras coisas que fiz ao mudar para a minha casa foi montar um kit de costura com as cores de linha mais “comuns” como preto, branco, azul marinho, agulhas de mão, tesourinha, alfinetes e uma peça de elástico (esse último por total influência da minha mãe, que resolve um monte de coisas usando elástico, como prender aquele lençol que insiste em sair debaixo do colchão).

O interesse por aprender a costurar à máquina veio em 2011, quando estava sem trabalhar e queria aprender algo novo que eu pudesse usar para trabalhar depois, já que sempre gostei de atividades que tenham que usar manualidades em algum momento…

No fim das contas, nunca vendi nada que costurei até hoje, por opção. Estou sempre fazendo algum tipo de aula para aprender mais e acabei conhecendo lugares e pessoas que eu não imaginava poder ter contato tempos atrás.

Com as máquinas de costura portáteis, você pode costurar em qualquer cantinho da casa com uma mesa… Terminou é só guardar… Eu comecei usando a máquina da minha mãe na cozinha mesmo. Depois que ela me deu a Velhinha, acabei montando um quartinho de costura em um cômodo da casa, mas sei que normalmente a gente não tem um cômodo todinho à disposição nos dias de hoje.

E sim, a minha maior recompensa é poder presentear alguém com algo que eu fiz ou usar uma peça que eu costurei. Ajudou muito na minha auto-estima e também acredito ter deixado algumas pessoas felizes nesse tempo…

Meu foco atualmente é aprender bem a modelagem feminina para que eu possa fazer vestidos para mim e também poder ajustar peças que eu tenho.
Também estou procurando aprender outras técnicas que usem tecido, pois uma coisa pode sempre complementar a outra… A próxima da lista será aprender a fazer patchwork!

E você, sabe costurar?
O que te levou à agulha e linha?

Beijo!

(OBS: Todas as fotos deste post são de 2011, meses antes da chegada da Velhinha aqui em casa… Tá vendo como saber costurar é sempre bom?)

Meus 10 anos de costuras – Mantendo este blog desde 2013!
Look do dia – Blusa de malha com efeito tricô e mangas morcego
Katia Linden
Sou de São Paulo, publicitária de formação e várias outras coisas por admiração e escolha própria: feminista, mãe de cachorros, tatuada, amante de música, viciada em Grey's Anatomy, costureira, modelista, consultora de estilo e (também, ufa) autora deste blog.
Sobre o Blog ⟩
Newsletter

Assine a minha newsletter e receba novidades exclusivas por e-mail!

Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Email inválido.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres. (Obrigatório!)
keyboard_arrow_right
close
Vencendo a minha maior resistência: vender!
Sobre Florescer em Pleno Inverno