Look do dia: Macacão, camiseta e lenço para o Lollapalooza!

Olá!
Depois da zoeira do primeiro dia de Lollapalooza, eu resolvi apostar em algo mais tranquilo para o segundo dia. Explico: eu descuidei do protetor solar no dia anterior e fiquei com os braços e o colo queimados de sol (erradíssimo, eu sei…), não estava calor e a chuva que não caiu no primeiro dia de festival acabou caindo no segundo, mesmo que no finalzinho.

Look do dia

Acabou que eu escolhi peças feitas por mim e que já apareceram aqui no blog, mas quis mostrar a combinação para vocês mesmo assim. Por conta dos óculos e do batom, ficou tudo bem colorido!

Camiseta: malha de viscose e elastano – visco flamê – comprada na Mediterrâneo (Bom Retiro), molde gratuito da camiseta Plantain, da Deer and Doe (França)
Macacão: jeans escuro comprado na Niazi Chohfi (25 de março), ferragens compradas e colocadas no Bazar Mimura (Santo Amaro). Molde: Turia Dungarees da Pauline Alice (Espanha).
Lenço: kit com material e projeto La Droguerie (França)
Tênis: Farm para Adidas
Óculos: Ray Ban

Mulheres Inspiradoras


Dos shows que assisti neste segundo dia de festival, os que eu mais amei foram do Alabama Shakes (que assisti pela primeira vez no Lolla de 2013 e pirei) e de Florence + The Machine (que também já tinha assistido ao vivo antes). Ter visto outros shows das duas bandas só me deixaram com mais expectativa e, felizmente, não decepcionaram!


Mulheres maravilhosas E que tocam guitarra: amo!


Vamos nos abraçar, Florence?

Foram shows perfeitos, com músicas lindas e aquela energia super contagiante, sabe? E ter essas mulheres maravilhosas a frente destas bandas (sendo que Florence fechou o festival) é muito inspirador!

(Fora que aquele fundo brilhante do show da Florence era muito incrível!)

E assim que mais um Lollapalooza terminou. Esperando desde já pelo próximo!

Gostou?
Espero que sim!

Beijos!

A volta às costuras depois de um ano
Voltei a dar aulas! Primeira parada: Sesc Ipiranga
Look do Dia: Capa Dourada de Lamê para o Lollapalooza! (com tutorial)

Olá!
Mais um Lollapalooza aconteceu do lado de casa e lá estávamos eu e o marido para conferir dois dias de música e diversão. Eu amo ir a shows, mas festivais tem um gostinho diferente: um público mais variado e a possibilidade de ver vários artistas (às vezes alguns que são novos para nós) num evento só.

No ano passado, quando começaram a falar quem estaria na edição deste ano, fiquei muito feliz por saber que o Eagles of Death Metal estaria por aqui. Nós gostamos muito da banda e eu já me animei para ir no festival no dia em que eles tocassem.

Em novembro, os atentados em Paris me deixaram com uma séria dúvida se eles viriam mesmo (era a banda que tocava no Bataclan, onde aconteceu aquele atentado horrível). Contei mais sobre o que senti na época aqui. Passado um tempinho, vi que eles estavam retomando a agenda de shows, porque a vida continua, certo?

Aí, feliz da vida que eu assistiria a dois shows da banda em uma semana (sim!), resolvi costurar uma capa dourada, inspirada por esse vídeo:


Minha música preferida do EODM!Aqui tem dancinha nada a ver, Josh Homme lindo e muita zoeira em Los Angeles!
(E pra quem não conhece a banda… não, não é metal, rs!)

Sim, porque aqui a gente gosta de zoeira! Tem hora para tudo, mas os momentos de zoeira também precisam ser valorizados, rs!

Fazendo a capa

Comprei um metro de lamê dourado, a quantidade foi definida “a olho”, para fazer uma capa para ir no show. Em casa iria resolver como transformá-lo numa capa.

Pesquisei alguns moldes pela internet e vou deixar os links aqui caso alguém esteja com planos de fazer uma capa:

No fim das contas, minha capa foi feita assim:
1. Com o tecido dobrado ao meio (lembrando que ele tinha 1,5m de largura x 1m de altura), fiz uma abertura arredondada para o decote das costas, medindo 4cm de altura por 10cm de largura, assim a abertura final ficou com 20cm. Usei a medida do decote do meu primeiro quimono como referência.

2. Deixei 50cm reto na lateral e, a partir daí, fiz uma curva até chegar na parte de baixo. Lembrando que o centro (na região da dobra) também precisa sair reto, para não formar nenhum bico.

3. Cortei uma fita de viés com o que sobrou depois da capa cortada e apliquei no decote, deixando duas pontas para poder amarrar no pescoço.

4. Passei as bordas na overloque e fiz uma barrinha estreita para dar acabamento no restante da capa.

Pronta!

Depois de ver os modelos que encontrei na internet, concluí que:
– Com o tanto de tecido que eu tinha, ficou bom!
– Com 1,5m, eu teria feito uma capa toda em godê.
– Com 2m ou mais, daria para fazer uma capa mais sofisticada, talvez até com uma touca.

Look do dia

Com a capa pronta, fui pensar no restante da roupa. O dia estava quente e tinha alguma chance de chuva. Queria vestir preto e cinza, como Jesse estava no vídeo. Ah, sim, tinha que usar óculos aviador (eu tenho!) e suspensório (opa, também tenho), porque Jesse sempre usa, rs!

Combinei a camiseta de setas que fiz há pouco tempo com uma saia preta velha de guerra. Usei um shorts por baixo para garantir o conforto para pular, dançar, sentar e levantar do chão. As botinhas de plástico garantiriam pés secos e sem barro se chovesse, mas não choveu.

E quando que a gente sai por aí trabalhada numa capa dourada? Rs!

Capa dourada: tecido de lamê comprado na N.A. Tecidos (Santo Amaro), modelagem feita por mim (acima).
Camiseta: Malha de viscose estampada da Aime Comme Marie para Motif Personnel (França), molde gratuito da camiseta Plantain, da Deer and Doe (França).
Saia: C&ABotas: Melissa
Óculos: Ray Ban

Eu adorei como ficou o look todo, mas confesso que usei a capa durante o show do EODM e depois tirei porque, pode não parecer, mas era quente! Aí à noite esfriou um tanto e eu coloquei de novo para tampar um pouco o vento, pois esqueci de levar uma blusa…

Inspirações do festival

O Lollapalooza sempre tem uns cantinhos super gostosos para dar um tempo entre os shows, eu adoro! Queria fazer algo assim na varanda da minha casa!

E esses lambe-lambe estavam maravilhosos!

Ainda teremos mais um post sobre o segundo dia do Lolla, aguarde!
Beijos!

A volta às costuras depois de um ano
Voltei a dar aulas! Primeira parada: Sesc Ipiranga
Armário Handmade de Férias!

Olá!

Antes que eu termine esta série de posts sobre as minhas férias, conforme mostro aqui no blog mais peças prontas, é certo que meu armário está cada vez mais preenchido com peças que eu mesma fiz. Consequentemente, sempre estou usando algo que já apareceu aqui no blog em algum momento e, durante os últimos tempos, aproveitei para registrar alguns deles para mostrar! Ter um armário handmade espelha nossa personalidade!

Vida Craft

Nessas horas me dou conta que eu realmente acredito que uma vida mais handmade é totalmente possível e muito gratificante!

Cada peça dessas é especial, tem um significado e uma história. É bem mais legal que comprar um monte de roupas sem pensar muito (apesar de algumas marcas que eu adoro sempre contarem com uma visita minha, como a Laundry e a Lascivité, onde a gente sabe que é tudo feito com amor e também do jeito mais correto, fora que é um incentivo a comprar de marcas locais e de trabalho autoral).

Bom, lá vou eu mostrar um pouquinho do que andei usando ultimamente (usei mais peças ainda, mas não fotografei tudo…):

Para comemorar meu aniversário em casa com a família, usei a minha saia de sarja Arielle (post aqui), com Melissa e essa blusa linda da Dresscoração! O colar é da Laundry (por Analogic Love).

Meu macacão jeans (Turia Dungarees, post aqui) passeou até de bicicleta por Venice Beach, na Califórnia. O sol engana só um pouco, tanto é que eu estava com moletom por baixo e também uma camiseta de mangas compridas, rs!

Usei minha camisa de seda (post aqui) acompanhada de shorts de cetim de algodão da Laundry, lenço de seda e espadrilles para o jantar em que eu e o marido comemoramos mais um ano de casados! Eu achei que ficou bem especial!

Quase que rolou um look monocromático, porque até o cabelo agora é cinza, rs! Mas os óculos escuros espelhados cumpriram o papel de dar uma corzinha a mais! Post do vestido de moletom cinza mescla aqui.

De macacão de tecido e cara lavada para uma ida ao cinema, rs!Post sobre o macacão comprido aqui.

Mais uma vez o macacão jeans com a minha camiseta amarela que eu adoro (post sobre ela aqui), num almoço de domingo com o marido na Vila Madalena.

Para comemorar o aniversário de uma das pequenas da família, minha saia Vivi (molde Francine Lacerda, post aqui) e camiseta que eu incrementei com viés de âncoras (post aqui). Amo a mistura do azul das listras da camiseta com o azul miudinho da estampa da saia!

Meu macacão mais antigo (post aqui) num passeio com o marido e o Luke na Paulista. Programa delicioso, recomendo!

Já deu pra ver que eu estou viciada em macacões (e ainda tem um molde novo me esperando e um outro que eu quero desenvolver a modelagem) e nesse tênis branco, né?!

É tão legal quando a gente se encontra de verdade e as nossas roupas só cumprem o papel de mostrar isso pro mundo! Adorei mostrar aqui no blog, quem sabe mais pessoas se animam em montar um armário handmade?

Beijos!

A volta às costuras depois de um ano
Voltei a dar aulas! Primeira parada: Sesc Ipiranga
Katia Linden
Sou de São Paulo, publicitária de formação e várias outras coisas por admiração e escolha própria: feminista, mãe de cachorros, tatuada, amante de música, viciada em Grey's Anatomy, costureira, modelista, consultora de estilo e (também, ufa) autora deste blog.
Sobre o Blog ⟩
Newsletter

Assine a minha newsletter e receba novidades exclusivas por e-mail!

Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Email inválido.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres. (Obrigatório!)
keyboard_arrow_right
close
Vencendo a minha maior resistência: vender!
Sobre Florescer em Pleno Inverno