Vencendo a minha maior resistência: vender!

Quando eu estava planejando como seria meu negócio, eu resolvi prepará-lo para lançar em blocos relativamente pequenos. Assim eu não me sentiria sobrecarregada pelo peso de só lançar quando tudo ficasse pronto. Mas eu tinha que escolher por onde começar. Primeiro, cuidar da criação de um conceito e de uma marca (que já lancei para o mundo e você pode conferir aqui). E o próximo passo?

Decidi me desafiar e colocar na frente da fila o que eu mais tinha resistência em fazer: colocar à venda produtos que foram feitos por mim.

Explico: eu tive um negócio de cupcakes caseiros entre 2008 e 2010. Começou por acaso, aquela onda estava ainda no começo e eu fazia para servir algo diferente em casa. As pessoas gostaram e acabei começando a pegar encomendas, até que passou a ocupar todos os meus dias. Por não ter planejado direito o negócio como um todo, ele não se desenvolveu bem financeiramente, além de alterar demais a rotina da casa (imagine uma cozinha pequena quase sempre interditada para preparar os doces) e eu acabei optando por parar. O que aconteceu depois é que perdi totalmente o gosto por preparar doces, algo que sempre fiz tão bem. Até hoje, se vou para a cozinha uma ou duas vezes por ano para preparar um bolo ou uma sobremesa é muito. Peguei bode mesmo.

Sim, eu passei alguns anos com esse bloqueio: não queria mais correr o risco de pegar algo que amo fazer e transformar num trabalho. Por isso sempre amei presentear com o que fazia nas costuras e manualidades, mas evitei ao máximo vender. Aí junte a isso a sensação de achar que não era boa o suficiente e o problema ficou instalado.

Pois bem, depois de muita terapia e estudos, aqui estou eu para mostrar a primeira novidade: sim, vai ter venda de produtos por aqui!

Em breve vai entrar no ar uma linda loja virtual, com tudo o que tem direito, mas com todos os adiamentos e mudanças de prazos, resolvi colocar mais informalmente à venda as primeiras peças que fiz: golas em tricô com lãs de merino do Uruguai, selecionadas uma a uma. Assim como eu sempre fiz para presentear ou para o meu uso próprio, com material de primeira qualidade e acabamento bem feitinho.

Golas fofinhas feitas com carinho e capricho!

 

Resolvi tomar esta atitude pois ainda estamos no inverno, com manhãs e noites um tanto frias. Estas golas estão pedindo para sair daqui de casa e aquecerem os pescocinhos por aí, além de darem mais cor e textura para qualquer look!

 

Looks com golas de tricô

Aliás, pensando em estilo pessoal, golas são tão legais para acrescentar mais uma peça para a produção, emoldurando o rosto, sabe? Eu amo usar golas e vou colocar aqui algumas produções com as que eu tenho (e que hoje em dia me seguro para não fazer mais só para mim, rs!

Golas à venda

A minha ideia é essa: de tempos em tempos, vou colocar à venda uma pequena produção de peças únicas ou em pequenas quantidades. Assim eu consigo manter o padrão de qualidade e carinho que sempre tive ao tricotar, costurar e etc. Veja nas fotos abaixo cada uma delas e me conte o que achou!

Gola Vermelha

É a mais “aparecida” delas todas, num tom lindo de vermelho!

Gola em tons de azul e roxo

Para quem gosta de cores frias!

Gola em tons de rosa

Um colorido bem delicado!

Gola Colorida

Uma linda combinação de cores entre rosas, roxos e azuis!

Gola Vinho

Cor clássica do inverno, o vinho é um daqueles neutros coloridos super bem vindos!

Gola Cinza

Para quem quer uma gola bem fofinha em cor neutra!

Gola Colorida Fina

Esta é a filha única neste tipo de lã, com um fio preto em volta da lã colorida em tons escuros!

Aproveite para usar ainda neste fim de inverno ou mesmo para levar para uma viagem para algum lugar mais frio em breve! Entre em contato comigo pelo katialinden@gmail.com, deixando o CEP para calcular o frete! O valor de cada gola é de R$ 286,00 mais o envio. O pagamento pode ser feito por depósito bancário (Itaú) ou via PagSeguro. Se for para SP – Capital, vou procurar eu mesma entregar para diminuir o valor do envio, ok?

Quando a loja virtual ficar prontinha, vai ter mais novidade, aguarde!

Aproveite pois são só estas peças! Depois, só no ano que vem!

Estou muito animada em ver estas golas ganharem o mundo! Espero que goste!

Acessórios para o Inverno: Gola em lã super grossa!
Acessórios para o Inverno: Gola de Tricô!
Uma nova paleta de cores para uma nova fase

Olá!

Não faz muito tempo que perguntaram para mim se alguma coisa havia mudado depois que eu tinha mudado radicalmente a cor do meu cabelo. Na hora eu respondi que não, nada havia mudado. As roupas eram as mesmas, por exemplo.

Aí caiu a ficha que um tanto de coisas mudou sim. Tenho usado menos maquiagem e troquei os batons rosas pelos vermelhos. As roupas já vinham mudando, mas agora vejo que algumas cores me interessam mais do que outras. Continuo usando muito azul marinho, até por aquisições/reaparições recentes de jeans, mas não tenho mais tanta vontade de usar rosa/pink ou verde. Até uso, mas não me deixam tão contente quanto antes.

Eu já estava pensando em bolar uma nova paleta de cores, dando continuidade aos meus experimentos para vestir mais a cor amarela, quando apareceu no Modices esse post super legal, mostrando como usar amarelo para tons de pele e cores de cabelo diferentes.
Duas partes deste post foram determinantes:

“O truque é simples: quanto mais frio for o seu tom de cabelo (platinados, por exemplo) mais quente deve ser o amarelo que você usar, principalmente se for próximo ao rosto, e vice-versa. Loiros platinados ficam ótimos com mostarda, por exemplo.

“Existem combinações clássicas que dão certo como amarelo + cinza ou amarelo + azul/jeans (azul é a cor oposta ao amarelo na roda de cores). Amarelo com preto, por exemplo, não é uma combinação que sempre funciona e é melhor deixar para quando você já estiver bem segura com a cor.”

Aí eu vi que estava no caminho certo. Fui colocando algumas cores lado a lado em casa e gostei muito do que vi, parecia harmonioso sabe? Essa pode ser a resposta para algumas peças lindas que temos no armário mas que raramente usamos. A peça é legal, veste bem, mas a cor não orna com a gente ou não orna com as outras peças que deveriam ser usadas junto.

Dali em diante, comecei um novo exercício: deixar de fazer vestidos novos, pois tenho muitos, pensando em fazer novas peças separadas nestas cores escolhidas, para combinarem bastante entre si. Lógico que considerando também o que já está prontinho dentro do armário. Para não ficar monótono, o jeito é também variar nas texturas dos tecidos e entre lisos e estampados.

As novas cores principais para mim são essas aqui, lógico que outras cores serão bem-vindas, mas essas serão as minhas prioridades:

Cores principais: azul escuro, cinza (claro e escuro) e amarelo.Cores secundárias, para combinar com as principais: vermelho, vinho e roxo.

Eu já ando me vestindo assim e vou colocar uns cliques aqui:

Vestido clarinho com estampa mostarda, azul e vermelha / Look Cinza + azul + lenço vermelho

Uma jaqueta em azul petróleo, dois looks: um com amarelo + azul outro com cinza!

Um causo rápido: dia desses, fui ao shopping com uma camiseta verde – que estava guardada e recentemente voltou a vestir bem, mas que ando cismada com a cor – e calça jeans. Provei essa blusa branca com listras nas cores que eu tenho dado mais atenção. Comparando, achei que a blusa verde ficou tão sem graça em mim, apesar de ficar linda com o azul do jeans, olha só:

Já estou escolhendo tecidos e projetos de costura para eles, mudei a ordem das prioridades das costuras em função dessa reflexão toda, logo menos cada novidade vai aparecer aqui no blog!

Amarelos e mostardas passando na frente na fila!

Já parou para pensar nas cores que mais combinam com você?Eu estou adorando este exercício!
Beijos!

Vencendo a minha maior resistência: vender!
Sobre Florescer em Pleno Inverno
Katia Linden
Sou de São Paulo, publicitária de formação e várias outras coisas por admiração e escolha própria: tatuada, amante de música, viciada em Grey's Anatomy e Game of Thrones, esposa, dona de casa, costureira, modelista, consultora de estilo e (também, ufa) autora deste blog.
Sobre o Blog ⟩
Newsletter

Assine a minha newsletter e receba novidades exclusivas por e-mail!

Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Email inválido.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres. (Obrigatório!)
keyboard_arrow_right
close
Vencendo a minha maior resistência: vender!
Sobre Florescer em Pleno Inverno