Macacão de dormir para a Julia!

Olá pessoal, como vão?
Já faz um tempo que estou paquerando um macacão para dormir… para mim mesma! Sei que muita gente estranha, mas acho que deve ser muito confortável e quentinho, por isso fiquei doida por um!
Nas minhas buscas, encontrei um molde da maravilhosa Marlene Mukai e decidi fazer um para minha filhota, como teste.

Fazendo o macacão de dormir

Comentei com minha mãe sobre o macacão e ela ficou super empolgada, já tirou o molde e ficou doida para cortar a peça.

Fomos até o Brás e descobrimos uma loja, pequenininha, com uns moletons macios, flanelados e com estampas divinas (Não tenho o nome da loja agora, mas vou voltar lá e anotarei direitinho para dividir com vocês!). Na hora pensei no projeto do macacão e trouxe três cortes para Julia (Exagerada? Eu? Imagina!).

Como minha mãe estava louca para testar, deixei por conta dela.
O molde é esse aqui:

Vejam que tem para adulto também, meu próximo desafio

Minha mãe usou o tamanho 4 para a Julia e ficou um pouco grande no comprimento da perna, mas certinho no cavalo.
Vejam a lindeza do resultado:

A “cliente” da minha mãe gostou tanto que não quis tirar a peça, foi logo brincar com a roupa nova e super confortável… dá uma olhada na folga:

Mais referências em vídeo

E aproveitando o assunto, pesquisei alguns tutoriais sobre a montagem da peça e achei útil dividir com vocês:

Os dois primeiros macacões são de adulto, um com punho nos tornozelos e outro com pézinho. O último vídeo é de macacão infantil, com pézinho, exatamente o modelo que minha mãe fez para a Julia.

Alguém animado para fazer um macacão?

Não esquece de me escrever para contar!

Beijoca,
Ana

5 Anos de Blog – Apoiando as Blogueiras da Resistência!
Amigo Secreto das Amigas Craft
A manta do Hiro: Saquinho em linho com bordado em Sashiko!

Olá!

Continuando a mostrar o presente que fiz para comemorar a chegada do pequeno Hiro (o primeiro post é este), após terminar o trabalho em tricô e arrematar em crochê, fui bolar uma embalagem que ajudasse no transporte (o presente primeiro viajou pelos correios até chegar no interior de SP, depois fez uma looonga viagem de avião até San Francisco). Queria também que a embalagem pudesse ser reaproveitada depois, por isso decidi fazer um saquinho organizador bem caprichado.

Fazendo o Saquinho de Tecido

O modelo escolhido foi este que a Costureirinha ensinou recentemente em seu canal do YouTube:

Ao conferir os diferentes tamanhos do saquinho na descrição do vídeo, vi que até mesmo o maior deles não acomodaria a manta de tricô. Então resolvi fazer a minha peça conforme as medidas abaixo (que já incluem as margens de costura de 1cm):

Parte externa:
Tecido para a barra superior – linho cru com bolinhas azuis – 2 retângulos medindo 22x47cm
Tecido para a parte inferior – linho azul – 2 retângulos medindo 42x47cm

Forro:
Tecido estampado de algodão – 2 retângulos medindo 62x47cm

Fita (usei fita de cetim branca): 2,30m

Parte superior do saquinho, com a fita de cetim para fechar ao puxar as pontas…

Aqui dá para ver o forro!

Bordado em Sashiko

Assim que defini as medidas do saquinho, cortei as partes e, antes de iniciar a costura, fiz o bordado em Sashiko. Acabei adotando o mesmo jeito de escolher o que bordar que eu usei para escolher o bordado da colcha no Noah: vi as sugestões de bordado para o verão de um dos livros e vi a execução e o significado no outro.

Do livro que está em cima (Sashiko Zakka by Hideko Onozaki – Japanese Traditional Embroidery Stitch Pattern Book) veio a ideia de que padrão usar e do livro que está embaixo (The Ultimate Sashiko Sourcebook) eu encontrei o desenho no tamanho que eu precisava e o significado dele.

Escolhi bordar o Seigaiha, que significa “blue ocean waves” ou “ondas do oceano azul”. Perfeito para um mocinho que vai nascer no verão da Califórnia, não é?!

Bordado em progresso. Transferi o desenho para o tecido usando papel carbono para tecido.

Parte de baixo do saquinho já bordada.

Saquinho pronto!Ficou como eu tinha imaginado!

Os dois cortes de linho são da Le Petit Atelier (comprei na última Mega Artesanal), o forro é de um algodão fininho da Niazi Chohfi (fiz uma calça de ficar em casa com parte deste tecido, tem fotos dela aqui) e o bordado em Sashiko foi baseado nestes livros aqui.

A manta coube com folga no saquinho, mas não achei que ficou sobrando, sabe?

Presente feito com muito amor e pronto para seguir viagem!

Por fim, coloquei um cartão escrito à mão e fechei o pacotinho com uma faixa de papel craft (o queridinho das modelistas, rs) carimbado, mas esqueci de fotografar, rs!
E, para encerrar este post, mais uma música que dedico ao pequeno Hiro!


Porque a gente gosta de se divertir e californianos fazem isso muito bem!

Este foi um dos projetos que mais gostei de ter feito nos últimos tempos. É uma forma de estar presente num momento tão especial quanto a chegada do filho de amigos tão amados! Espero que eles gostem e usem bastante!

Atualização: Hiro nasceu no último sábado, oba! Mamãe e bebê estão super bem!

Beijos!

Voltei a dar aulas! Primeira parada: Sesc Ipiranga
Um novo armário handmade para uma nova fase
Look do Dia: Blusa em Crepe Nuage (da Maximus Tecidos)

Olá!
Neste ano eu tenho procurando resolver projetos que estavam parados (como a colcha de Patchwork, contei aqui) ou refazer projetos que por algum motivo não deram certo no passado.

Eu fiz uma blusa linda há um tempo atrás, com o molde Sencha, da Colette Patterns, mas além de ter errado em algo na hora de adaptar o molde às minhas medidas, usei um tecido lindo, mas muito estampado, que acabava não destacando o que o modelo tinha de melhor!

Quando recebi este crepe nuage da Maximus Tecidos (post aqui), eu tinha pensado em fazer uma pantalona com ele. Mas pensei melhor e achei que ele seria perfeito para refazer a blusa. Não é que deu certo?!

O tecido é um crepe leve em poliéster bem gostoso, um pouco acetinado. Tem a vantagem de não amassar com facilidade nem esquentar muito. Eu, que costumo evitar tecidos sintéticos, tive uma ótima surpresa com ele!

Blusa Sencha

Quando eu comprei o molde da blusa Sencha, me chamou atenção como as pregas localizadas estrategicamente substituíam as tradicionais pences. As pregas perto do decote é o detalhe que eu mais gostei no modelo.

Recentemente imprimi um novo molde e trabalhei nele “do zero”, para não relembrar os erros que cometi no passado. As minhas medidas também mudaram, então achei que não valia a pena retomar o molde mais velho que tenho guardado.

O tecido liso numa cor que adoro (um vinho mais rosado) ressaltou as preguinhas do modelo como eu queria, o leve acetinado deixou mais chique do que a primeira que eu fiz, em algodão. Substituí o fechamento com botões e casas nas costas por colchetes de pressão e fiz os acabamentos com pontos invisíveis costurados à mão, assim ela ficou mais arrumadinha!

Blusa Sencha pronta, adoro o decote!

Aqui dá para ver todas as pregas do modelo.

Acabamento da manga japonesa feito à mão.

Mais um pouquinho da frente, rs!

As costas da blusa também possuem pregas.

Fechamento com colchetes de pressão e acabamento com pontos invisíveis à mão (que eu amo fazer)!

Look do Dia

Usei a blusa pela primeira vez em um encontro das minhas amigas de colégio (beijo, meninas!). Combinei com a minha mini saia cinza que tenho usado muito e botas. Adorei como ficou bem ajeitado sem muito esforço!

Gosto da forma que a blusa ressalta o busto (pois como eu não tenho praticamente nada, é uma vantagem!) e não aperta nas partes mais “críticas” do braço e da barriga! A cintura também fica marcada mesmo sem ficar justa nesta região.

Blusa: tecido de crepe nuage (poliéster) da Maximus Tecidos (Toledo-PR) e molde Sencha, da Colette Patterns (EUA). Fiz a versão 2, com o fechamento nas costas da versão 1.
Mini Saia: Malha Suit Wall comprada na loja Dona Dani (SP), molde molde Mabel da Colette Patterns (EUA). Mais fotos da saia aqui.
Botas: Schutz

Gostou?

Eu adorei ter refeito a blusa, agora ficou como eu queria!

É uma prova que tudo tem seu tempo, inclusive na costura!
Beijos!

Voltei a dar aulas! Primeira parada: Sesc Ipiranga
Um novo armário handmade para uma nova fase
Katia Linden
Sou de São Paulo, publicitária de formação e várias outras coisas por admiração e escolha própria: tatuada, amante de música, viciada em Grey's Anatomy e Game of Thrones, esposa, dona de casa, costureira, modelista, consultora de estilo e (também, ufa) autora deste blog.
Sobre o Blog ⟩
Newsletter

Assine a minha newsletter e receba novidades exclusivas por e-mail!

Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Email inválido.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres. (Obrigatório!)
keyboard_arrow_right
close
Vencendo a minha maior resistência: vender!
Sobre Florescer em Pleno Inverno