Viagem Craft: Montevideo (versão 2017)

Aiaiaiai, preciso confessar que este post está nos meus rascunhos desde agosto, acredita?! Fui passando outros posts na frente e quando fui ver… ele já tinha virado o calendário de 2017 para 2018 por lá. Fazer posts de viagem são dos mais legais para mim, pois acabo revendo bons momentos e selecionando o melhor para colocar aqui. Mas, exatamente por isso, eles são mais demorados para fazer, aí de vez em quando demoram um pouco para aparecerem no blog.

Resolvi que tinha que tirar do rascunho de uma vez por todas até porque tem muita gente de férias agora em janeiro, vai que as informações deste post chegam em tempo para alguém que estiver indo para Montevideo?

Repeteco que vale a pena

Esse não é o primeiro post sobre a cidade, temos mais alguns publicados por mim e pela Ana (aqui, aqui, aqui, aqui, aqui e aqui, ufa!). Como a viagem de SP a Montevideo é rápida (só duas horinhas de avião!), mais a facilidade de viajar pelo Mercosul, faz com que visitar o país vizinho não seja complicado. Por isso, tanto eu quanto a Ana pudemos voltar em algum momento, sabe?

Em relação aos posts anteriores, este aqui tem um pequeno roteiro de lojas de tecidos e armarinhos no Centro!

Mini Férias

Depois que eu concluí a formação em Consultoria de Estilo, no final de julho, sendo que eu já estava num ritmo intenso de estudos do Decola Lab, resolvi tirar uma semana para descansar os meus neurônios e deixar “decantar” a grande quantidade de informações recebidas naqueles meses.

Os primeiros dias foram dedicados a ficar em casa e curtir o ateliê (oba!) e os últimos foram passados em Montevideo, aproveitando que o Ricardo tinha um compromisso de trabalho lá (e fui eu de carona de novo, rs).

Semana de mini-férias = mais tempo no ateliê! #costurakatiacostura #bloguices

A post shared by Katia Linden (@katialinden) on

Andar pelo centro rendeu belas surpresas e ajudou a desacelerar, que era uma das minhas intenções naqueles dias. Almocei dois dias seguidos no Estrecho, um lugar bem charmoso e moderninho e também tomei café na Livraria Más Puro Verso, uma delícia!

Turismo craft

Nos dias em que o Ricardo estava trabalhando, ficamos hospedados no centro, o que facilitou meus passeios a pé por lá. Todas as lojas que visitei e também onde escolhi comer eram acessíveis a pé. Foi muito produtivo!

Lojas de tecidos e aviamentos

Nas andanças pelo centro, descobri que a região da rua San José com a Andes possui várias lojas de tecidos e armarinhos! Eu até comentei no dia: mesmo quando eu não vou atrás das costuras, elas vêm atrás de mim, rs!

Entrei em algumas delas, vi vendedores atenciosos e produtos para roupas do dia-a-dia. São todas bem grudadinhas nessas duas ruas, partindo da esquina da San José com a Andres.

Os armarinhos (ou Mercerias, em espanhol) parecem com os nossos, têm de tudo um pouco. As lojas de tecidos da região possuíam muitos tecidos mais simples para roupas, além de tecidos para decoração. Aproveitei para procurar e comprar fios acetinados para novas tentativas de pingentes (contei sobre isso aqui) na Merceria Lissi. Se funcionarem bem, vou continuar a procurar material semelhante em SP!

Lojas de lãs e artigos artesanais

As lãs do Uruguai são especiais e vale a pena percorrer as lojas para encontrá-las. Nas mesmas lojas é possível também encontrar artigos prontos feitos artesanalmente no Uruguai, o que eu acho bem legal, pois agrega mais valor ao que o país tem de bom para oferecer!

O outlet da Manos del Uruguay é a única loja da marca na cidade que vende lãs. Estava pertinho do meu hotel e pude visitar com calma, vale a pena o garimpo!

Voltei à La Pasionaria pois quis aproveitar para trazer mais algumas lãs da Malabrigo, sempre minhas preferidas! Já foram utilizadas e, em breve, as peças aparecerão aqui no blog!

Boas compras: Lã Worsted azul da Malabrigo (já virou um cachecol para o Ricardo), Lã Rios em tons rosados (já virou um colar de tricotin) e lã de merino com linho da Manos del Uruguay, que está virando uma blusa para mim.

Enquanto estava no Centro, passei também na Balitex. A loja passou por uma reforma e eu quase não a reconheci, rs!  A Balitex vende lãs mais simples, tem uma boa variedade de produtos e também vende materiais sintéticos.

Balitex, no Centro.

Mais passeios legais

Nos últimos dois dias de viagem, ficamos hospedados em Carrasco, no mesmo hotel que fiquei em 2016. Eu e o Ricardo aproveitamos que o hotel emprestava bicicletas para os hóspedes e demos uma volta pela Rambla, percorrendo alguns quilômetros pela orla de Montevideo. O passeio foi ótimo!

No mesmo local, na véspera, eu vi o que provavelmente foi o por-do-sol mais lindo da vida!

E visitamos juntos a loja da Manos del Uruguay de Carrasco. A loja estava vendendo roupas de frio com desconto, mesmo ainda estando no inverno. Aproveitamos para fazer boas compras (agora não vou precisar de roupa de frio tão cedo, rs):

Ah, como eu sabia que o Ricardo iria adorar, repeti o passeio à Bodega Bouza e também ao Vivero Lavender para que ele pudesse conhecer esses dois lugares tão lindos, com boa comida (e ótimos vinhos, lógico!), além de termos ficado nos últimos dias no mesmo hotel que eu fiquei em 2016, o Belmont House. Na galeria tem fotos liiiiindas, clique em uma delas para ver em tela cheia!

Enfim, mais uma vez Montevideo se mostrou tão linda que já estamos com vontade de voltar!

Viagem Craft: Montevideo - Passeio pelo Centro e Jantar de Encerramento!
Viagem de férias e crafts – Uruguai e Argentina!
Um dia craft-normal-feliz

Dia desses eu me peguei pensando que faz tempo que eu não escrevia as minhas crônicas cotidianas (você pode ler as outras pelas tags #escrevekatiaescreve e no salão)… Acho que foi, ultimamente, por ter sempre algum projeto pronto para mostrar ou também por ter passado um tempo sem inspiração alguma para este tipo de texto.

Aí veio a última 6a feira. Mais um dia de tempo doido em SP. Acordei cedo, aproveitei a companhia dos cachorros antes da saída para o passeio com o marido.

Fiz uma hora de tricô vendo o noticiário da manhã. Tenho adotado esta estratégia sempre que posso, chamo de modo gincana. Se o restante do dia for atribulado, pelo menos fiz mais um tiquinho da minha blusa roxa.

Sexta-feira é dia de faxina em casa. Enquanto a minha fiel escudeira Edleuza inicia a limpeza, eu arrumo as bagunças da casa, separo e coloco a roupa para lavar. Entre um afazer doméstico e outro, aviso nas redes sociais que um novo post acabava de entrar no ar no blog (este aqui, aliás).

Tomei banho, coloquei o meu vestido roxo de malha. No calor não consigo ficar com o cabelo solto, então lá fui eu fazer uma trança embutida, conquista recente, de 2017 mesmo. Sempre adorei trançar o cabelo, mas nunca consegui fazer qualquer coisa além da trancinha mais básica. Dia desses, resolvi tentar e deu certo. E aí viciei.

Look (do final) do dia!

Fiz a minha maquiagem de sempre, com batom coloridão e o restante mais leve, peguei minha bolsa e meu material e fui fazer meu trajeto a pé+trem+metrô+metrô+Uber rumo à Novelaria. Queria fazer uma aula nesse dia pois 4a feira tinha sido feriado em SP e não tive aula, assim evitaria uma crise de abstinência, hehehe!

Na última parte do trajeto, esperando o Uber chegar, choveu forte e parou. Nesses poucos minutos, uma mulher super simpática me chama. Tiro os fones de ouvido (estou vivendo uma fase de nostalgia com Charlie Brown Jr., como eu fui feliz nos vários shows que fui da banda!) para ouví-la. Era a Luciene, leitora do blog há tempos!

Eu não sei disfarçar e fazer cara de que é a coisa mais corriqueira do mundo: ser reconhecida na rua por conta do blog. Já me aconteceu antes sim, mas eu sempre penso: até agora há pouco estava eu na minha rotina caseira, uma vida bem comum mesmo. E agora alguém super legal me reconhece por conta do blog. Me diz: como é maravilhosa essa vida costurística e craft, que proporciona que as pessoas se encontrem na vida real numa cidade enorme como SP?

Pois bem, foi rápido, mas foi intenso! Como eu contei na legenda da selfie que não podia faltar, ganhei o dia!

Cheguei na minha aula tão feliz, foi uma tarde tão boa fazendo a minha blusa de crochê que caminha devagarzinho desde o ano passado! E ainda tinha o barulhinho de chuva para curtir! Neste dia também recebi a minha encomenda de uma ovelhinha linda vinda lá do ateliê do Carlos Clavelli, de Montevideo (mostrei aqui). Meu ateliê ganhou uma moradora muito linda!

Nova moradora do ateliê!

Terminada a aula, ainda muito feliz com esse dia que foi se revelando tão especial, fui ao salão fazer as unhas. Desde que abandonei o esmalte preto, tenho amado pintar as unhas de roxo bem escuro (sou 8 ou 80: ou estou com esmalte escurão ou estou sem esmalte nenhum, rs). Outra conquista de 2017: minhas unhas finalmente estão compridas, como eu sempre quis!

Purple is the new black (for me 😜). #tricotakatiatricota

A photo posted by Katia Linden (@katialinden) on

Saindo de lá, fui encontrar o marido no bar preferido. Aquele bar em que os garçons te conhecem, que sabem que a gente vai querer uma porção de pastéizinhos de carne e de queijo e que eu vou querer o drink que saiu do cardápio faz tempo mas que o barman ainda prepara. Aquele aconchego fora de casa, rs! Compartilhamos como tinha sido nosso dia um com o outro, petiscamos e bebemos.

Ginger Lemonade, meu drink querido!

Fomos para casa, terminar o dia junto dos nossos filhotes cachorros. Precisava de mais nada, nem se eu tivesse planejado muito mais eu teria um dia tão bom!

Que todos nós tenhamos sempre dias com boas surpresas na vida!

Beijos!

Um novo ano, um novo blog!
3 anos de blog!
Viagem Craft: Montevideo – Conhecendo as Ovelhas!

Olá!

Felizmente, a cada dia que passava em Montevideo, o tempo melhorava. O primeiro dia estava bem chuvoso, com vento e frio. O segundo dia estava apenas nublado. No terceiro dia, quando visitamos uma fazenda modelo de criação de ovelhas, o dia estava lindo!

Conhecendo as Ovelhas

Visitamos uma fazenda chamada La Serena, que fica no caminho entre Montevideo e Punta del Este. O local é uma fazenda modelo onde são criadas ovelhas Merino e Corriedale. Fomos recebidos pelo Ignacio, engenheiro agrônimo e Secretário da Lã do Uruguai, que nos deu uma aula completa sobre as ovelhas e suas lãs, tosquia e boas práticas com os animais dos fornecedores de lã.

Lógico que todos nós queríamos ficar perto das ovelhinhas e, sim, conseguimos até fazer um carinho nelas!

Eu sou novata no tricô, ainda mais se comparar ao tempo que eu costuro ou faço crochê, mas achei fascinante aprender mais sobre as lãs! O roteiro foi feito com muito carinho pela Novelaria em conjunto com a Link Viagens Culturais, com direito a estes passeios super exclusivos!

Encontrei este post aqui no blog da Malabrigo que também conta sobre a fazenda!

Terminada esta etapa encantadora, seguimos para o almoço lá na fazenda mesmo: um churrasco uruguaio delicioso (e olha que eu nem sou louca por carne)! O “cantinho do churrasco” estava lindamente decorado, queria ter um espaço assim na minha casa, rs!

Mais passeios

No caminho da volta, um pouco queimados de sol (rs), fizemos uma parada para um café num local lindo, de areia clarinha e à beira do Rio da Prata, chamado Burdeos Resto Pub, todo feito em madeira. As cores das fotos a seguir me deixam de boca aberta até agora!

Já em Montevideo, fomos até a La Pasionaria, loja que a Ana já visitou também e fez post aqui pro blog (mais post da Ana sobre o Uruguai aqui).

Na volta para o hotel, fomos presenteados com um lindo por do sol em Montevideo!

Gratidão e beleza!

Look do Dia

Para este dia em que sabíamos que teria terra para pisar, além do friozinho com sol, usei meu vestido Coco velho de guerra com legging e botinha. Para esquentar, casaco e cachecol.

Vestido Coco com malha de algodão orgânico: molde Tilly and the Buttons (Inglaterra), tecido Frau Tulpe (Berlin). Mais fotos do vestido aqui.

Casaco: Laundry
Cachecol: Uniqlo
Legging: Zara
Bota: Luiza Perea
Óculos Escuros: Chili Beans

Beijos!

_____
Informações:

Lãs Malabrigo – Site
Produtos à venda no Brasil na Novelaria

Burdeos Resto Pub
Endereço: Ciudad de la Costa, Canelones, Uruguai

La Pasionaria
Endereço: Reconquista 587, Montevideo, Uruguai
Site

Vencendo a minha maior resistência: vender!
Sobre Florescer em Pleno Inverno
Katia Linden
Sou de São Paulo, publicitária de formação e várias outras coisas por admiração e escolha própria: tatuada, amante de música, viciada em Grey's Anatomy e Game of Thrones, esposa, dona de casa, costureira, modelista, consultora de estilo e (também, ufa) autora deste blog.
Sobre o Blog ⟩
Newsletter

Assine a minha newsletter e receba novidades exclusivas por e-mail!

Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Email inválido.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres. (Obrigatório!)
keyboard_arrow_right
close
Vencendo a minha maior resistência: vender!
Sobre Florescer em Pleno Inverno