Look do Dia: Capa Dourada de Lamê para o Lollapalooza! (com tutorial)

Olá!
Mais um Lollapalooza aconteceu do lado de casa e lá estávamos eu e o marido para conferir dois dias de música e diversão. Eu amo ir a shows, mas festivais tem um gostinho diferente: um público mais variado e a possibilidade de ver vários artistas (às vezes alguns que são novos para nós) num evento só.

No ano passado, quando começaram a falar quem estaria na edição deste ano, fiquei muito feliz por saber que o Eagles of Death Metal estaria por aqui. Nós gostamos muito da banda e eu já me animei para ir no festival no dia em que eles tocassem.

Em novembro, os atentados em Paris me deixaram com uma séria dúvida se eles viriam mesmo (era a banda que tocava no Bataclan, onde aconteceu aquele atentado horrível). Contei mais sobre o que senti na época aqui. Passado um tempinho, vi que eles estavam retomando a agenda de shows, porque a vida continua, certo?

Aí, feliz da vida que eu assistiria a dois shows da banda em uma semana (sim!), resolvi costurar uma capa dourada, inspirada por esse vídeo:


Minha música preferida do EODM!Aqui tem dancinha nada a ver, Josh Homme lindo e muita zoeira em Los Angeles!
(E pra quem não conhece a banda… não, não é metal, rs!)

Sim, porque aqui a gente gosta de zoeira! Tem hora para tudo, mas os momentos de zoeira também precisam ser valorizados, rs!

Fazendo a capa

Comprei um metro de lamê dourado, a quantidade foi definida “a olho”, para fazer uma capa para ir no show. Em casa iria resolver como transformá-lo numa capa.

Pesquisei alguns moldes pela internet e vou deixar os links aqui caso alguém esteja com planos de fazer uma capa:

No fim das contas, minha capa foi feita assim:
1. Com o tecido dobrado ao meio (lembrando que ele tinha 1,5m de largura x 1m de altura), fiz uma abertura arredondada para o decote das costas, medindo 4cm de altura por 10cm de largura, assim a abertura final ficou com 20cm. Usei a medida do decote do meu primeiro quimono como referência.

2. Deixei 50cm reto na lateral e, a partir daí, fiz uma curva até chegar na parte de baixo. Lembrando que o centro (na região da dobra) também precisa sair reto, para não formar nenhum bico.

3. Cortei uma fita de viés com o que sobrou depois da capa cortada e apliquei no decote, deixando duas pontas para poder amarrar no pescoço.

4. Passei as bordas na overloque e fiz uma barrinha estreita para dar acabamento no restante da capa.

Pronta!

Depois de ver os modelos que encontrei na internet, concluí que:
– Com o tanto de tecido que eu tinha, ficou bom!
– Com 1,5m, eu teria feito uma capa toda em godê.
– Com 2m ou mais, daria para fazer uma capa mais sofisticada, talvez até com uma touca.

Look do dia

Com a capa pronta, fui pensar no restante da roupa. O dia estava quente e tinha alguma chance de chuva. Queria vestir preto e cinza, como Jesse estava no vídeo. Ah, sim, tinha que usar óculos aviador (eu tenho!) e suspensório (opa, também tenho), porque Jesse sempre usa, rs!

Combinei a camiseta de setas que fiz há pouco tempo com uma saia preta velha de guerra. Usei um shorts por baixo para garantir o conforto para pular, dançar, sentar e levantar do chão. As botinhas de plástico garantiriam pés secos e sem barro se chovesse, mas não choveu.

E quando que a gente sai por aí trabalhada numa capa dourada? Rs!

Capa dourada: tecido de lamê comprado na N.A. Tecidos (Santo Amaro), modelagem feita por mim (acima).
Camiseta: Malha de viscose estampada da Aime Comme Marie para Motif Personnel (França), molde gratuito da camiseta Plantain, da Deer and Doe (França).
Saia: C&ABotas: Melissa
Óculos: Ray Ban

Eu adorei como ficou o look todo, mas confesso que usei a capa durante o show do EODM e depois tirei porque, pode não parecer, mas era quente! Aí à noite esfriou um tanto e eu coloquei de novo para tampar um pouco o vento, pois esqueci de levar uma blusa…

Inspirações do festival

O Lollapalooza sempre tem uns cantinhos super gostosos para dar um tempo entre os shows, eu adoro! Queria fazer algo assim na varanda da minha casa!

E esses lambe-lambe estavam maravilhosos!

Ainda teremos mais um post sobre o segundo dia do Lolla, aguarde!
Beijos!

A volta às costuras depois de um ano
Voltei a dar aulas! Primeira parada: Sesc Ipiranga
Coelhinho da Páscoa – Projeto Lu Gastal

Olá, pessoal!

Ainda dá tempo de falar sobre a Páscoa?

Em um dia da semana passada, ao abrir meu Facebook, dei de cara com esse vídeo da linda e loira Lu Gastal, ensinando a fazer um coelhinho muito fofo. A matéria completa está aqui.

Aqui você pode baixar o molde.

Faz um tempo que eu estava em busca de um molde de coelhinho, queria fazer um para enfeitar a Páscoa da Julia, mas eles me pareciam bem trabalhosos. Esse da Lu é super simples e rápido de fazer.
Para vocês terem uma ideia, comecei a fazer após o almoço e levei em torno de uma hora para fazer meu primeiro coelho. Gostei tanto, me diverti e achei o resultado lindo, então parti para o segundo coelhinho.

Veja como ficaram:

Eu queria muito guardar para presentear a Julia apenas no domingo de Páscoa, mas não consigo guardar surpresa, ainda mais quando ela é feita por mim… quero logo ver a reação dela ao receber o presentinho que fiz com tanto carinho.

Preciso dizer? Ela adorou e me perguntou: “Mamãe, como é que você fez essa mágica?”

Me deu aquela sensação deliciosa da alegria de uma criança durante a Páscoa.

É assim que eu desejo que seja a sua Páscoa, cheia de alegria, com esse sentimento de renovação.

Ah! Aproveita e faz o coelho da Lu Gastal, é sucesso garantido!

Beijoca,
Ana

Resultado do Sorteio “Relicário de Afetos”!
Livro “Relicário de Afetos”- vem que tem sorteio!
Tutorial – Bolsa de Coração

Olá!

Demorou, mas voltei para dividir com vocês o tutorial da bolsa que fiz com minha mãe e minha filha. Lembra do post “Costura colaborativa em 3 gerações“? Então, é essa bolsa!

Ela é bem simples de fazer, o mais bacana é brincar com as cores e estampas do tecido ou mesmo decorar (bordando ou pintando como a Julia fez), vamos lá!

***Todos os cortes já estão com margem de costura de 1cm!

Para a bolsa serão necessários:

1 retângulo de 52X45cm do tecido da bolsa (eu usei algodão cru, pois queria pintar)
1 retângulo de 52X45cm do tecido do forro (usei um vermelho de bolonas brancas)
1 retângulo de 18X13cm do tecido do bolso
1 retângulo de 22X14cm do tecido do bolso
1 retângulo de 24X19cm do tecido do bolso
2 tiras de cardaço sarjado (20mm de largura) de 32 cm de comprimento
1 fecho magnético
4 retângulos de 12X3cm para fazer os lacinhos laterais

Tutorial:

– Faça um ziguezague em toda a volta das peças dos bolsos
– Faça a barra em toda a volta das peças dos bolsos. A barra de cima você pode costurar; as demais apenas dobre, passando a ferro para vincar e ficar pronta para a aplicação no forro
– Dobre o tecido do forro ao meio pelo avesso e passe uma costura reta de cada lado.
– Nas duas pontas que se formaram, marque 3cm de cada lado e trace uma linha formando um triângulo. Passe uma costura sobre essa linha e corte o excesso. Vire a peça deixando o avesso para dentro e o lado direito para fora.
– Posicione sobre ele dois bolsos de um lado e o bolso maior do outro.

*** A posição dos bolsos é livre, depende do gosto do freguês. Apenas para vocês terem uma ideia: o bolso maior, eu posicionei no centro de uma das laterais do forro a 6cm da extremidade inferior e os outros dois bolsos menores, posicionei ambos a 12cm da extremidade inferior e a 2cm de cada margem (centralizando-os). Costure os bolsos com costura reta, nas 3 laterais deixando a barra costurada para cima e aberta (obviamente, pois essa é a abertura do bolso.)

– Na extremidade que ficou aberta (a abertura da bolsa) faça uma barrinha a ferro com 1cm para dentro.
– A partir dessa barra posicione as peças do fecho magnético, no centro de cada lado, a partir de 6cm da extremidade superior. Aplique as peças do fecho magnético.
– Dobre o tecido externo da bolsa ao meio pelo avesso e passe uma costura reta de cada lado.
– Nas duas pontas que se formaram, marque 3 cm de cada lado e trace uma linha formando um triângulo. Passe uma costura sobre essa linha e corte o excesso. Vire a peça deixando o avesso para dentro e o lado direito para fora.
*** Neste momento você pode decorar sua bolsa como quiser! Pinte, borde, faça aplicações, fica a seu critério.
– Com os retângulos de 12x3cm passe a ferro dobrando ao meio no sentido mais comprido da peça deixando direito com direito do tecido. Passe uma costura reta em uma das pontas e em toda lateral, deixando apenas uma abertura. Desvire a peça. Repita o mesmo procedimento para as outra 3 tiras de tecido de mesmo tamanho.
– Na parte externa da bolsa aplique cada tirinha a partir de 7cm da extremidade superior e 7cm da lateral com ziguezague. Repita o procedimento para as outras 3 tirinhas.

– Faça a barra de 1cm na extremidade superior da bolsa.
– Posicione as duas tiras de cadarço a 3,5cm de cada lateral. Faça uma costura bem reforçada em forma de quadradinho com um X no meio, veja o exemplo:

– Vire o forro da bolsa, deixando o avesso para fora e encaixe a parte de fora da bolsa no forro. Alfinete toda a borda superior das duas peças e passe uma costura reta terminando a peça.
Prontinho, a sua bolsa está finalizada e você ja pode aproveitar. Façam suas versões e mostrem pra gente como ficaram, estamos ansiosas para conhecer as criações de vocês!

(Em tempo: Mamãe ficou empolgada com o tutorial da bolsa e fez mais uma pra mim, dessa vez em patchwork, toda colorida, do jeitinho que eu queria, não ficou demais?)

Eu ameeeiii e continuo esperando as fotos das produções de vocês!

Um beijo,
Ana

Aventuras em crochê: fazendo o xale vírus!
Vestido Infantil Florence
Katia Linden
Sou de São Paulo, publicitária de formação e várias outras coisas por admiração e escolha própria: tatuada, amante de música, viciada em Grey's Anatomy e Game of Thrones, esposa, dona de casa, costureira, modelista, consultora de estilo e (também, ufa) autora deste blog.
Sobre o Blog ⟩
Newsletter

Assine a minha newsletter e receba novidades exclusivas por e-mail!

Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Email inválido.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres. (Obrigatório!)
keyboard_arrow_right
close
Vencendo a minha maior resistência: vender!
Sobre Florescer em Pleno Inverno