Aulas de Costura – Lu Gastal

Olá!
Comecei contando neste post aqui que estive recentemente em Porto Alegre para fazer algumas aulas no Estúdio Lu Gastal.

Eu já conhecia a Lu de eventos e feiras que aconteceram aqui em SP, ela sempre foi uma graça comigo! Acompanho o trabalho da Lu faz tempo à distância e senti o gostinho de costurar com ela e a Marta no ano passado, quando participei de um Patch Encontro.
Desde então estava ensaiando uma ida para Porto Alegre, para fazer mais aulas lá no Estúdio. Finalmente consegui ir no mês passado e posso dizer que recomendo muito!

A produção das aulas e o que eu trouxe pra casa eu já mostrei (neste post aqui). Então, agora vamos ver a casinha fofa da Lu?

O sobrado da Lu Gastal fica em uma rua tranqüila num bairro bem simpático de Porto Alegre, chamado Auxiliadora. Fiquei hospedada no bairro ao lado (Moinhos de Vento) e chegava lá depois de uns 15 minutos caminhando calmamente, uma delícia!
Para resumir, o espaço tem cor, delicadeza e beleza em cada cantinho!
Na entrada:

Em cada um dos cômodos, em que estão expostos os produtos à venda:

E os tecidos!

Fofura até na cozinha!

Aqui é o espaço onde são dadas as aulas:

Alguém notou o Divino que vôou daqui de casa e pousou lá em Porto Alegre?

Detalhes de projetos e decoração da sala onde acontecem as aulas.

Local: Estúdio Lu Gastal – loja e ateliê de costura

Tipo de aula: Aulas de Patchowrk e de costura criativa de acessórios, bonecas e objetos de decoração. As aulas podem ser combinadas de forma avulsa (como eu fiz) ou fechar um pacote (que é o que eu acredito que quem é de POA acaba fazendo).

Precisa saber costurar para fazer? Não. Se você não souber costurar, os passos de como usar uma máquina e como unir tecidos, por exemplo, são explicados. Nos projetos em que outros recursos são utilizados, estes também são explicados.

Mais informações sobre as aulas aqui.

Que mais? As aulas que participei foram dadas pelas super competentes Marta e Fabi, ambas são fofas e entendem muito! O clima é bem tranquilo e descontraído.

O ateliê dispõe de algumas máquinas eletrônicas, todas em bom estado. Também dispõe de espaço para cortar e manusear os tecidos.
Além do espaço para aulas de costura, outros produtos são vendidos nos demais cômodos da casa (fotos acima), além de tecidos importados e nacionais, bem como projetos de costura para fazer em casa (eu comprei o projeto do Lobo Mau, por exemplo). Aceita cartão de débito e crédito e possui estacionamento próprio.

Muito sorriso e carinho por todos os lados também!

Este é o Fred, mascote da Lu, que eu quase trouxe comigo na mala de tanta fofura!

Equipe Lu Gastal!

Patricia (por mais incrível que possa parecer, ela é de SP também e mora perto da casa dos meus pais… e nos encontramos pela primeira vez em POA, acredita?), Lu e eu, sofrendo pois já estava na hora de ir embora!

Já pode querer voltar? Fiquei com saudade!

Serviço:

Estudio Lu Gastal – loja e ateliê
Rua Eudoro Berlink, 369, Auxiliadora
Porto Alegre – RS
Telefones: (51) 3333-2293 e (51) 8186-0366
Site

Beijo!

Voltei a dar aulas! Primeira parada: Sesc Ipiranga
Reaprendendo a bordar com o Clube do Bordado
Costuras da Semana!

Olá!

Pois bem, as costuras da semana passada foram muito especiais, como já adiantei neste post aqui. Estive em Porto Alegre por 3 dias, voltei com costuras lindas e mais coisinhas para o meu quartinho de costura!

Antes da viagem, na aula de Patchwork, prossegui com os trabalhos em Foundation. O bloco que vai formar uma tesoura está tomando forma e acho que semana que vem consigo mostrá-la por aqui.

Não cheguei perto de nenhuma costura de roupas, em função de não ter tido aula na semana passada e também por conta da viagem.

Enfim, de 5a feira à sábado eu “bati cartão” lá no estúdio Lu Gastal. Fiz quatro aulas deliciosas que resultaram em duas bonecas lindas (sim, agora eu estou certa que gosto de fazer bonecas também, rs!). Uma Chapéuzinho Vermelho e uma Frida Kahlo – fofíssimas – agora moram em minha casa.

Chapeuzinho Vermelho

Eu amei o rostinho feito com detalhes bordados à mão. Tem até presilha no cabelinho!

E uma Frida Kahlo, finalmente me rendi a ela!

Dedinhos do pé que me encantaram e saia dupla.

Frida com com tudo o que tem direito: cabelinho trançado, enfeitado com flores de feltro e a famosa “monocelha”.

Roupinha caprichada, com renda e xale!

Além das bonecas e de alguns mimos para presentear, vieram na mala também:

Tecidos: os que estão atrás foram usados para a produção das bonecas e os dois tecidos da frente eu escolhi para projetos futuros.

Tesouras: comprei duas tesouras de titânio, que não necessitam de afiação.

Botões: sortidos na forma e na cor para enfeitar meu projeto do potinho em Foundation

Capa para almofada: esta citação me encantou, assim como o bordado à mão e o tecido estampado de paisley que eu adorei!

Comprei também o projeto do Lobo Mau, para fazer em casa e formar par com a Chapeuzinho.

E antes de ir embora, mimos lindos da Lu Gastal: tecido lindo, postal escrito à mão e um pingente de coração que, segundo a própria Lu, representa um pedaço do coração de cada uma da super equipe: Lu, Marta, Fabi e Lais! Não é fofo?

Meu turismo costurístico se resumiu somente (e foi mais que suficiente) à Lu Gastal, como ela bem disse foi uma imersão mesmo, mas o restante dos passeios eu vou contar em outro post.

De volta para casa, tive e terei que correr para colocar a vida em dia, mas espero poder costurar bastante durante o feriado!

Beijos, boa semana mais curta (de novo) e boas costuras!

Voltei a dar aulas! Primeira parada: Sesc Ipiranga
Recebidos Maximus Tecidos Finos!
Pensamentos de uma costureira viajante

Olá!

Comecei a pensar neste post ainda no avião, a caminho de Porto Alegre. A missão da vez: visitar o estúdio Lu Gastal e lá aprender mais sobre costura. Nas mãos, o livro da vez: “O tempo entre costuras”, que tem sido uma ótima companhia nos últimos dias.

Não gosto de viajar de avião. Hoje em dia eu “só” não gosto, mas antes eu tinha medo mesmo. Até que passei a entender que é através dele que certos (e muitos) destinos se tornam acessíveis. Continuo não gostando de ver minha mala despachada indo embora na esteira da companhia aérea, fico muito apreensiva enquanto ela não aparece após o desembarque e não gosto da espera toda. Em vôos longos, só tomando um ou dois comprimidos de Dramin para me fazer capotar, senão não prego os olhos a viagem toda.

Não gosto do aeroporto de Congonhas, sempre tive muito medo de decolar ou aterrissar ali, com a cidade toda em volta. Mas entendo que é necessário, engulo seco, fecho os olhos, rezo um bocado e bola pra frente.

Na mesma noite chego em Porto Alegre e, quando me reconecto, já tem mensagem da Lu Gastal perguntando se cheguei e se fiz boa viagem (sim, felizmente!). Já me sentindo bem recebida, li um pouco antes de dormir e uma das leituras foi um post sobre lembranças muito gostosas de acompanhar lá no blog da própria Lu.

Quando eu comecei o blog, eu pensava duas vezes se colocava posts sobre mim ou se deveria expôr a minha opinião sobre algo. Pensei mais ainda se postaria “looks do dia”, mesmo que o intuito fosse apenas de mostrar alguma roupa que eu tenha feito. Será que eu não estaria entrando num campo muito pessoal? Será que alguém vai dar bola para o que eu ando matutando longe da máquina de costura? O que vão pensar de mim (pois não passo nem perto de ter um corpo de modelo) e das minhas roupas? Resolvi arriscar e neste um ano e pouco eu recebi muitas respostas positivas e muito carinho, ufa!

Pensando na Lu Gastal, a costureira super criativa não é uma pessoa separada da moça das lembranças bacanas, da moça que faz os melhores biscoitos (que eu preciso fazer qualquer hora dessas também). Tenho certeza que posso tomá-la como referência neste assunto. É muito legal ver os projetos do estúdio e os Patch Encontros, assim como sempre vale a pena ler um pouco mais sobre a pessoa que a gente admira. Eu acredito que isso diminui distâncias, que deixa a gente mais próxima quando não dá para entrar um avião para passar um tempinho juntas numa casa de sonho de um bairro tão simpático no Sul do Brasil.

Feliz pela oportunidade de viajar mais uma vez (coisa que amo, apesar do avião) para poder costurar (nem preciso dizer o quanto amo), fui dormir sabendo que os próximos dias prometiam ser muito bons!

Fui recebida ontem de manhã pela Lu e suas fiéis escudeiras com abraço apertado e beijo daqueles bem dados na bochecha, uma delícia! Já pude também conhecer um pouco de Porto Alegre e adorar. Mas essa parte vai ficar para um post de “Viagem com Costura”.

Quer recepção melhor que essa?

Não tem jeito, não consigo dissociar a costureira aprendiz de todo o restante que eu também sou: “blogueira”, estudante, viajante, esposa, filha, amiga, admiradora, curiosa. O receio do início já não existe mais e aqui acabou sendo o lugar em que eu me exponho mais livremente.

Beijos e até a volta!

Voltei a dar aulas! Primeira parada: Sesc Ipiranga
Um novo armário handmade para uma nova fase
Katia Linden
Sou de São Paulo, publicitária de formação e várias outras coisas por admiração e escolha própria: tatuada, amante de música, viciada em Grey's Anatomy e Game of Thrones, esposa, dona de casa, costureira, modelista, consultora de estilo e (também, ufa) autora deste blog.
Sobre o Blog ⟩
Newsletter

Assine a minha newsletter e receba novidades exclusivas por e-mail!

Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Email inválido.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres. (Obrigatório!)
keyboard_arrow_right
close
Vencendo a minha maior resistência: vender!
Sobre Florescer em Pleno Inverno