Costuras da Semana!

Olá!

Primeiro preciso dizer que fiquei extremamente feliz porque teve post todo dia semana passada, eba!
Aqui continua tudo corrido e com o meu quartinho parcialmente interditado por conta da reorganização pré-reforma que eu estou fazendo.

Por isso mesmo a costura que dá para mostrar essa semana se resume ao último bloco que faltava para completar o Patchwork dos bolsos do meu cesto de materiais de costura. É ele mesmo, o coração feito com a técnica Crazy que apareceu “como quem não quer nada” no post de quarta-feira passada.

Foi o primeiro Crazy que eu fiz e eu achei o resultado na forma de coração uma fofura só!

Agora já iniciamos a montagem da peça e todo o matelassê necessário já foi feito. Espero na aula de amanhã fazer um tanto que dê para mostrar na semana que vem!

Sobre o quartinho, arrumei a mesa de forma diferente, de maneira que as máquinas de costura e de overloque ficassem mais separadas. O bom é que agora voltei a ter lugar para o computador, que ficará entre as duas belezuras. Assim, o conceito de ateliê fica mais próximo, com as máquinas e os apetrechos tecnológicos necessários no mesmo espaço.

Ainda falta definir o destino de algumas coisas que estão saindo do quartinho (deu dó, mas ok) e que estou tentando colocar mais à vista em outros lugares da casa. Por enquanto saíram os livros de culinária (que esperam a prateleira deles na cozinha ficar pronta para mudarem definitivamente pra lá), a minha coleção de garrafinhas que foi para a bandeja de bebidas, o saleiro e pimenteiro em forma de andorinhas que devem ir pra algum lugar de destaque também na cozinha. A bandeja que serviu de aparador para as minhas garrafinhas voltará a compor o jogo de chá de onde um dia eu a raptei, rs! Engraçado que boa parte do que saiu vai para a cozinha, né?!

Outra coisa que saiu foi porta retrato, na verdade saíram uns quatro deles. Vou redistribuí-los pela casa! Assim tudo isso ficará mais visível para mais gente além de mim, não é legal?

A parede agora está bem branquinha, pois até um adesivo bem antigo eu arranquei. Confesso que já está me dando um faniquito de preenchê-la de novo, rs! Mas só vou fazer isso mais pra frente, então tenho tempo para pensar sobre isso (e se for o caso, desistir também), rs!

Eu também arrumei todas as minhas revistas de moldes e outros moldes antigos que estavam sem um lugar muito certo. Achei vários projetos antigos dos tempos em que comecei a costurar, foi muito gostoso poder arrumá-los melhor! Aliás, aproveitei a dica da Ana (nesse post aqui) para guardar os moldes menores em pastas com plásticos, ficou muito bom!

Haja molde!

No sábado eu fui no Bazar Ó Gente! e, além de alguns presentes, comprei algumas coisas para casa e para a costura, como sempre!

Achados sempre muito bons das meninas do Superziper!Não fiz a oficina do alfineteiro, mas trouxe um kit para fazer em casa!

Minha parede da copa ganhou uma girafa de crochê da Paty Mimmos, já estava namorando uma das lindezas feitas por ela faz tempo!

Terminei a semana fazendo alguns consertos e duas peças já voltaram para o armário, viva!

Por enquanto é isso!

Que a sua semana seja bem produtiva!
Beijos e boas costuras!

Voltei a dar aulas! Primeira parada: Sesc Ipiranga
5 Anos de Blog – Minha Manta de Retalhos está de volta!
Costuras da Semana!

Ola!

Essa semana teve pouca costura, mas muita ação por aqui.

Só cheguei perto da máquina para fazer mais dois blocos do meu cesto de materiais, na aula de Patchwork. A aplicação nos bolsos foi feita em casa e à mão (adoro!)

Que fofura!

Terminei a etapa do crochê das lembrancinhas do batizado do Marco Antônio. Mais uma etapa deste projeto familiar que está concluída, estou feliz com o resultado, eeehhh!

Crochê pronto para as próximas etapas!

A ação restante deve-se à reorganização do meu quartinho. Eu junto muita coisa, arrumo lugar para tudo que for bonito e até gosto do ambiente cheio de lembranças. Mas cheguei num ponto em que me falta espaço para trabalhar e também passei a sentir falta de ver o branco de ao menos uma parede, rs!

Daqui um tempo estará tudo cheio de novo (porque essa sou eu), mas estará tudo renovado e eu acho isso tão legal! Em breve eu mostro como está ficando, pois ainda não está muito apresentável para fotografar, rs!
Então, o post de hoje é breve, mas não perca os outros posts desta semana!

Beijos e boas costuras!

Voltei a dar aulas! Primeira parada: Sesc Ipiranga
Uma nova sala, com almofadas e pufes renovados por mim!
Viagem com costura – Amsterdam

Olá!

Eu estava encerrando a segunda parte (de três) das férias e já tinha me conformado que não teria um post sobre Amsterdam. Antes de começar a contar história toda, preciso dizer que sim, Amsterdam é aquela lindeza toda que a gente vê em fotos e tudo mais. As pessoas são super simpáticas e o fato de ter mais bicicletas do que carros na cidade me encantou de verdade.

Beleza por todos os lados.

Ficamos em uma casa-barco, toda equipada, uma experiência incrível!

Nossa “casinha” era este barco marronzinho, com as cadeirinhas na varanda (sim, tinha até varanda!).

Essa era a vista da nossa cama (com as cortinas abertas, lógico!)

Fui em uma loja de tecidos logo no começo da estadia na cidade, que só quando cheguei nela que vi que era de decoração sob medida e ainda por cima estava fechada em férias. Uma segunda foi encontrada ao acaso, só vendia sedas e parecia ser incrível, mas também estava fechada de férias.

Se alguém for, me conta?

McLennan’s Pure Silk
Hartenstraat 22, 1016 CC, Amsterdam
Site

Comecei o último dia em Amsterdam apenas com um dedal que tinha comprado na loja do museu do Van Gogh e só isso não renderia um post… paciência.

No último dia, eu e o marido fizemos checkout da nossa casinha e fomos à procura do último endereço de tecidos que eu tinha para tentar. Ao chegar lá, uma loja fofa e só de peças prontas para casa, todas em materiais naturais como algodão, seda, linho…

Enfim, não era bem o que eu queria. Depois de passar numa loja de souvenirs e escolher mais um dedal temático (rs) andamos de volta e paramos para comer a torta de maçã mais gostosa da vida no Winkel. Em frente, uma feira de rua acontecia e, para matar tempo, fomos conhecer.

Winkel 43
Noordermarkt 43, 1015 NA, Amsterdam
Site

Depois de passar pelos setores “tradicionais” de uma feira de rua (com vegetais, peixes, flores e afins), me deparei com a primeira surpresa, uma banca de tecidos! Linhos lindos, todos para decoração. Babei um pouco, fotografei e segui em frente.

Queria levar tudooo!

Adiante, uma banca com puxadores antiguinhos, escolhi quatro para colocar no gabinete da minha Velhinha. Ao lado, dos mesmos donos, um moooonte de carimbos para tecidos (servem para papel também). Eu tinha visto parecidos na mostra “Panos” do SENAC. O casal dono da banca era super fofo e comprei três carimbos, imaginando um vestido de linho azul com a barra carimbada em branco ou mesmo um lenço levinho de algodão (Meninas do Superziper, dedico essa parte a vocês!).

Esses foram os meus escolhidos!

Os puxadores já estão instalados na Velhinha!

Farmer’s Market on Noordermarkt
Noordermarkt
1015 MV – Amsterdam
Site

Lindengracht Market in Amsterdam
Lindengracht
1015 KJ – Amsterdam
Site

Bom, todo o dindin que eu não usei comprando tecidos em Amsterdam, foi usado para diversões diversas, que eu listo aqui:

1. Aluguel de bicicleta: sim, é muito mais legal percorrer Amsterdam de bicicleta, fora que você ganha tempo. Em alguns trajetos que fizemos, comparamos o tempo usando o transporte público e o tempo usando a bicicleta e incrivelmente era mais rápido com as magrelas!

2. Museu Van Gogh: se um artista tem um museu todinho dedicado só para a obra dele, é porque merece a visita! Nunca tinha me aprofundado muito em conhecer o Van Gogh e saí de lá apaixonada! Seja pelo uso das cores, pelos temas que ele pintava ou pela enorme produção num período curto de tempo (ele morreu aos 37 anos), tudo me encantou! E ainda tem uma parte “nerd” do museu que eu amei: a parte científica de identificação, estudo e conservação do acervo, com microscópios e tudo!

3. Rijksmuseum: o maior acervo de arte holandesa. Não conseguimos ver tudo (é tipo o Louvre, se você só vai poder ir em um dia, escolha o que mais interessa ver). Está acontecendo uma espécie de visita temática chamada “Art is Therapy”, e um cartaz amarelinho em determinadas obras mostra a arte sob outro ponto de vista. Eu adorei, deixou a experiência realmente mais próxima e não menos encantadora.

4. Passeio de barco pelos canais: seja em barcos grandões estilo “Hop on, hop off” ou alugando um barquinho para se aventurar sozinho, vale muito a pena! Nós alugamos um barquinho beeem simples, tanto que dispensa alguma licença para pilotá-lo. Ele era carinhosamente chamado de “pobrinho ostentação” e nos divertimos muito por quatro horas!

Vendo a cidade dentro do barco!

5. Comidas: eu adorei que os almoços eram basicamente sanduíches saudáveis e substanciosos em muitos lugares! Como fez muito calor durante a nossa estadia, acabava caindo melhor que um prato de comida. Outra coisa que vale a pena é provar o Stroopwaffel, biscoito tradicional da região, assim como o queijo holandês (ou Gouda).

6. Bebidas: A gente foi à uma cervejaria que funciona em um moinho de vento, super legal! O cardápio é cerveja, salame e queijo, simples e muito gostoso! Se você for nos dias certos (o que não foi o nosso caso, rs) você pode ver a fabricação da cerveja.

Queijo e cerveja, precisa de mais alguma coisa?

7. Parque: A gente foi ao Vondelpark depois de visitar o Museu Van Gogh, o parque é grande e muito gostoso. Aproveitamos para descansar as pernas depois de percorrer o museu!

Passeio e descanso no Vondelpark.

Além dos carimbos e puxadores para a minha Velhinha, as compras costurísticas foram essas:

Revista Burda holandesa de agosto (pois é, não sei onde estava com a cabeça, rs). Dedais do Museu Van Gogh e de uma loja de souvenirs na Dam Square.

Então, pode ser que se você estiver por lá em outros meses do ano você consiga fazer mais turismo costurístico do que eu, mas desde já eu garanto que a cidade é incrível e linda!
Beijos!

Voltei a dar aulas! Primeira parada: Sesc Ipiranga
Um novo armário handmade para uma nova fase
Katia Linden
Sou de São Paulo, publicitária de formação e várias outras coisas por admiração e escolha própria: tatuada, amante de música, viciada em Grey's Anatomy e Game of Thrones, esposa, dona de casa, costureira, modelista, consultora de estilo e (também, ufa) autora deste blog.
Sobre o Blog ⟩
Newsletter

Assine a minha newsletter e receba novidades exclusivas por e-mail!

Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Email inválido.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres. (Obrigatório!)
keyboard_arrow_right
close
Vencendo a minha maior resistência: vender!
Sobre Florescer em Pleno Inverno