Costuras da Semana!

Olá!

Antes de mais nada, queria dividir com você que sempre está por aqui o quanto eu fico incomodada por não conseguir manter o ritmo dos posts ultimamente. Junho foi um mês bem puxado e julho está sendo mais ainda! Tenho uma lista de assuntos que quero que virem posts mas o tempo realmente está escasso. Se não consigo preparar o post com a atenção e o carinho costumeiros, acabo não fazendo. Ainda assim, eu e a Ana estamos trabalhando para manter nosso querido bloguinho sempre funcionando, esperamos que estejam gostando dos posts!

Bom, isso tudo foi também para introduzir que na última semana o bicho pegou na reforma. Uma poeira absurda tomou conta da minha casa inteira, rs! Não dava para costurar com tanto pó…

Meu ateliê versão 2.0 está tomando forma e isso também consumiu o meu tempo. Logo estará em condições de mostrar!

Já que não dava para costurar, continuei a fazer meu tricôzinho. Terminei os dois lados da blusa!

Ainda faltam as mangas e a gola, não vejo a hora de terminar!

Na aula de Patch aprendi a fazer o quilt livre, chamado também de “caminho de bêbado”. Confesso que fugia dos projetos que tinham esse quilt, mas dessa vez mestra Tati me encurralou, hehehe! Foi meio tenso, mas escolhi uma linha bem da cor do tecido para disfarçar as imperfeições (#truques).

Agora vamos para a montagem da peça de fato!

Até chegar o fim de semana, não tinha costurado nada em casa já que não tinha como. Aí na 5a feira, limpei um pouco o ateliê e corri para concluir um projeto muito importante: preparar cobertores para os animais abrigados lá na Uipa (União Internacional de Proteção aos Animais).

Todo ano eu levo um tanto deles para ajudar os bichinhos de lá, é sempre muito gratificante poder usar algo que a gente sabe fazer para ajudar

Fiz um post sobre a entidade no ano passado, é este aqui.

Na 6a feira eu consegui iniciar meu tão sonhado macacão jeans! Ano passado eu quis muito comprar um e não consegui (até falei um pouco sobre isso aqui). Neste ano, com molde e jeans em mãos estou fazendo um para usar ainda no inverno! (#oremos)

O curso de modelagem voltou neste sábado e estamos desenvolvendo uma saia com base na observação de uma peça pronta ou foto. A minha é uma saia reta bem incrementada e semana que vem será costurada. Fazer a modelagem dela foi um belo desafio, adorei!

Desafios de modelagem, eu curto!

Ufa! Por enquanto é isso!
Beijos e boas costuras!

Voltei a dar aulas! Primeira parada: Sesc Ipiranga
Um novo armário handmade para uma nova fase
Look do dia – Jaqueta Bomber!

Olá!

Hoje eu vou mostrar uma peça muito especial (na verdade, todos os looks que eu posto, por terem alguma coisa que eu tenha feito, acabam sendo especiais, rs), quando eu usei a minha jaqueta bomber quiltada lá em San Francisco, em fevereiro.

Um fato curioso sobre minhas malas de viagem: sempre que eu vou viajar eu fico bolando com antecedência o que eu vou levar. Faço uma listinha com o que eu pretendo vestir em cada dia, sempre olhando a previsão do tempo. Na hora de montar a mala é rapidinho, a mala não vai com roupas demais ou com coisas que não combinam entre si.

Dessa última vez, com a correria pré-viagem que aconteceu (para eu poder deixar meu Astor em casa sem sustos, depois de passar por consulta médica e exames), eu saí colocando algumas roupas que eu queria levar em cima da cama e busquei combinações pra elas. Queria uma mala com aquele tanto de estampas que eu adoro usar e peças que combinassem bem entre si.

A mala seguiu viagem arrumada na medida certa, mas percebi que eu levei um monte de roupas pretas ou em cores mais neutras (lembra que eu contei aqui a minha história com roupas pretas?) e outras estampadas que combinariam bem com elas, quase tudo puxando pro azul. Aquela coisa toda da zona de conforto e tudo mais, né?!

Mas a peça central era a minha jaqueta bomber quiltada, por mim tinha usado todos os dias, hahahaha! Além de eu ter amado o resultado, ela deu conta do vento frio do final do inverno de San Francisco, oba

Usei a jaqueta em dois dias diferentes, um deles para conhecer o quartel-general do Google. Lá eu estava com a jaqueta, camiseta básica (mas com aplicações nos ombros), mini-saia, meia calça e botas pretas.

E a pracinha com os Androids? Uma graça!

Jaqueta Bomber Quiltada: tecido de algodão da Liberty (comprado em Paris), forro de algodão egípcio da GJ (Centro de SP), manta de algodão do Armarinhos Metrópole (Centro de SP) e punhos de malha comprados no Bom Retiro. Molde da Papercut Patterns – Rigel Bomber Jacket – e adaptação para ser forrada e quiltada do blog da Liberty.
Camiseta: Hering
Mini Saia: C&A
Meia calça térmica: DIM (Paris)
Bota: Prego
Óculos: Chilli Beans
Batom: Flat Out Fabulous (MAC)

Em outro dia, usei a jaqueta para um dia de muito turismo. Fomos à Lombard Street (a rua mais sinuosa do mundo), Golden Gate, Crissy Fields e na Haight Street. Tudo muito lindo!

A gente vê esse sol todo nas fotos e realmente no sol não é muito frio. Mas na sombra e à noite não tem como ficar sem blusa!

Casal encantado com a Golden Gate!

Look do dia em Crissy Fields, com uma vista linda!

Jaqueta Bomber Quiltada: tecido de algodão da Liberty (comprado em Paris), forro de algodão egípcio da GJ (Centro de SP), manta de algodão do Armarinhos Metrópole (Centro de SP) e punhos de malha comprados no Bom Retiro. Molde da Papercut Patterns – Rigel Bomber Jacket – e adaptação para ser forrada e quiltada do blog da Liberty.
Camiseta: Zara
Calça de veludo stretch: Lascivité
Tênis: Adidas
Óculos: Chilli Beans
Batom: La Vie en Rouge (MAC)

OBS: E o que o meu cabelo fica bonito nessa cidade? Meu sonho era acordar assim todo dia aqui em SP! #sonhakatiasonha

A primavera já estava dando sinal, com lindas sakuras!

Lombard Street, a rua mais sinuosa do mundo! Descemos a rua de carro, beeem devagar!

Ficamos um tempão escolhendo os novos discos de vinil da Amoeba! Um sonho de loja!

Na Super 7, loja super nerd, compramos bonequinhos lindos!

Andar pela Haight Street também foi muito legal! A Amoeba e a Super 7 ficam lá!

Espero poder usar a jaqueta em SP logo, ela já é meu xodó!
Gostou?

Beijos!

A volta às costuras depois de um ano
Voltei a dar aulas! Primeira parada: Sesc Ipiranga
Costuras da Semana!

Olá!

Não gosto de ficar reclamando do clima, até porque reclamar não resolve nada, mas na última semana as costuras renderam menos por conta do calor absurdo que tem feito em São Paulo. Na verdade, eu concluí que as nossas casas é que não estão preparadas para um calor ou um frio mais intenso.

Depois de dias suando loucamente ao fazer as coisas habituais de casa e também para costurar, transferi ontem (temporariamente) a máquina de costura para a cozinha, onde eu espero que o ar condicionado de rodinhas dê conta do recado.

Por ter um cantinho reservado para costurar, não gosto muito de costurar na cozinha, mas meu quartinho tem virado um forno logo pela manhã, quando o sol bate direto na parede e deixa o ambiente quente pelo resto do dia.

Mudança temporária feita, prossegui com um projeto que comecei mesmo com esse calor todo: uma jaqueta bomber quiltada. Apesar de parecer loucura, tenho planos de usá-la muito em breve, por isso vai valer a pena fazer uma peça quentinha em pleno janeiro.

Ainda não tem muito para mostrar, então aqui vão alguns “petiscos” que postei no Instagram:

Molde da Papercut Patterns e mais um tecido Liberty que eu amo!

Quilt pronto!

Estou super animada com esse projeto, o primeiro de 2015. Logo menos mostrarei em detalhes!

Por enquanto é isso!
Beijos e boas costuras!

Me Made May 2017 (#mmmay17): o final
Primeiros Looks do Me Made May 2016 (#mmmay16)!
Katia Linden
Sou de São Paulo, publicitária de formação e várias outras coisas por admiração e escolha própria: feminista, mãe de cachorros, tatuada, amante de música, viciada em Grey's Anatomy, costureira, modelista, consultora de estilo e (também, ufa) autora deste blog.
Sobre o Blog ⟩
Newsletter

Assine a minha newsletter e receba novidades exclusivas por e-mail!

Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Email inválido.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres. (Obrigatório!)
keyboard_arrow_right
close
Vencendo a minha maior resistência: vender!
Sobre Florescer em Pleno Inverno