Costuras da Semana!

Olá!

Antes que eu comece a mostrar as produções mais recentes, preciso avisar que vou diminuir um pouco o ritmo das postagens até o final de junho. Explico: é final de semestre das aulas de alemão, o que significa fazer 3 provas e uma apresentação individual em praticamente um mês. Tá puxado!

Enfim, na semana que passou eu já comecei a deixar mais tempo para estudar, então a produção foi menor. Na aula de Patchwork, a máquina de costura feita em Foundation ficou pronta.

Só digo uma coisa, é uma das coisas que mais gostei de ter feito e de ter aprendido. Tenho que admitir que estou com orgulho do bloquinho que vai enfeitar a capa para a minha Novinha!

Semana passada eu me dei conta que iniciei os trabalhos da minha colcha de hexágonos há um ano… E que ela ainda não está pronta… Mas hoje, depois de ter passado por uma série de técnicas de Patchwork, tenho certeza que não escolhi a mais simples ou mais rápida delas, paciência. Com o frio chegando de vez e a copa do mundo também, resolvi que vou retomá-la, pela 32.352.423.243a vez, rs!

Já que desta vez eu não estou com o menor pique para acompanhar a copa, para não ser antissocial, eu vou pegar a minha caixinha e ficar trabalhando na sala em frente à TV. Para isso ser possível, separei uma hora do meu dia para cortar novos hexágonos de papel e também de tecido branco, assim durante os jogos eu terei o que costurar! Então em breve vou voltar a contar da colcha por aqui, aguarde!

Voltando aos trabalhos da colcha.

Retomando a contagem, agora dos hexágonos brancos para fazer, ok? Saldo de hexágonos brancos até o momento: 0 (de 536).
O quimono ficou parado, fiz alguma coisa errada nos bolsos que as costuras não estão batendo e eu não tive tempo de arrumar, rs!

Ah, com a diminuição de tempo para as costuras, separei mais uma hora do dia para preparar uma Tilda nova. Na verdade só o corpinho, pois o embelezamento todo será feito junto com a Ana, num dia para colocarmos conversas em dia e planos em ordem!

Tilda Costureira em Progresso.

E para encerrar bem a semana, estreei minha saia de malha no sábado, quando visitei a exposição “Panos – Usos e Costumes” no Sesc Bom Retiro. Adorei como ficou, além de ter aguentado firme e forte o frio, que era bem o que eu queria!

Sobre a exposição, terminou ontem! Eu adorei! Quem fez um post completinho e com fotos bem melhores que as minhas foi a Claudia do Superziper.

Beijos e boas costuras!

Voltei a dar aulas! Primeira parada: Sesc Ipiranga
Um novo armário handmade para uma nova fase
Costura “Vapt-Vupt” com tutorial – Quimono de Algodão!

Olá!

Esta costura foi vapt-vupt por três motivos: primeiro que faz tempo que eu queria fazer um quimono de algodão com tecido de fundo preto, segundo que o tal tecido cruzou o meu caminho na feira de Patchwork (post aqui) e terceiro porque eu queria usar em um dos dias do Lollapalooza (eeehhh!).

Eu procurei por um quimono lá na Liberdade quando eu fui comprar o livro sobre Sashiko para fazer a colcha do Noah. Procurei primeiro por tecido oriental, mas nada por aqueles lados. Achei alguns quimonos prontos, mas nenhum que tenha me deixado encantada de verdade.

Aí, lá no stand da Casa Belém encontrei o tecido que eu tanto queria! Aliás, eles tinham várias estampas orientais, foi muito difícil escolher!

Aqui dá pra ver bem a estampa e os detalhes em dourado (suspiros!)

Com tecido em mãos (comprei 3 metros, minha medida “padrão” quando ainda não tenho projeto definido ou quando não sei o quanto vai consumir), escolhi um dos projetos encontrados junto com a Ana, que foi este aqui.

Basicamente o quimono é composto por:
– Um retângulo para as costas, sendo que a largura dele é a distância entre os ombros, de ponta a ponta, mais 21cm. A altura sugerida pela autora do projeto é de 94cm, que eu achei suficiente para mim. Na parte de baixo, as pontas são arredondadas (eu fiz isso a partir de 15cm, contando de baixo para cima). Na parte de cima, arredondar levemente na região do pescoço (no meu caso, foram 20cm de largura por 4cm de altura):

Costas

– Para as duas partes da frente, dois retângulos medindo a altura do retângulo das costas menos o espaço em que foi feita a curva de baixo. A largura de cada um é a distância de cada lado do ombro, descontando a a distância do pescoço:

Frente

– Dois retângulos para as mangas, que a autora sugeriu ser a medida do bíceps (o “muque” ou a “região do tchauzinho”) mais 38cm, que eu fiz e ficou bom. A altura sugerida é de 26cm.

Mangas

Planejando bem o corte, usei 1,60 metro de tecido, sendo que ele tinha apenas 1,10 metro de largura, então se for com um tecido com a nossa largura padrão, é capaz que você consiga fazer com 1,50 metro. Para garantir, não deve consumir mais do que 2 metros.

Meu plano de corte (pode variar conforme largura do tecido e as medidas do seu quimono)

Para fazer, é simples:
– Dobrar cada manga ao meio (no sentido da largura), costurar lado direito com direito e reservar;
– Unir as partes da frente às costas;
– Unir as laterais da frente e das costas, deixando uma abertura para encaixar as mangas (no meu caso foram 38cm);
– Encaixar as mangas, colocando-as por dentro da peça e posicionando direito com direito;
– Fazer o acabamento com barra de lenço.

Marcações de costuras

Eu vi pelas fotos que a moça fez o fechamento todo da peça com máquina de overloque, acho que por isso não mencionava margem de costura. Eu costurei tudo com 1 cm de distância e depois usei um ponto de acabamento.

Aqui dá para ver bem as dimensões do quimono…

as costas…

… e o detalhe da manga.

Depois de pronto, o quimono esperou até sábado para ser usado, que ansiedade!

Pesquisando o que eu iria vestir para ficar legal com o quimono eu cheguei às seguintes combinações possíveis:
– Shorts jeans e camiseta branca
– Look todo preto

Como eu não queria nem um nem outro (rs) eu cheguei a um meio termo: calça preta e blusa branca. Eu amei o resultado!

Quimono com blusa Taffy por baixo, sucesso!

Mais algumas coisas que eu achei legais:
– Eu usei por baixo do quimono uma das minhas blusas Taffy, modelo que tem as mangas bem rodadas. O legal do quimono é que dá para vestir sem esmagar o que está embaixo, então super serve para acompanhar roupas que não são muito ajustadas ao corpo.
– Rolou um ventinho frio à noite e eu estava até que bem coberta, foi muito bom ter levado!- Ter um quimono como este, que não fecha na frente, pode substituir super bem um casaquinho de linha (tenho vários e ando meio cansada deles) ou outros casacos leves!

Tenho que confessar que na 6a feira, antes mesmo de estrear este quimono, eu comprei um crepe de chine (de seda) clarinho para fazer outro quimono, só que este será de transpassar na frente e com faixa de amarrar, mais tradicional!

E aí, gostou?

Beijos!

Voltei a dar aulas! Primeira parada: Sesc Ipiranga
Um novo armário handmade para uma nova fase
Costuras da Semana!

Olá!

Depois de uma semana atribulada, uma semana novinha em folha para colocar a vida em ordem… Acho que acontece com todo mundo, né?!
Andei meio lerda por conta dos antialérgicos que ando tomando, mas a vida segue. Tanto que encarei um festival de música no final de semana e hoje estou com as energias renovadas!

Na aula de Patchwork, começamos a fazer um kit para a máquina de costura usando a técnica do Foundation. Achei super legal pois possibilita formar desenhos! Melhor ainda que eu estou usando retalhos pequenos que estavam guardados (menores do que um hexágono para a minha colcha, por exemplo).

A primeira parte será feita com dois desenhos iguais, que formam carretéis de linha, sendo que um deles ficou pronto na aula mesmo:

Não é uma fofura?

Ah, e eu terminei em casa a frasqueira em log cabin, estava mais do que na hora, né?! Ela ficou tão linda!

Frasqueira pronta!

O conjunto ficou assim:

Frasqueira, necessaire e carteira de mão.

Na aula de costura, continuamos com a saia de lã, que terminei em casa, oba!
Também adorei como ficou, não vejo a hora de usar!

Pronta!

Detalhe do babado feito em godê, fofo!

Como contei no post de 6a feira, fui com a Ana no Brazil Patchowrk Show. E eu sabia que não sossegaria enquanto não fizesse um quimono com um daqueles tecidos de estampa japonesa!

(Quem mais aqui fica passando projetos um na frente do outro toda hora? Aqui em casa de vez em quando parece disputa na largada da Formula 1, hehehehe!)

Eu e a Ana procuramos tutoriais na internet até que decidi por seguir este aqui.

Cálculos feitos para transformar polegadas em centímetro, mais as minhas medidas e bora cortar e costurar! Vou deixar só um tiquinho do quimono neste post porque depois vou fazer um post especial para ele, de costura vapt-vupt!

Algumas medidas tomadas, cinco retângulos de tecido e poucas costuras depois: um quimono!

Bora costurar?

Beijos e boas costuras!

Um novo armário handmade para uma nova fase
5 Anos de Blog – Minha Manta de Retalhos está de volta!
Katia Linden
Sou de São Paulo, publicitária de formação e várias outras coisas por admiração e escolha própria: tatuada, amante de música, viciada em Grey's Anatomy e Game of Thrones, esposa, dona de casa, costureira, modelista, consultora de estilo e (também, ufa) autora deste blog.
Sobre o Blog ⟩
Newsletter

Assine a minha newsletter e receba novidades exclusivas por e-mail!

Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Email inválido.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres. (Obrigatório!)
keyboard_arrow_right
close
Vencendo a minha maior resistência: vender!
Sobre Florescer em Pleno Inverno