Visitando O Mercado de Estilistas Independentes do Rio!

Olá!

Se tem uma coisa muito difícil de acontecer comigo é programar uma viagem em função de fazer compras. Sim, em alguns momentos as compras podem acabar acontecendo, mas não sou o tipo de pessoa que viaja focada apenas em fazer compras, isso é o que eu quero dizer.

Mas na minha última ida para o Rio isso foi um pouco diferente. Estão pipocando pela cidade toda feiras e bazares muito legais com marcas pequenas (em tamanho, mas não em “interessância”) do Rio mesmo. Parecem ser bem diferentes dos bazares que eu estou acostumada a frequentar em SP, bem dirigidos a vender acessórios, coisas para a casa, decoração e artigos infantis. Normalmente tem pouquíssima roupa nos bazares que vou aqui em SP.

Como estou estudando aos sábados eu não tenho como ir visitar nenhuma destas feiras, vivo só babando pelas redes sociais. Mas uma destas feiras aconteceu durante o feriado de outubro e, já que o Senac emenda os feriados, eu estaria livre e poderia conhecer.

Começamos o dia de compras (rs) visitando a loja Felipa, no Leblon, especializada em alpargatas e espadrilles. A coleção que estava à venda era a coleção Piquenique, com bastante xadrez vichy e bordados de formiguinhas! Vivi Basile me apresentou à marca no nosso último encontro e eu não pude deixar de ir lá conferir, ainda mais nessa minha fase sem salto.

Comprei uma alpargata de tecido xadrez verde com bordado de formigas e um torrão de açúcar! Ela é linda e super confortável!

Alpargatas lindas, fofas e confortáveis!

Depois de almoçar por lá, seguimos para o bairro das Laranjeiras. Lá acontecia “O Mercado” de Estilistas Independentes, na sede do Fluminense. Como comentei, é bem diferente dos bazares que estou acostumada a ir em SP, lá a maioria das coisas à venda era roupa. O tema da edição que fui era Geek (amo) e também voltamos com algumas coisinhas bacanas para a casa.

O Mercado – visto de cima. E esse salão maravilhoso do Fluminense?

Porta lápis e canecas

Camiseta para mim e para o marido, foi difícil escolher a estampa, viu?

Vestido evasê com estampa moderninha e colar de fita e metal escuro.

Depois da feira, seguimos para a Barra, pois queria conhecer a loja física da Damyller que tem no Rio. A empresa é de Santa Catarina e tem lojas apenas no interior de SP. Andava namorando os jeans da marca há um tempo e queria ver se achava um shorts jeans de cintura alta, que não fosse mega curto, sem rasgos ou lavagens diferentonas. Não é que achei?

Amor em forma do shorts jeans perfeito!

Gostei tanto dos jeans e do preço que depois comprei uma calça jeans na loja virtual da Damyller com modelagem idêntica ao shorts. Mas esse será assunto para outro post… 😉

Eu prefiro investir meu dinheiro assim – com compras feitas cuidadosamente, preferindo produções nacionais e de pequenas empresas – do que pirar em Black Friday (que a gente sabe que aqui no Brasil infelizmente tem muita enganação e que às vezes as compras acontecem por impulso). E olha que tinha tanta estampa maravilhosa na feira que eu tive mesmo que me controlar para não trazer muitos vestidos novos para casa, rs!

O look escolhido para esta maratona foi este: fresquinho e super confortável. Minha regata de seda (que amassou na mala e foi desamassada com o calor do secador de cabelo do hotel, rs #causos), minha mini saia de sarja e alpargatas listradas. E qual não foi a minha surpresa ao me dar conta que eu tinha costurado tudo isso?

Regata: Tecido de seda comprado na Britex Fabrics (San Francisco). Molde Sorbetto – gratuito – da Colette Patterns.
Saia: Tecido de sarja com elastano comprado na loja Dona Dani (SP). Molde Arielle, da Tilly and the Buttons (Inglaterra).
Alpargatas: Tecido Cath Kidston (Londres), sola Prym (Berlin)

Enfim, este foi meu dia, meu look e minhas boas compras nesta viagem!

Espero poder visitar outras feiras do tipo em breve!
Beijos!

Meus 10 anos de costuras – Mantendo este blog desde 2013!
Look do dia – Blusa de malha com efeito tricô e mangas morcego
Mais looks da viagem para o Rio!

Olá!

Para encerrar os posts sobre a última viagem para o Rio (como o tempo passa, já teve outro feriado depois desse e estamos pertinho de mais um, rs!), vou mostrar as produções dos outros dias da viagem, com peças que já apareceram aqui no blog e que eu adoro usar!

Dia 1 – Viagem de avião
Por mais que o vôo SP-RJ seja curto, tinha mala para carregar e o frio habitual do avião para aturar.
Usei meu vestido Coco com legging e tênis e fiquei bem confortável. Saindo de SP, eu estava vestindo um casaco também, pois estava friozinho.

Logo que chegamos aproveitamos para passear um pouco pela Lagoa, sempre uma ótima pedida!

“Pare aqui, aprecie a vida por um minuto e sorria.” #oraculoproject

Vestido: Malha de algodão orgânico Frau Tulpe (Berlin), molde do vestido Coco Tilly and the Buttons (Inglaterra).
Legging: Zara
Tênis: All Star
Batom: Petite Red (MAC – Julia Petit)

Dia 2 – Parque Lage e Vista Chinesa
Fiz um post sobre este dia (com a estreia da minha saia azul de sarja) aqui.

Dia 3 – Forte de Copacabana
Fiz um post sobre este dia (com a estreia da minha mochila jeans) aqui.

Dia 4 – Jogo no Maracanã
Fomos assistir Flamengo e Corinthians no Maracanã. Sempre quis conhecer o estádio mas nunca conseguia, seja por estar em reforma, seja porque o jogo era num horário que eu já estava voltando para casa. Como ficaríamos mais um dia, dessa vez deu certo!

O sol estava muito forte nesse dia e fomos salvos pelos lugares marcados! Esperamos o tanto que foi possível na área interna, que tinha ar condicionado bombando, ufa!

Fui com shorts de cintura alta, meu top cropped de moletom e tênis. Confesso que passei um pouco de calor, mas quando fiz a mala eu achei que o tempo estaria mais fresco. Enfim, deu tudo certo no final e foi ótimo ver meu time do coração ganhar do time carioca que simpatizo (já deu pra entender para quem eu torço, né?!).

Top Cropped: Moletom cinza mescla comprado na Mediterrâneo (Bom Retiro – SP), molde Astoria da revista Seamwork de abril/2015 (EUA).
Shorts de algodão: Maria Filó para C&A.
Tênis: All Star
Batom: Petite Red (MAC – Julia Petit)

Para quem gosta de futebol, como nós dois aqui, vale a pena visitar o Maracanã um dia, é lindo!

Dia 5 – Volta para casa
Último dia, com toda a função de checkout do hotel e volta para casa. Escolhi meu macacão de algodão, que nunca vestiu tão bem como agora! Estou super feliz e espero usá-lo muito nessa primavera e no verão também!

Por uma vida com mais cafés da manhã de hotel!

Ficou uma produção toda puxada pro vermelho/rosado, adorei!

Macacão de algodão: tecido de algodão Liberty (Londres), renda de algodão Tissus Reine (Paris). Molde da revista Burda portuguesa (05/2013)
Sapatilhas: Capodarte
Bolsa: A Sacoleira
Óculos: Chilli Beans
Batom: Petite Red (MAC – Julia Petit)

Consegui cumprir meu desafio para a viagem, de ter todos os dias algo feito por mim. Adoro quando consigo fazer isso e registrar tudo para mostrar aqui. Ter um guardarroupas feito por nós mesmas é uma delícia!

Gostou?
Beijos e boas costuras nessa semana!

Meus 10 anos de costuras – Mantendo este blog desde 2013!
Look do dia – Blusa de malha com efeito tricô e mangas morcego
Look do Dia: Mochila Jeans!

Olá!

Dando sequência às peças estreadas na última viagem para o Rio, hoje mostro a minha adorada mochila jeans. Além do projeto das aulas lá na Fonfinfan ser um arraso por si só, eu aproveitei para usar retalhos “do coração” nesta peça.

Explico: eu tenho uma caixinha onde guardo pedaços de tecido dos mais especiais (a maioria é Liberty), eles não são suficientes para uma nova peça de roupa e também já foram em parte usados na minha eterna colcha de hexágonos. É um acervo dos meus tecidos mais especiais, sabe?

O projeto da mochila merecia uma procurada nessa caixinha e lá eu encontrei o tecido para as abas dos bolsos, o Liberty mais lindo que já costurei! Antes ele já tinha virado uma blusa para a Ane (aqui) e outra para mim (aqui).

Relembrando a mochila em detalhes:

Começando o dia, com a vista da janela do nosso quarto e as escolhas do dia (com o meu tricôzinho em progresso):

Eu queria que a beleza e a praticidade da mochila fosse aproveitada num dia de muito passeio. Fomos conhecer e tomar um brunch no forte de Copacabana, passeamos de bicicleta pela Lagoa, com direito a uma paradinha lá no Flamengo para comprar ingressos para ver um jogo no Maracanã.

Não é muita beleza para um brunch só?!

Viva!

Encerramos o dia tomando um café da tarde delicioso no restaurante do hotel, que fica na cobertura, com essa vista incrível!

A mochila revolveu bem tanto quando andamos à pé quanto de bicicleta. Aliás, falando em resolver, a mochila também foi a minha mala de mão no avião, coube tudo que eu queria levar comigo (sou cismada com despacho de mala, tento levar o máximo que posso comigo, rs!).

O look do dia era bem neutro e confortável, para passearmos tranquilamente. Pensei na mochila como a principal peça do dia, por mais que eu não consiga ficar sem uns detalhes na roupa, como a renda aplicada no vestido e o tênis estampado (muito amor pela estampa de frutas e flores)!

Vamos conferir?

Mochila: Projeto Fonfinfan.
Vestido: Moletom cinza mescla comprado na Mediterrâneo (Bom Retiro – SP), apliques de renda comprados na região da 25 de março (faz tempo, não lembro a loja exatamente). Molde feito por mim.
Tênis: Farm para Adidas
Óculos: Chilli Beans
Batom: Flat Out Fabulous (MAC)

Gostou? Eu amei e quero repetir logo, tanto o look quanto a visita ao Rio!
Beijos!

Meus 10 anos de costuras – Mantendo este blog desde 2013!
Look do dia – Blusa de malha com efeito tricô e mangas morcego
Katia Linden
Sou de São Paulo, publicitária de formação e várias outras coisas por admiração e escolha própria: feminista, mãe de cachorros, tatuada, amante de música, viciada em Grey's Anatomy, costureira, modelista, consultora de estilo e (também, ufa) autora deste blog.
Sobre o Blog ⟩
Newsletter

Assine a minha newsletter e receba novidades exclusivas por e-mail!

Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Email inválido.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres. (Obrigatório!)
keyboard_arrow_right
close
Vencendo a minha maior resistência: vender!
Sobre Florescer em Pleno Inverno