Armário Handmade do Rock in Rio!

Na semana que passei no Rio (estava com saudades de ir sem correria, mesmo com os problemas todos que estão acontecendo por lá), teve armário handmade praticamente todo dia, até porque grande parte das peças que eu amo e uso muito fui eu mesma que fiz.

Mas aí seria um repeteco só aqui no blog, já que tudo que faço vem parar aqui também, rs!

Aí resolvi fazer este post com os looks que usei no Rock in Rio, com peças handmade mas usadas de um jeito diferente!

Primeiro dia – Macacão de Moletom

Acabei mudando o primeiro look de véspera, naquele momento que deu vontade de trocar o calçado planejado e aí o look todo mudou, rs! Se eu estivesse em casa, certamente teria conseguido incrementar mais com acessórios.

Usei o tênis esportivo que tinha levado para as caminhadas no calçadão e não me arrependi de ter montado um dos looks do Rock in Rio com ele, pois são muitas horas em pé e a caminhada até o Parque Olímpico e tal…

Enfim, para o dia de Bomba Estéreo e Karol Conka, Titãs, CeeLo Green e Iza, The Who (um sonho realizado!) e Guns n’ Roses eu vesti meu macacão de moletom com estrelinhas, pochete de glitter, óculos espelhados e tênis esportivos! Ficou tudo mais clarinho e com toques de brilho!

Macacão: moletom com elastano da L’Atelier de La Creation (Paris), molde da revista Burda Style de novembro/2016. Mais fotos do macacão aqui.
Pochete com Glitter: Agora que Sou Rica
Tênis: Asics
Óculos Escuros: Ray Ban

Segundo dia – Saia Calça

Já esse look estava super planejado, rs! Para ver a minha banda do coração, montei o look para usar a camiseta do Red Hot!

Diferente do ano passado, quando usei a camiseta com um shorts de couro (e passei muito calor com ele), esse ano eu usei a minha saia calça bem mais fresquinha, chemisier usado aberto por cima e tênis com algum amortecimento, além da pochete!

E assim eu estava no Rock in Rio para conferir Sepultura, The Offspring (mais um sonho realizado), Thirty Seconds to Mars e Red Hot Chilli Peppers (minha banda do coração para todo sempre, amém!):

Saia-Calça: tecido Bi-strech da GJ Tecidos (Centro – SP), molde da Pantacourt com transpasse da revista Burda de Agosto/2016, modificado por mim. Mais fotos da peça aqui.
Camiseta oficial do Red Hot Chilli Peppers: comprada no show de 2013 em São Paulo
Chemisier: Alexandre Hertchcovitch para C&A
Pochete com Glitter: Agora que Sou Rica
Tênis: Nike
Óculos Escuros: Ray Ban

Dicas

Depois de muitos anos indo a festivais e shows, eu acabei criando uma “receita” com o que funciona nessas ocasiões. Então, vou deixar essas dicas aqui!

Roupas – minha prioridade é o conforto. Uso roupas que eu fique bem em pé, andando ou até sentada no chão. Se eu vou de vestido, normalmente estou com um shortinho por baixo. Então, dificilmente uso saias muito justas ou curtas, para não ter que me preocupar. Ou vou logo de shorts ou calça. Em alguns eventos vale pensar num casaco pois às vezes esfria conforme anoitece.

Calçados – sempre dou preferência aos tênis, principalmente se tiverem algum amortecimento. São muitas horas em pé, andando ou dançando/pulando. Vale também considerar um calçado que você não tenha dó de sujar ou molhar. Tem botinha que dá conta do recado e não deixa os calcanhares cansados. Coturnos e botas com solado grosso também são ótimos!

Acessórios – no meu caso, os óculos de sol são indispensáveis de dia e os óculos de grau são indispensáveis à noite, rs! Não me preocupo com outros acessórios, mas quem curte uma montação maior pode mandar ver. Ah, desta vez eu peguei amor de verdade pela pochete!

Cabelo e maquiagem – a maioria das vezes eu já saio de casa com o cabelo preso mas, quando vou com ele solto, levo um elástico para garantir. A maquiagem tem que ter filtro solar e ser resistente à água, para durar e não precisar retocar. Sempre uso um batom que dura bastante.

Essenciais – Ricardo é o responsável pela nossa mochila que sempre tem: protetor solar, repelente, capas de chuva, cangas para poder sentar no chão e powerbank para carregar o celular.

Ricardo e a mochila com nossos itens essenciais!

E que venham os próximos festivais!

Por festas de fim de ano sem correria: planejando os looks!
Look do Dia: Xale de Crochê!
Me Made May 2017 (#mmmay17): o começo

Agora que metade do mês de maio já passou, vou mostrar aqui as peças que usei, pensando na participação do Me Made May deste ano.

Tem sido muito gostoso participar mais uma vez, acabo dando uma atenção a mais ao que já é bem cotidiano: vestir roupas feitas por mim. Vai ter um tanto de repeteco em relação aos outros anos, o que quer dizer que foram peças que cumprem a função de vestirem bem e serem duradouras!

Já a maioria das peças não são recém feitas, vou colocar no fim do post links para os posts que fiz sobre elas, caso você queira ver as peças em detalhe, ok?

Primeira Semana

Segunda Semana

Links para as Peças

Vem ver as peças em detalhe nos posts que já fiz aqui no blog, com certeza também vai aparecer algum jeito diferente de usar a mesma peça!

Dia 1: Macacão Jeans
Dia 2: Camiseta de Malha de Viscose
Dia 3: Regata de Crochê
Dia 4: (sem roupa feita por mim, usei roupa de academia :|)
Dia 5: Saia Calça
Dia 6: Vestido de Moletom
Dia 7: Calça de Linho e Viscose
Dia 8: Vestido de Malha
Dia 9: Blusa de Cetim
Dia 10: Top Cropped de Moletom
Dia 11: Calça de Pijama
Dia 12: Slip Dress de Veludo
Dia 13: Calça Anna (da Francine Lacerda)
Dia 14: Vestido de Malha de Rayon
Dia 15: (sem roupa feita por mim, confesso que passei o dia de pijama :D)

Se quiser acompanhar os meus outros posts e looks handmade que estão por vir, me segue lá no Instagram!

Por festas de fim de ano sem correria: planejando os looks!
Look do Dia: Xale de Crochê!
Look do Dia: Blusa com Pregas e Saia Calça (ambas da Burda Style!)

Olá!
Não via a hora de colocar o post sobre a análise de cores que eu fiz no ar, pois realmente os meus planos de costura, de tricô e de crochê foram redirecionados nos últimos dois meses!

Na verdade, o primeiro resultado já deu para ver no post de 2a feira, da blusa de chambrê, mas este post aqui tem mais duas peças muito especiais!

Saia-calça

Nos meus planos de costuras para o inverno (post aqui), contei que queria fazer uma saia-calça para substituir uma mini saia de malha que “já deu o que tinha que dar”, rs! Quando comprei o tecido (2 metros de bi-stretch, um tipo de gabardine com elastano), eu ainda não tinha um molde definido, mas quando folheei a revista Burda de Agosto/16, encontrei o modelo ideal em uma pantacourt/calça culote que tinha um transpasse na frente. Era só encurtá-la que chegaria ao meu objetivo!

Modelo encontrado, oba!

“Mas, Katia, você não contou no post anterior que preto era uma cor que não te favorecia?”, você pode estar pensando… Sim, é verdade, mas eu já tinha comprado este tecido de boa qualidade e não iria desperdiçá-lo, só iria encontrar uma nova forma de tirar proveito da peça pronta!

Lá fui eu tirar o molde da peça, que está na seção Plus Size. Quanto aos moldes da Burda, preciso dizer que sou uma privilegiada já que uso 46 na parte de baixo e 42 na parte de cima. Então todos os moldes – regulares e plus size – com os devidos ajustes, podem me atender!

Tirei o molde num tamanho intermediário entre o 46 e o 48 e ajustei para as minhas medidas acima da linha do quadril. Encurtei até ficar com 23cm no entrepernas e assim nasceu a saia-calça que eu queria há tanto tempo!

Saia na frente… Shorts atrás!Os detalhes legais da peça: transpasse com amarração lateral (onde também tem um bolso) e fechamento com zíper invisível.

Blusa com Pregas

Já essa blusa estava na minha lista de projetos faz tempo, já estava com o tecido comprado desde o ano passado, inclusive. Revendo as minhas prioridades de cores, passei o projeto na frente e fiz a blusa rapidinho, pois não é um modelo complicado (ou seja, por que não fiz antes? rs!)

Bora fazer a blusa que estava esperando faz tempo?

Como eu sou menor na parte de cima do corpo e tenho pouco busto, modelos que tenham detalhes na região do colo são bons para mim, pois não criarão volumes “indesejados”. A blusa é bem retinha e eu bem que pensei em acinturá-la um pouco, mas acabei deixando exatamente como estava no molde.

Dica: Usei o tamanho 42, que se assemelha ao meu tamanho de roupas compradas prontas. Mas, sempre que for tirar um molde, tire as suas medidas e compare com a tabela que está na revista, pois parece um pouco com a numeração de roupas nas lojas, mas pode variar. Assim você evita sustos depois!

O tecido é um algodão com seda bem macio num tom de azul lindo e maravilhoso. Assim, com um tecido levinho as pregas não ficam volumosas e a abertura da cava fica com um acabamento leve e bonito.

Blusa rápida de fazer com efeito lindo no final!

Detalhe do decote e das pregas horizontais.

Como fica o acabamento das cavas, bem levinho!

Coloquei duas aberturas nas laterais, por minha conta, para assentar melhor no meu corpo sem ter que fazer num tamanho maior.

Look pronto para vestir!

Look do Dia

Eu preparei este look para usar no dia do bate papo entre blogueiras na Burda Expo, mas não queria correr o risco de usar a composição toda e, em cima da hora, não ter certeza de ter gostado. Apesar que as peças estavam tão bonitas que eu fiz isso só por segurança mesmo…

Aproveitei um passeio ao Sesc Pompéia para estrear as duas peças de uma vez e vi que daria certo usá-las na feira quando chegasse o dia. Essa é uma ótima coisa de se preparar com antecedência, né?!

Em outros tempos, eu teria considerado usar a blusa apenas por dentro da saia-calça para realçar a cintura. Mas com a minha piração mais recente por cores que me favorecem, achei que deixá-la por fora mostraria mais o azul do que o preto, além de ficar mais descontraído. Foi assim que eu fui à feira, aliás (o post sobre a Burda Expo está a caminho!).

Não sou muito de usar cores muito contrastantes com preto, por isso gosto muito de combiná-lo com azul. Desta vez não foi diferente, gostei bastante!

Opção 1: Look com a blusa por fora da saia calça.

Assim ficou mais descontraído e destacou bastante o azul da blusa!

Eu amei tanto essa blusa e a cor do tecido!

Opção 2: com a blusa por dentro da saia calça.

Assim ficou mais acinturado e arrumadinho!

Gostei também!

Preciso acrescentar um comentário sobre um outro detalhe handmade do look: os brincos. Os lindos Alex e Edu, da Montageart, fizeram exclusivamente para mim, depois que fiquei babando pelas peças da coleção Botânica que eles estão vendendo. Só que eu queria com um inseto que não fosse dourado, rs! Eles chegaram a esta linda combinação em tons de bronze, rosa e azul, tudo que eu amo! O par virou “o jardim de Katia Linden”, meu atual xodó!

Nem tenho mais o que comentar, só sentir amor pelos brincos, rs!

Recomendo muito conhecer a marca pelo Instagram, é uma lindeza atrás da outra! Tenho outras peças feitas por eles, sempre muito criativas, lindas e caprichadas!

Blusa com Pregas: Seda Jacquard Bicho (70% Algodão, 30% Seda) da loja Dona Dani (atual TexPrima), molde da revista Burda de Dezembro/2014.
Saia-Calça: tecido Bi-strech da GJ Tecidos (Centro – SP), molde da Pantacourt com transpasse da revista Burda de Agosto/2016, modificado por mim.
Espadrilles: Cervera
Brincos: Montageart

Gostou? Eu amei tudo!
Beijos e bom final de semana!

Por festas de fim de ano sem correria: planejando os looks!
Look do Dia: Xale de Crochê!
Katia Linden
Sou de São Paulo, publicitária de formação e várias outras coisas por admiração e escolha própria: tatuada, amante de música, viciada em Grey's Anatomy e Game of Thrones, esposa, dona de casa, ciclista, praticante de Pilates, costureira, modelista, consultora de estilo e (também, ufa) autora deste blog.
Sobre o Blog ⟩
Newsletter

Assine a minha newsletter e receba novidades exclusivas por e-mail!

Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Email inválido.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres. (Obrigatório!)
keyboard_arrow_right
close
Formação em Consultoria de Estilo!
Novidade: Livro “Costura Fácil” da Burda Style!