Top Posts de 2015!

Olá!
FELIZ ANO NOVO!

Uma das coisas que eu acho que sempre vale a pena quando um novo ano começa é ver o que aconteceu no ano anterior para dar continuidade, para melhorar, para mudar!

Se tem uma coisa que eu gosto de ver especialmente nesta época são as estatísticas do blog, pois através delas que dá para saber quais posts fizeram mais sucesso e assim conseguimos saber quais assuntos interessam mais para quem passa por aqui e procurar fornecer mais conteúdo nesse sentido.

Dentre os posts publicados no ano passado, os mais acessados foram estes (se você for novo por aqui, aproveite para conhecê-los!):

1. Minha máquina de costura – Singer Facilita Pró 4423 – 2 anos depois
Minha Novinha arrasando nos seus dois anos de uso (em algum meses vou tornar a avaliá-la)!

2. O que eu aprendi sendo gorda
O maior desabafo meu, super pessoal, que rendeu uma repercussão que eu não imaginava!

3. Minha máquina de overloque – Singer Ultralock 14SH754 – 1 ano depois
Tenho uma relação de amor e ódio com a minha Encantada, contei neste post como foi o primeiro ano com ela!

4. Moldes para Meninos
A Ana arrasou nessa coletânea de moldes para roupas de meninos!

5. Look do Dia: vestido com tênis!
O vestido feito para a virada do ano novo 2013/2014 que virou até hoje uma das minhas principais opções para o verão, usado com tênis e quimono (este último tem até tutorial!)

6. Meu ateliê: Mesa de Corte (e pesos para tecidos)
Adorei mostrar as soluções que tive para organizar o ateliê e a mesa de corte é um belo exemplo!

7. Look do Dia: Saia de Sarja!
Uma das peças mais versáteis que costurei no ano passado, uso muito!

8. Minha colcha de retalhos – progressos de dezembro e janeiro
Pois bem, minha colcha querida de hexágonos está parada há um tempo, mas em 2016 quero retomá-la e voltar a contar sobre ela!

9. Por que costurar as próprias roupas?
Um dos posts que mais gostei de escrever, pois costurar as próprias roupas é uma delícia e vale muito a pena!

10. Blog e Canal de vídeos “A costureirinha”
Nós adoramos dar dicas de outros blogs que acompanhamos e esta indicação fez sucesso!

Os posts de Costuras da Semana também sempre foram bastante acessados e eu adorava fazê-los! É que tenho tanta coisa para postar que fiz ultimamente que talvez eu volte com eles quando tudo estiver em dia, que tal? Me dá sua opinião?

Aliás, se quiser deixar aqui nos comentários que tipo de post te agrada mais (e menos também), assim como sugestões para novos posts, vamos adorar saber e vamos trabalhar suas sugestões!

Eu e a Ana estamos com todo o gás nesse novo ano, esperamos que vocês também!

Beijos e boas costuras!

A volta às costuras depois de um ano
Voltei a dar aulas! Primeira parada: Sesc Ipiranga
Visitando O Mercado de Estilistas Independentes do Rio!

Olá!

Se tem uma coisa muito difícil de acontecer comigo é programar uma viagem em função de fazer compras. Sim, em alguns momentos as compras podem acabar acontecendo, mas não sou o tipo de pessoa que viaja focada apenas em fazer compras, isso é o que eu quero dizer.

Mas na minha última ida para o Rio isso foi um pouco diferente. Estão pipocando pela cidade toda feiras e bazares muito legais com marcas pequenas (em tamanho, mas não em “interessância”) do Rio mesmo. Parecem ser bem diferentes dos bazares que eu estou acostumada a frequentar em SP, bem dirigidos a vender acessórios, coisas para a casa, decoração e artigos infantis. Normalmente tem pouquíssima roupa nos bazares que vou aqui em SP.

Como estou estudando aos sábados eu não tenho como ir visitar nenhuma destas feiras, vivo só babando pelas redes sociais. Mas uma destas feiras aconteceu durante o feriado de outubro e, já que o Senac emenda os feriados, eu estaria livre e poderia conhecer.

Começamos o dia de compras (rs) visitando a loja Felipa, no Leblon, especializada em alpargatas e espadrilles. A coleção que estava à venda era a coleção Piquenique, com bastante xadrez vichy e bordados de formiguinhas! Vivi Basile me apresentou à marca no nosso último encontro e eu não pude deixar de ir lá conferir, ainda mais nessa minha fase sem salto.

Comprei uma alpargata de tecido xadrez verde com bordado de formigas e um torrão de açúcar! Ela é linda e super confortável!

Alpargatas lindas, fofas e confortáveis!

Depois de almoçar por lá, seguimos para o bairro das Laranjeiras. Lá acontecia “O Mercado” de Estilistas Independentes, na sede do Fluminense. Como comentei, é bem diferente dos bazares que estou acostumada a ir em SP, lá a maioria das coisas à venda era roupa. O tema da edição que fui era Geek (amo) e também voltamos com algumas coisinhas bacanas para a casa.

O Mercado – visto de cima. E esse salão maravilhoso do Fluminense?

Porta lápis e canecas

Camiseta para mim e para o marido, foi difícil escolher a estampa, viu?

Vestido evasê com estampa moderninha e colar de fita e metal escuro.

Depois da feira, seguimos para a Barra, pois queria conhecer a loja física da Damyller que tem no Rio. A empresa é de Santa Catarina e tem lojas apenas no interior de SP. Andava namorando os jeans da marca há um tempo e queria ver se achava um shorts jeans de cintura alta, que não fosse mega curto, sem rasgos ou lavagens diferentonas. Não é que achei?

Amor em forma do shorts jeans perfeito!

Gostei tanto dos jeans e do preço que depois comprei uma calça jeans na loja virtual da Damyller com modelagem idêntica ao shorts. Mas esse será assunto para outro post… 😉

Eu prefiro investir meu dinheiro assim – com compras feitas cuidadosamente, preferindo produções nacionais e de pequenas empresas – do que pirar em Black Friday (que a gente sabe que aqui no Brasil infelizmente tem muita enganação e que às vezes as compras acontecem por impulso). E olha que tinha tanta estampa maravilhosa na feira que eu tive mesmo que me controlar para não trazer muitos vestidos novos para casa, rs!

O look escolhido para esta maratona foi este: fresquinho e super confortável. Minha regata de seda (que amassou na mala e foi desamassada com o calor do secador de cabelo do hotel, rs #causos), minha mini saia de sarja e alpargatas listradas. E qual não foi a minha surpresa ao me dar conta que eu tinha costurado tudo isso?

Regata: Tecido de seda comprado na Britex Fabrics (San Francisco). Molde Sorbetto – gratuito – da Colette Patterns.
Saia: Tecido de sarja com elastano comprado na loja Dona Dani (SP). Molde Arielle, da Tilly and the Buttons (Inglaterra).
Alpargatas: Tecido Cath Kidston (Londres), sola Prym (Berlin)

Enfim, este foi meu dia, meu look e minhas boas compras nesta viagem!

Espero poder visitar outras feiras do tipo em breve!
Beijos!

A volta às costuras depois de um ano
Voltei a dar aulas! Primeira parada: Sesc Ipiranga
Look do dia: Mochila de Patchwork!

Olá!
O meu sumiço durante a semana passada foi necessário para que eu pudesse dar um gás nos meus estudos de modelagem. Não cheguei perto do computador, só fiquei online pelo celular (ah, os meus trabalhos costurísticos diários estão no meu snapchat. Meu usuário é o katialinden, me adiciona lá!). Mas confesso que fiquei com muita saudade do blog e por isso estou aqui de volta!

Bom, continuando os posts mostrando projetos recentes prontos, aqui está a minha mochila de Patchwork em ação. Tenho usado toda semana pois cabe o meu material das aulas de alemão direitinho!

Eu não gosto de ficar trocando de bolsa toda hora então eu tenho uma que me acompanha para quase todo lugar que eu vou. Aí, para cada atividade fora de casa, tenho uma bolsa extra com os respectivos materiais: aula de Patchwork, aula de tricô e crochê, aula de alemão, aula de modelagem. Assim não deixo nada pra trás na troca de bolsas, para mim funciona! Enfim, esta é a mochila das aulas de alemão, rs!

Aproveitei a companhia do marido num passeio à Vila Madalena para fazermos fotos com ela. No dia estava vestindo a minha saia Arielle (mais looks com ela aqui), meu top cropped de moletom Astoria (mais looks com ele aqui) e minha jaqueta jeans que eu estou mega apegada desde que comprei. Eu uso muito esta saia e este top, combinando com outras roupas que tenho no armário. Sinal de que foram costuras muito bem acertadas!

Namorei uma jaqueta jeans por uns 6 meses e, como não esqueci da ideia, vi que a compra seria uma boa. Aliás, eu tenho comprado pouquíssima coisa ultimamente e, quando é para comprar, não é nada por impulso.

Vamos ao look?

O charme desta mochila fica por conta do trabalho em Foundation, que eu fiz usando a mesma estampa florida em cores diferentes. Era um pacotinho de retalhos que comprei em Londres faz tempo e estava guardado quase que intacto. Foi meio que um souvenir da viagem, pois o conjunto chamava English Roses, rs! Aí já viu, trouxe pra casa e esperei um projeto especial para usar estes retalhos. Tem mais fotos da mochila pronta aqui.

Mochila: Tecido verde nacional e tecidos floridos da John Lewis (Londres). Projeto da mochila feito nas aulas de Patchwork da Fonfinfan.
Top Cropped: Moletom cinza mescla comprado na Mediterrâneo (Bom Retiro – SP), molde Astoria da revista Seamwork de abril/2015 (EUA).
Saia: Tecido de sarja com elastano comprado na loja Dona Dani (SP). Molde Arielle, da Tilly and the Buttons (Inglaterra)
Jaqueta Jeans: GAP
Botas: Luiza Perea
Colar: Cath Kidston

No fim das contas, a mochila deu uma coloridinha no look mais neutro, eu gostei bastante!

Gostou?

Espero que sim!
Beijos!

A volta às costuras depois de um ano
Voltei a dar aulas! Primeira parada: Sesc Ipiranga
Katia Linden
Sou de São Paulo, publicitária de formação e várias outras coisas por admiração e escolha própria: tatuada, amante de música, viciada em Grey's Anatomy e Game of Thrones, esposa, dona de casa, costureira, modelista, consultora de estilo e (também, ufa) autora deste blog.
Sobre o Blog ⟩
Newsletter

Assine a minha newsletter e receba novidades exclusivas por e-mail!

Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Email inválido.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres. (Obrigatório!)
keyboard_arrow_right
close
Vencendo a minha maior resistência: vender!
Sobre Florescer em Pleno Inverno