A arte de Caetano de Almeida no Inhotim

Eu adoro ir a um museu, mas confesso que entendo pouco de arte contemporânea. Agora, se tem um lugar onde a arte contemporânea exerceu algum fascínio em mim, foi lá no Inhotim.

Estive lá por dois dias no ano passado e por mais dois dias agora em julho. Eu poderia fazer um post gigante sobre tudo o que me impactou nas duas visitas, mas quis destacar algumas obras que estão na Exposição “Por aqui tudo é novo”, inaugurada no ano passado na comemoração dos 10 anos do Inhotim.

Caetano de Almeida

As obras que me chamaram atenção são de Caetano de Almeida e formam lindas flores e folhas através da pintura com poluição (sim!) sobre tela ou papel e utilizando instrumentos de modelagem para formar as imagens. As curvas e esquadros que estamos acostumados a ver em nossos ateliês viraram obras de arte!

Consegui achar algumas obras do artista na Internet, pois não queria deixar de mostrar, achei lindo!

(clique em uma das fotos da galeria para ver em tela cheia!)

(Fonte: Galeria Luisa Strina)

Eu não tenho o costume de fotografar dentro de museus e afins, mas estas imagens eu queria compartilhar por aqui. Só que as obras estavam quase todas envidraçadas e, por conta do reflexo do vidro, não consegui captar algo que desse para ver direito… Ainda assim, aqui estão as obras com as curvas francesas pequenas que me encantaram!

É tão legal encontrar obras de arte com as quais a gente se relaciona e se encanta de cara, não é?! Eu adorei conhecer a obra de Caetano de Almeida e espero que ele continue produzindo peças lindas como estas!

Ah, esta exposição no Inhotim vai até setembro deste ano!

**Siga o blog com o Bloglovin **

A volta às costuras depois de um ano
Voltei a dar aulas! Primeira parada: Sesc Ipiranga
Viagem com Costura: Brooklyn (NY)!

Sabe um lugar que você visita e, antes mesmo de ir embora, já quer voltar? Assim aconteceu quando passei um dia no Brooklyn, em abril.

Estávamos hospedados em Manhattan (no Meatpacking District) e o tempo não estava nenhuma maravilha… Quando vimos que no domingo estaria sol (o único dia, aliás), resolvemos que este seria o dia de ir para o Brooklyn!

Quando estivemos em NY pela primeira vez, atravessamos a Brooklyn Bridge à pé, no fim da tarde. Mas, ao chegar do outro lado, não tínhamos pesquisado nem programado nada e apenas acabamos caminhando de volta, rs!

Desta vez tinha que ser diferente, né?!

Passeio pelo Brooklyn

Confesso que não chegamos cedo do outro lado pois aproveitar um bom brunch de domingo também fazia parte da programação, ainda em Manhattan. Depois de estarmos de barriguinha cheia e com umas mimosas na cabeça (rs), iniciamos o nosso passeio.

Atravessar a Brooklyn Bridge à pé pode até ser clichê, mas vale a pena pelo visual! Como muita gente teve a mesma ideia que nós – de aproveitar o domingo de sol para fazer o passeio – a única coisa é ter paciência na hora de fotografar, já que tinha muita gente por todos os lados, rs!

A caminhada pelo Brooklyn incluiu a região do Dumbo, onde dá pra tirar aquela foto bapho do Empire State “emoldurado” pela Manhattan Bridge, o mercado de pulgas do Brooklyn (na Manhattan Bridge também, onde compramos dois pôsteres fofos e – por estarem na vidraçaria para colocar moldura nos últimos dias é que este post atrasou, rs).

Seguimos pelos parques entre a Brooklyn Bridge e a Manhattan Bridge, uma delícia! Lá deu até vontade de fazer look do dia, com a minha inseparável jaqueta bomber florida!

Passeio Craft

Seguimos à pé até chegar à Brooklyn General Store, recomendação da querida Vivi Basile. Caso queira poupar um tempinho, acho que também dá para ir de metrô. A loja é linda por dentro e por fora! Uma ótima seleção de tecidos e de lãs também (e olha que o verão já estava chegando por lá)! E este passeio todo só foi possível em um domingo porque a loja estava aberta, oba!

Como já tinha comprado alguns tecidos nas andanças das férias, resolvi comprar esta camiseta linda em algodão orgânico, um alfineteiro feito de lã e duas meadas da lã Rasta, da Malabrigo (a minha preferida)!

“O amor está no fazer”

Depois de ser super bem atendida na loja, prosseguimos com o passeio nesta parte do Brooklyn (Cobble Hill), onde tomamos um super sundae na Brooklyn Pharmacy & Soda Fountain. Aliás, sugiro dividir com alguém, pois é gingante! O local segue o mesmo jeitinho da loja de tecidos e afins, mantendo toda uma estrutura de uma antiga farmácia, muito fofa!

Terminando o passeio em grande estilo

Pegamos um metrô para voltar à região de Williamsburg. Chegamos ao anoitecer, então ficamos sem passear por esta região que parece ser super legal! Ou seja, é motivo para voltar um dia!

Seguimos para o nosso destino final no Brooklyn, um bar no rooftop do hotel Wythe, com uma vista linda para Manhattan! Fora a espera do lado de fora com um vento congelante, foi tudo ótimo! E a caminhada do metrô para o local permitiu apreciar um lindo por do sol!

E, depois deste dia tão gostoso, fomos embora com vontade de voltar!

Eu amei conhecer o Brooklyn!

_____
INFORMAÇÕES:

Brooklyn General Store
128 Union St, Brooklyn
NY, 11231, EUA
Site

A volta às costuras depois de um ano
Voltei a dar aulas! Primeira parada: Sesc Ipiranga
Look do dia: Blusa de Seda com Babados!

Sim, eu sei… Agora não é o melhor momento para costurar uma blusa levinha de seda, já que estamos com o inverno batendo na nossa porta!

Mas eu não consegui não comprar um crepe de seda com a estampa de insetos mais linda num fundo nude rosado, lá em San Francisco (post aqui).

Na hora vi que teria um bom projeto para ele, o molde da blusa Farrah, da Chalk & Notch. Tinha visto várias pessoas que sigo no Instagram com suas versões da blusa ou vestido (não esquecendo que é primavera no hemisfério Norte) e só sosseguei quando fiz uma blusa para mim na volta das férias. Sinal de que a compra do tecido – provavelmente o mais caro da minha vida – foi acertada!

Ao fazer uma peça como esta é que concluo o quanto é importante saber combinar o tecido ideal com o projeto ideal. A blusa ficou tão bonita que eu queria era usá-la todos os dias! É uma daquelas peças que tenho orgulho de ter feito, sabe?!

A blusa de seda

O modelo é mais ajustado na parte de cima do busto, na região de entrecavas, e mais soltinha embaixo. Achei que ficaria uma blusa muito solta, mas ficou na medida que eu gosto!

Alguns detalhes deixam a peça bem bonita:

Frente

Mangas trabalhadas para formarem babados, eu escolhi fazê-las forradas com o mesmo tecido, para dar um bom acabamento à seda.

Aqui dá pra ver bem o tecido, amor total!

Acabamento da lateral com um recorte finalizado em viés.

Barras de alturas desiguais, com aberturas laterais.

Costas

Nas costas, poderia ter franzido esta parte de cima, mas segui a sugestão do projeto em substituir o franzido por uma prega. Ficou bem delicado!

Look do dia

Como o outono é um pouco inconstante, como toda meia-estação, esperei um dia mais quentinho para poder sair por aí com a blusa linda sem ter que colocar nada por cima dela.

Completei com a minha mini saia de malha justinha e os inseparáveis tênis prateados para passear com o marido em um domingo.

Blusa: crepe de seda italiano da Britex Fabrics (San Francisco), molde de blusa/vestido Farrah, da Chalk & Notch (eu fiz a versão A da blusa).
Mini Saia: Malha Suit Wall comprada na Texprima (SP), molde Mabel da Colette Patterns (EUA). Mais fotos da saia aqui.
Tênis: All Star

Gostei muito da combinação, a blusa deu um toque especial a um look que tinha tudo para ser mais básico. Tenho certeza que ela ficará igualmente bonita em um look mais arrumadinho também! Como é bom ter mais uma peça especial no armário handmade!

Look do Dia: Blusa de Seda!
Look do Dia: Regata de Seda!
Katia Linden
Sou de São Paulo, publicitária de formação e várias outras coisas por admiração e escolha própria: tatuada, amante de música, viciada em Grey's Anatomy e Game of Thrones, esposa, dona de casa, costureira, modelista, consultora de estilo e (também, ufa) autora deste blog.
Sobre o Blog ⟩
Newsletter

Assine a minha newsletter e receba novidades exclusivas por e-mail!

Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Email inválido.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres. (Obrigatório!)
keyboard_arrow_right
close
Vencendo a minha maior resistência: vender!
Sobre Florescer em Pleno Inverno