Look do Dia: Xale de Crochê!

Quando a Ana postou o xale vírus que ela fez (post aqui), além de também achar o nome muito curioso, fiquei doida de vontade de fazer um para mim. Pensei em usar como um xale/lenço para a meia estação!

Escolhendo o material

Seguindo a preocupação da Ana em achar bons materiais nacionais para fazer a peça, peguei a minha famosa cartela de cores e fui para o armarinho.

Escolhi o fio Esterlina 5 por ser de melhor qualidade, um fio de algodão egípcio merceirizado da Coats. Comprei quatro novelos, em dois tons de azul.

Sim, eu levo minha cartela de cores para o armarinho!

Fazendo o xale

Como a própria Ana explicou no post dela sobre o xale vírus, além do gráfico, quem criou o xale o explica em uma sequência de vídeos. Até chegar no último, já tinha decorado a receita, então nem cheguei a acompanhar o gráfico.

Os vídeos estão em inglês, mas se você já tem alguma noção do crochê, acho que vai conseguir reconhecer os pontos. Aliás, este efeito lindo é conseguido com os pontos mais simples do crochê: ponto alto, ponto baixo, correntinha e só!

Usei quase dois novelos de cada tom de azul, que fui intercalando à medida que eles terminavam. Cuidei apenas para que os desenhos ficassem completos antes de trocar de cor. Usei agulha 2,20mm, lembrando que meus pontos são apertados e no rótulo do fio indica usar agulha 1,75mm a 2mm.

Como o projeto original não indica um tamanho para a peça, usei o meu lenço de veludo como referência.

Tamanho ideal!

Foi muito gostoso fazer este xale! Em momentos como esse que eu lembro o quanto eu amo fazer crochê! Enquanto fazia maratona de “O Tempo Entre Costuras” (tem post sobre a série aqui!) e da segunda temporada de “Stranger Things”, o xale tomou forma!

Acabamentos e o xale pronto

Achei que o xale merecia um pouco mais de acabamento, pois no projeto não tem indicação nenhuma a respeito. Fiz uma carreira de ponto baixo na volta toda, bem simples, mas que arrematou direitinho principalmente a borda mais larga, onde começava cada carreira.

Ponto baixo em toda a volta.

Usando a mesma ideia do lenço de veludo da La Droguerie (fiz também um de algodão, este aqui), saí em busca de pingentes e contas grandes para colocar nas pontas. Os melhores materiais que consegui encontrar na região da 25 de março foram estas contas grandes de vidro e estes pingentes prontos (que queria que fossem mais gordinhos, mas ok).

Agora sim, finalizado!

Look do Dia

Aproveitei para usar o xale em um desses dias em que o tempo está mais fresquinho em SP, por cima de um vestido de malha que estou amando por causa das cores e dos recortes, além do comprimento midi que está cada vez mais presente em meu armário.

No fim das contas, o xale ficou “emoldurado” pelo recorte azul mais escuro do vestido, adorei!

Xale de Crochê: projeto do xale Vírus, da Woolpedia (em inglês). Usei quase 4 novelos da linha Esterlina 5, da Coats, nas cores 040 e 140 e agulha 2,20mm.
Vestido: Alcaçuz
Tênis: Adidas
Brincos e anel: Camila Klein

Eu amei fazer o xale!
Só tinha peças do tipo para o frio, então ficou bem diferente do que eu tenho no armário!

Aventuras em crochê: fazendo o xale vírus!
Por festas de fim de ano sem correria: planejando os looks!
Aventuras em crochê: fazendo o xale vírus!

Essa semana encontrei vários xales no instagram com um nome muito curioso: vírus!

Fonte: https://www.instagram.com/explore/tags/virusschal/

Isso mesmo, achei o nome muito estranho. Mas, desde o primeiro que vi, fiquei apaixonada e com muita vontade de fazer um para mim.

Escolhendo o fio

Sou iniciante no crochê e apanho demais para fazer, mas esse xale foi um daqueles projetos irresistíveis, então fui até a 25 de março para comprar um fio para esse projeto.

Uma das coisas que mais me chamou atenção neste projeto foram as cores… que coisa mais linda usar a linha matizada ou, melhor ainda, misturar fios de diferentes cores fazendo um projeto único!

Fui para a loja com essa intenção, encontrar alguns tons e combiná-los, mas tenho que ser a chata e desabafar com vocês: temos muito poucas opções de cores e qualidades de fios aqui no Brasil. Não que eu conheça muito dos fios no exterior, mas pelos projetos que mostrei acima dá para der uma clara idéia da diversidade de cores, né?

Além disso, dá para reparar no brilho e na finalização dos trabalhos, isso aponta a qualidade, ao menos na minha opinião.

Como não encontrei os quatro tons que gostaria, resolvi comprar um fio matizado em verde – Dois novelos da linha Anne 500, da Círculo, na cor verde mesclada nº 9392 – e começar o projeto.

Fazendo o xale vírus, de crochê

Buscando na internet, descobri que existem muitos, milhares de projetos do xale vírus, inclusive um tutorial em 5 vídeos para canhotos (tem para destros também!).

Comecei a assistir e adorei, é super bem explicado. Como vai devagar, consegui ir acompanhando (e pausando, claro!) e fazendo o meu.

Mas eu me perco muito no crochê, errei uma centena de vezes e desmanchei outra centena. Foi aí que comecei a ficar chateada com o fio… ele vai ficando feio, perdendo o brilho de tanto desmanchar e crochetar de novo.

Depois de pegar o jeito da receita (esta aqui), decidi parar de ver o vídeo e tentar seguir o gráfico, aí me dei muito melhor.

Gráfico do xale vírus

Talvez seja porque treinei muito com o vídeo, mas preferi e me dei melhor com o gráfico.

Salvei no celular e levo o projeto na bolsa para todo lado, não vejo a hora de terminar e usar!

Claro que já estou pensando em fazer outro, com vários fios mais especiais, mas isso fica para uma próxima vez!

Por festas de fim de ano sem correria: planejando os looks!
Look do Dia: Xale de Crochê!
Katia Linden
Sou de São Paulo, publicitária de formação e várias outras coisas por admiração e escolha própria: tatuada, amante de música, viciada em Grey's Anatomy e Game of Thrones, esposa, dona de casa, ciclista, praticante de Pilates, costureira, modelista, consultora de estilo e (também, ufa) autora deste blog.
Sobre o Blog ⟩
Newsletter

Assine a minha newsletter e receba novidades exclusivas por e-mail!

Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Email inválido.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres. (Obrigatório!)
keyboard_arrow_right
close
Formação em Consultoria de Estilo!
Novidade: Livro “Costura Fácil” da Burda Style!