Últimos Looks do Me Made May 2016 (#mmmay16)!

Olá!
E não é que chegamos em junho? Além de quase metade do ano já ter passado, significa também que o Me Made May deste ano também terminou. Mais uma vez fiquei feliz por ter participado e, depois de mostrar os últimos looks handmade, conto as minhas conclusões!

Dia 17: Para um dia normal de trabalho em casa, usei meu macacão comprido de algodão. Post sobre ele aqui.

Dia 18: Era para ser apenas uma foto com um dos meus vestidos favoritos (fora de casa eu estava também de lenço e casaco). Aí Luke fofinho resolveu aparecer também!Post sobre o vestido Laurel aqui.

Dia 19: dia de afazeres domésticos, sem look para mostrar, rs!Dia 20: dia de combinar o cabelo novo com a saia nova (e mto querida)!A saia Mabel em breve vai ter um post para ela, mas já mostrei um pouco aqui.

Dia 21: para um sábado calmo de outono, uma blusa cropped handmade!Post sobre o meu terceiro top cropped Astoria aqui.

Dia 22: um dia sem roupa feita por mim para mostrar, mas com o viés da minha colcha de Patchwork finalizado! Está pronta! (Em breve vai ter post especial sobre o meu quarto, aguarde!)

Dia 23: um dia com imprevistos para resolver e sem roupa feita por mim também…Dia 24: dia produtivo no ateliê, com o ajuste da gola de uma blusa querida e a costura de um Patch especial na jaqueta jeans!

Dia 25: finalmente eu consegui vestir em SP esta blusa de tricô que fiz no ano passado! Post sobre a blusa de tricô aqui.

Dia 26: noite de boliche com os amigos e minha camiseta de couro sintético.Post sobre ela aqui.

Dia 27: combinei duas peças que amo mas que nunca tinham sido usadas juntas! Gostei! Post sobre o macacão jeans aqui e sobre a camisa de seda aqui.

Dia 28: para receber amigos queridos em casa, minha saia lápis de couro sintético e top Coco de malha. Gostei da combinação das cores!Post sobre a saia aqui e sobre o top Coco de malha aqui.

Dia 29: para o almoço de domingo com o marido, vestido de viscose e jaqueta jeans que recentemente ganhou um Patch. Vamos ter post de look do dia para mostrar mais detalhes!

Dia 30: Mais um dia sem look para mostrar, usei apenas roupas esportivas.Dia 31: encerrando o mês sem glamour mas com o conforto da calça de pijama de algodão handmade.Post com mais imagens da calça de pijama Margot (do livro da Tilly and the Buttons) aqui.

Conclusões sobre meu armário handmade

Consegui cumprir o que eu tinha proposto no início do desafio: usar roupas feitas por mim com combinações variadas. Procurei não repetir peças (a única peça que fiz e repeti foi o macacão jeans, com outras blusas combinadas com ele). Ao longo do mês usei 29 peças que eu fiz ou customizei… E olha que tem bem mais no armário, uau!

Não cheguei a produzir nenhuma peça nova em maio, já que trabalhei mais na minha blusa de tricô e na minha colcha de Patchwork, com isso tive tempo de repensar a minha “fila” de projetos e direcionar as próximas produções para itens que usarei mais no inverno.

As peças campeãs de uso foram as que eu fiz a modelagem (acabam sendo um xodó extra, né?!) e o que veio da Colette Patterns (tanto os moldes comprados no site, quanto da revista Seamwork e um livro que eu tenho). Outras boas fontes de projetos foram a revista Burda e o site Tilly and the Buttons. Acho bom ver por esse aspecto, sabe?

Sobre os tipos de peças, eu ainda uso bastante vestidos, mas tenho procurado variar mais com peças separadas. Por isso tenho nos meus planos fazer mais calças e blusas (porque na parte de saias eu acho que está ótimo o que já tenho).

Deu para ver que continuo usando muito tênis, mas com a chegada do frio, as botas – com salto ou sem – estão saindo do armário, oba!

Os dias que eu “furei” é porque estava com roupas esportivas e eu nunca produzi uma peça sequer deste tipo. Algo para pensar para o futuro!

E a melhor conclusão de todas: ter um armário handmade é possível e super gratificante!
Que venha o Me Made May 2017!

Beijos!

9 Anos de Blog!
Reflexões durante o covid, Get Back e um coração em paz.
Primeiros Looks do Me Made May 2016 (#mmmay16)!

Olá!
Quem está sempre por aqui deve ter percebido uma ausência de novos posts nos últimos dias, não é?! Bom, primeiro uma viagem de férias muito emocionante mas em que fiquei praticamente sem internet (logo menos a viagem será contada aqui no blog). Depois, na volta, uma série de acontecimentos por aqui me deixou longe do computador. O que importa é que tudo está se resolvendo e aqui estou de volta!

Para retomar a rotina habitual de posts (que eu amo manter, aliás), hoje é dia de mostrar os look dos primeiros dias do Me Made May deste ano. Contei sobre este desafio aqui.
Neste ano eu quero usar novas combinações para as minhas peças handmade, estou também procurando não repetí-las ao longo deste mês exatamente para colocar mais peças em uso e, assim, usar algo que esteja parado ou que eu sempre uso da mesma forma.

Vamos aos looks? Para ver mais detalhes e informações das peças que eu costurei, coloquei os links para os respectivos posts!

Primeira semana

Dia 1 – Último dia do festival de New Orleans (olha o spoiler dos posts futuros, rs). Estava calor e chovendo, então fui de macacão curto e levinho com botas de plástico.Post sobre o macacão aqui.

Dia 2 – Look para ir embora para casa: camiseta, legging, tênis e casaco, tudo bem confortável!Post sobre a camiseta de malha de viscose aqui.

Dia 3 – De volta a SP, no último dia de férias e finalmente aproveitando o outono.Saí com meu vestido de moletom e apliques de renda, tênis e jaqueta jeans.Post sobre o vestido de moletom aqui.

Dia 4 – Era para ser apenas um dia de volta às aulas, mas não foi bem assim, rs! (Por isso a minha cara meio acabada…)De qualquer forma, usei a camiseta que eu troquei o viés faz tempo e a minha jaqueta bomber.Post sobre a camiseta aqui e sobre a jaqueta bomber aqui.

Dia 5 – Para resolver problemas na rua (rs), vestido de malha de rayon e tênis.Post sobre o vestido Wren aqui.

Dia 6 – Confesso que estava totalmente sem ideia do que vestir nesse dia. Aí repeti o look “sucesso” do último Lollapalooza com macacão jeans, camiseta de manga comprida e lenço de algodão.Post com detalhes deste look todo aqui.

Dia 7 – Para passar o dia com uma das minhas pequenas (só consegui fazer a foto na volta do passeio, por isso estou tão amarrotada, rs), minha blusa Taffy de laise e minha pantalona de linho com viscose.Post com a blusa aqui e sobre a calça aqui.

Dia 8 – Look fofo para o almoço de dia das mães em casa: top cropped de moletom, saia evasê com prega e sapatilhas, eu gostei!Post sobre o top cropped aqui e sobre a saia Vivi aqui.

Segunda semana

Dias 9 e 10 – Foram dois dias em que acabei não usando nada que eu fiz, mas os trabalhos handmade continuaram por aqui (na foto, uma das mangas da minha blusa de tricô em progresso).

Dia 11 – Finalmente um dia normal de aulas (com direito a uma prova “básica” de alemão)! Para a jornada de estudante, minha querida saia de sarja Arielle (post sobre ela aqui).

Dia 12 – Mais um dia de afazeres domésticos, quando acabo usando roupas “das ginásticas”…O ponto alto do dia foi que retomei a colcha de Patchwork que comecei no ano passado, agora só sossego quando terminá-la!

Dia 13 – Para um cinema e jantar com o marido, minha amada blusa de crepe de seda. Não via a hora de usá-la de novo! Post sobre a blusa aqui.

Dia 14 – Para uma pizza em família, vestido curtinho de malha com legging, bota e casaco.Post sobre o vestido Coco em malha de algodão aqui.

Dia 15 – Domingo relax com vestido, jaqueta jeans e tênis. Post sobre meu vestido Monetta de malha aqui.

Dia 16 – Ontem foi um dia bem caseiro, sem look handmade, mas com os trabalhos da colcha prosseguindo. Estou terminando a colcha, finalizando o viés com pontos à mão.

Primeiras conclusões sobre minhas peças handmade

O que eu percebi até agora é que estou usando menos vestidos do que eu usava em outros tempos, tanto que estou evitando fazer outras peças do tipo há um tempo. As cores andam bem dentro daquela cartela de cores que escolhi no ano passado (post aqui), mas vesti um pouco de rosa em dois dias e eu gostei! Ajuda muito pensar nas cores na hora de combinar as peças, fica mais fácil, sabe?

Outra coisa importante nos tempos atuais é que eu vivo sem salto, estou praticamente de tênis o tempo todo. Os meus tênis nem sempre são básicos, mas são maravilhosamente confortáveis. Então, preciso considerar o item “calçado baixo/tênis” ao pensar nas costuras futuras ou como aproveitar bem o que teu já tenho no armário, já que ando muito feliz com eles!

Gostou dos looks?Ainda temos praticamente metade do desafio pela frente, continuo animada!
Beijos!

9 Anos de Blog!
Reflexões durante o covid, Get Back e um coração em paz.
Look do dia: Macacão, camiseta e lenço para o Lollapalooza!

Olá!
Depois da zoeira do primeiro dia de Lollapalooza, eu resolvi apostar em algo mais tranquilo para o segundo dia. Explico: eu descuidei do protetor solar no dia anterior e fiquei com os braços e o colo queimados de sol (erradíssimo, eu sei…), não estava calor e a chuva que não caiu no primeiro dia de festival acabou caindo no segundo, mesmo que no finalzinho.

Look do dia

Acabou que eu escolhi peças feitas por mim e que já apareceram aqui no blog, mas quis mostrar a combinação para vocês mesmo assim. Por conta dos óculos e do batom, ficou tudo bem colorido!

Camiseta: malha de viscose e elastano – visco flamê – comprada na Mediterrâneo (Bom Retiro), molde gratuito da camiseta Plantain, da Deer and Doe (França)
Macacão: jeans escuro comprado na Niazi Chohfi (25 de março), ferragens compradas e colocadas no Bazar Mimura (Santo Amaro). Molde: Turia Dungarees da Pauline Alice (Espanha).
Lenço: kit com material e projeto La Droguerie (França)
Tênis: Farm para Adidas
Óculos: Ray Ban

Mulheres Inspiradoras


Dos shows que assisti neste segundo dia de festival, os que eu mais amei foram do Alabama Shakes (que assisti pela primeira vez no Lolla de 2013 e pirei) e de Florence + The Machine (que também já tinha assistido ao vivo antes). Ter visto outros shows das duas bandas só me deixaram com mais expectativa e, felizmente, não decepcionaram!


Mulheres maravilhosas E que tocam guitarra: amo!


Vamos nos abraçar, Florence?

Foram shows perfeitos, com músicas lindas e aquela energia super contagiante, sabe? E ter essas mulheres maravilhosas a frente destas bandas (sendo que Florence fechou o festival) é muito inspirador!

(Fora que aquele fundo brilhante do show da Florence era muito incrível!)

E assim que mais um Lollapalooza terminou. Esperando desde já pelo próximo!

Gostou?
Espero que sim!

Beijos!

9 Anos de Blog!
Reflexões durante o covid, Get Back e um coração em paz.
Katia Linden
Sou de São Paulo, publicitária de formação e várias outras coisas por admiração e escolha própria: feminista, mãe de cachorros, tatuada, amante de música, viciada em Grey's Anatomy, costureira, modelista, consultora de estilo e (também, ufa) autora deste blog.
Sobre o Blog ⟩
Newsletter

Assine a minha newsletter e receba novidades exclusivas por e-mail!

Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Email inválido.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres. (Obrigatório!)
keyboard_arrow_right
close
Um manifesto para 2022
Vencendo a minha maior resistência: vender!