Costuras da Semana!

Olá!

Na semana que passou eu não tive aula de costura, então meu vestido verde não progrediu muito… Ainda assim, fiz a lição que trouxe pra casa: fechei as pences, as laterais e os ombros do vestido, cortei e fechei o forro de cetim nos mesmos pontos e fiz algumas alterações no molde. Como o vestido terá mangas e será forrado, vai acabar sendo uma peça mais quentinha, boa para usar no frio que está chegando, oba!

Vestido ficando com cara de vestido!

A blusa que eu e a Ana começamos na semana anterior ficou parada pois não conseguimos nos juntar para continuá-la. Como rolou aquele sofrimento todo na hora de cortar o tecido e um newsletter muito bom sobre o assunto chegou nesta semana, trabalhamos a 4 mãos para absorver as novidades e transformar num post que vai entrar aqui no blog amanhã (aliás, muito obrigada, miga!).

A maior novidade da semana é que eu comecei o meu curso de Patchwork. Adorei a primeira aula e também o fato de ser aqui pertinho de casa! Sim, o ateliê Fon Fin Fan é praticamente um oásis no deserto costurístico da região do Autódromo! Lembra do post em que eu contava o problema todo de não ter material pra venda por aqui (isso continua) e também a sensação de achar que mais ninguém costurava no bairro? Acabou!

Na primeira aula eu recebi meu material contendo um pouco da história das técnicas de Patchwork e Quilting, esquemas para a composição dos primeiros tipos de bloco (usando quadrados e retângulos) e já iniciei o primeiro projeto: fazer o primeiro bloco que será incorporado a uma bolsa, usando os materiais que eu já tenho em casa (ótimo, tô mesmo precisando “desovar” um pouco dos meus tecidos, rs!)

Materiais impressos.

Primeiros quadrados de tecido em 3 estampas diferentes na disposição certa para serem costurados.

Primeiro bloco quase pronto no fim da primeira aula. Falta só unir as três “linhas” que estão formadas.

Então nesta semana o vestido deve progredir mais um pouco e a bolsa em Patchwork também. Se eu e a Ana conseguirmos nos juntar, a blusa tb vai dar mais um passinho. E meu cantinho de reparos está bem cheio, alguns são meio que urgentes, preciso dar um jeito neles também!

Ah, você viu a novidade aqui no canto superior esquerdo?

Agora o blog tem uma página “Sobre“!
Tava sentindo falta de colocar uma apresentação pessoal, contar porque este blog existe, porque tem este nome e deixar este conteúdo em local fixo!

Espero que goste!

Por último, mais uma orquídea nasceu de um dos vasos que ficam na janela do meu quartinho.
Fiquei muito contente com a surpresa ao abrir a janela hoje!

Quartinho florido de novo!

Beijos e ótima semana com feriado no meio!

Reflexões durante o covid, Get Back e um coração em paz.
Meus 10 anos de costuras – um giro por 2018
A louca dos tecidos

Já faz um tempo que eu percebi isso, mesmo assim não consegui controlar por completo: comprar tecidos em velocidade maior do que eu consigo costurá-los. Alguns foram comprados em viagens recentes nas quais eu não queria perder a oportunidade, mas outros são nacionais e mais acessíveis.

O mais engraçado é que ao separar dois tecidos novinhos para um projeto que estava parado (e eu tenho vários, que medo!), eu comecei a perceber que não só eu tenho muito tecido parado pro meu gosto como eu sigo alguns padrões:

* A mania do azul, cor clássica, linda e eterna, me perseguiu por 2012 inteiro e ainda deixa resquícios:

Algodão estampado Liberty, algodão japonês estampado comprado na Paulínia e popeline com estampa de Paisley da Liberty

* Pra deixar de comprar tecido azul, passei a comprar tecidos vermelhos e vermelhos com pink (na foto parece tudo vermelho, nhé…):

Algodão para Patchwork com estampa floral vermelha da FabriQuilt, algodão com estampa floral da Liberty, algodão vermelho liso nacional, algodão com estampa de sakuras da Liberty.

* Não contente, juntei uns verdes pelo caminho:

Chiffon verde/azul petróleo da GJ, algodão verde estampado importado, crepe verde da GJ e algodão estampado de plantas Liberty

O que me aliviou é que ao olhar pra todos eles mesmo depois de um tempo que foram comprados, nenhum causou arrependimento. Outra coisa boa foi ver que eles podem ser coordenados entre si, o que pode ajudar a aproveitá-los melhor.

O verde com motivos pequenininhos ia pra um dos vestidos que tenho o molde esperando. Por causa da largura menor (1,15m) não vai rolar. Procurei outra opção e o pink e vermelho com sakuras passou raspando, mas usando o vermelho liso no mesmo projeto, vai dar certo!

Alguns foram comprados pra serem usados quase que imediatamente, então não me preocuparam.
O crepe verde liso já está virando vestido na aula de costura e o verde (ou azul?) petróleo já foi cortado e vai virar uma blusa.

Como tenho planos de começar a fazer aulas de Patchwork em breve, comecei a juntar aqueles conjuntinhos de pequenos cortes de tecidos coordenados:

Conjuntos comprados no 7o Brazil Patchwork Show

Acima, conjunto de retalhos English Roses da John Lewis e conjunto de lona de algodão Cath Kidston, comprados em Londres. Abaixo, conjunto de tricoline do Fernando Maluhy

Estou com dó de cortar os tecidos dos conjuntinhos que comprei em Londres (por quê, meu Deus?!). Mas é só eu encontrar o projeto certo pra cada um eles que a tesoura vai trabalhar bastante!

Detalhe: note que a pessoa só compra praticamente motivos florais. Hahahaha!

Os tecidos novos cabem todos em uma caixa organizadora grandinha, os conjuntos para Patchwork estão lá também. Os retalhos estão em duas caixas menores. Pra uma pessoa só costurar, eu acho bastante, mas tenho pensado bastante em forma de conseguir dar conta deles antes de comprar outros.

Continuar a procurar uso para os tecidos e projetos parados em 3… 2… 1!!!

Beijos e ótimo final de semana!

9 Anos de Blog!
Reflexões durante o covid, Get Back e um coração em paz.
Katia Linden
Sou de São Paulo, publicitária de formação e várias outras coisas por admiração e escolha própria: feminista, mãe de cachorros, tatuada, amante de música, viciada em Grey's Anatomy, costureira, modelista, consultora de estilo e (também, ufa) autora deste blog.
Sobre o Blog ⟩
Newsletter

Assine a minha newsletter e receba novidades exclusivas por e-mail!

Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Email inválido.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres. (Obrigatório!)
keyboard_arrow_right
close
Um manifesto para 2022
Vencendo a minha maior resistência: vender!