Ferramentas de Costura: Marcadores de Margem!

Nada como voltar a costurar para movimentar o blog, né?! Depois de retomar as costuras com o vestido de malha com nesgas que mostrei semana passada, vi que era a oportunidade de estrear algumas ferramentas de costura que estavam esperando para aparecerem por aqui.

Uma barra curva e reta ao mesmo tempo

Com um vestido com barra um tanto quanto extensa para fazer, curva por conta das nesgas alternadas com as partes retas do vestido. Achei que era uma boa hora de testar duas réguas para marcar margens de costura!

Desafio: barra com curvas e retas para marcar.

Marcadores de margens

Eu trouxe estes dois marcadores de margens da última viagem aos EUA. Comprei ambos na Amazon.

Marcador Clover (verde, de plástico) e marcador Dritz (preto, de metal).

O marcador da Clover é de plástico, com escala apenas em polegadas, guias mais largas e extremidade vazada para fazer circunferências.

O marcador da Dritz é de metal, com escala em polegadas e centímetros, guias mais estreitas (e uma delas é de plástico).

Marcador da Clover

O marcador da Clover, mesmo sendo de plástico, é bem firme. Gostei bastante. Por ter a escala apenas em polegadas, acabo ajustando a medida com a fita métrica ou uma régua em centímetros.

Por outro lado, a vantagem de ter as guias mais largas ajuda muito para o uso em faces retas. Para fazer as marcações mais curvas que eu precisava, já não se mostrou tão prática, como é possível ver na segunda imagem.

Acabei usando mais esta régua nas partes retas que eu precisava marcar.

Quando comprei na Amazon americana, paguei US$ 8.39 (cerca de R$ 29,00 atualmente. Encontrei como “Clover 5 In 1 Sliding Gauge with Nancy Zieman” no site). Acredito que o valor seja maior que o da Dritz, mesmo sendo de plástico, por ter mais funções e também por levar a assinatura de Nancy Zieman, que parece ser famosa no meio das costuras nos EUA.

OBS: Existe um marcador muito similar a este à venda no Brasil, da marca Westpress. Você pode encontrá-la como “Régua multi funcional 5 em 1”. Quando pesquisei na última Mega Artesanal, o valor girava em torno de R$ 50,00.

Marcador da Dritz

O marcador da Dritz é de metal, portanto é muito estável. Tem a escala em centímetros e também em polegadas, o que ajudou a ajustar mais rapidamente na medida que eu precisava.

As guias são bem mais estreitas que na régua da Clover, o que ajudou muito a marcar as partes mais curvas da barra. Mesmo tendo a guia ajustável de plástico, achei o material bem firme, não prejudica em nada o uso.

Também possui algumas fendas a cada polegada, o que pode ajudar em outras marcações, mas ainda não usei desta forma.

Quando comprei na Amazon americana, paguei US$ 5.00 (cerca de R$ 17,00 atualmente. Encontrei como “Dritz Sewing Gauge” no site). Eu ainda não vi este marcador à venda por nossas bandas, mas se eu encontrar em algum momento, atualizarei o post!

Qual é o melhor?

Ambos marcadores são ótimos e serão adequados a diferentes funções! Normalmente eu prefiro os materiais mais duráveis como o metal, mas as funções do marcador feito de plástico compensaram o investimento também!

Gostou do post? Logo menos vai ter mais ferramentas de costura por aqui!

Ferramentas de Costura – Fita métrica e réguas
Ferramentas de Costura – Guia de Costura
Ferramentas de Costura – Fita métrica e réguas

Olá!

Para este novo post sobre ferramentas de costura, o assunto é a medição. São poucas coisas (ou praticamente nenhuma) que conseguem ser costuradas sem ter que tomar alguma medida. Então, precisamos ter instrumentos de medição à mão quase que o tempo todo!
Neste post eu conto os que eu tenho em casa e como tenho usado. Vamos lá?

1. Fita métrica

Acredito que seja o mais versátil deles, por ser flexível e portátil. Enrolou, está pronta para ser levada em um kit de costura para qualquer lugar. É imprescindível para tirar as medidas do corpo para fazer roupas e serve em tantos outros casos. É importante que ela seja de material resistente e que tenha as pontas de metal. Até um tempo atrás eu não sabia para o que estas pontas serviam, até que a mestra Isa mostrou para mim que com ela podemos traçar curvas facilmente, por exemplo. É só furar onde está vazado, encaixar o lápis no buraquinho e movimentar conforme preciso.

Eu gosto mais das fitas que têm a escala dos dois lados, com a contagem começando cada uma em um sentido. Assim em qualquer lado que você pegar a fita ela poderá ser usada.

Uma opção também é ter uma fita métrica que funciona como uma trena, com caixinha e mecanismo retrátil. Se bem que eu tenho uma dessas, mas como não sou muito delicada, acabei quebrando o mecanismo. Para não perder a fita, que é muito boa, arranquei da caixinha retrátil que quebrei, rs!

2. Régua com esquadro

Existem esquadros grandes, com régua em um dos lados e com uma das pontas formando um ângulo de 90 graus. É imprescindível para a construção de retângulos e quadrados corretos, assim como acertar cantos de moldes que estejam sendo ajustados ou desenhados.

Eu não tenho nenhum como estes abaixo, mas tenho uma régua quadriculada que tem as marcações dos ângulos nela, então acaba também cumprindo esta função.

3. Régua quadriculada

Além de ter a medição habitual em milímetros, uma régua quadriculada ajuda facilmente a marcar margens de costura e fazer esquadros, pois já vem tudo marcado nela. Tenho uma há algum tempo e uso muito.

4. Régua para Patchwork

Os recursos dela se assemelham aos da régua quadriculada (marcações dos centímetros e dos ângulos), mas é de material mais pesado e grosso, para ficar bem estável na base de corte e ser usado com o cortador circular sem danificar a régua.

A régua de Patchwork costuma ser mais larga (a minha tem 15cm de largura), para ajudar na medição e também para aumentar a superfície onde se apoia a mão para mantê-la no lugar na hora do corte:

5. Régua de metal

Eu tenho duas, a menor muito antes de começar a costurar. Gosto de usar quando preciso usar em conjunto com estilete para cortar papel, assim não corro o risco de estragar alguma das minhas réguas plásticas.

Um detalhe final que eu gostaria de acrescentar é de comprar este tipo de instrumento sempre que possível feitos por empresas especializadas em instrumentos de precisão, como a Trident por exemplo. Infelizmente alguns “genéricos” possuem erros na escala e podem alterar o seu projeto. Não deveria acontecer, mas acontece…

Bora medir tudo no detalhe?

Beijos!

Ferramentas de Costura – Canetas Hidrográficas para Tecidos Escuros!
Ferramentas de Costura: Marcadores de Margem!
Katia Linden
Sou de São Paulo, publicitária de formação e várias outras coisas por admiração e escolha própria: tatuada, amante de música, viciada em Grey's Anatomy e Game of Thrones, esposa, dona de casa, ciclista, praticante de Pilates, costureira, modelista, consultora de estilo e (também, ufa) autora deste blog.
Sobre o Blog ⟩
Newsletter

Assine a minha newsletter e receba novidades exclusivas por e-mail!

Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Email inválido.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres. (Obrigatório!)
keyboard_arrow_right
close
Formação em Consultoria de Estilo!
Novidade: Livro “Costura Fácil” da Burda Style!