Cachepôs de Crochê!

Faz um tempo que eu aprendi como fazer amigurumis de crochê (post com presentes para meus pequenos aqui e para a Julia aqui). Adorei ver como o crochê pode ser feito de maneira diferente da que eu tinha aprendido há praticamente 20 anos!

Ao aprender a técnica dos amigurumis, pratiquei: iniciar com o anel mágico no lugar de algumas correntinhas, fazer carreiras contínuas usando um marcador e não fechá-las com ponto baixíssimo e trabalhar tudo em ponto baixo, além de dar volume através de aumentos e/ou diminuições.

Isso pode ser facilmente transportado para outras peças, como tapetes e cestos, veja que legal!

Iniciando com o tapete circular

Eu estou fazendo um tapete de crochê bem grande para a sala de casa, usando um fio de malha fino. Já estou no terceiro quilo de fio e ainda não cheguei ao tamanho desejado, mas espero alcançar esse resultado em breve e mostrar por aqui!

Mas, durante o processo de fazer o tapete, fomos convidados para um aniversário duplo, da minha vizinha dona Dina e sua filha Sandra, super queridas! Quis fazer um presente para cada uma e, assim, “roubei” um pouquinho do fio de malha comprado para o tapete para fazer este projeto duplo e especial.

Cachepôs de crochê

Fui a uma loja próxima de casa que sempre tem suculentas lindas à venda e escolhi duas Rosas de Pedra. Chegando em casa, comecei a fazer o primeiro cachepô e finalizei com ponto caranguejo na borda.

Apesar de ter ficado bonito nas fotos acima, rs, ao fazer o segundo, este ficou bem melhor que o primeiro e bem diferente! Fiz o terceiro procurando deixar igual ao segundo e, ao conseguir, desmanchei este primeiro, que passou a fazer parte do meu tapetão em progresso!

Os cachepôs definitivos ficaram do tamanho mais certinho em relação aos vasos e também mais estruturados! Nada como praticar um pouco, né?!

Os presentes enfeitados com crochê

E assim cheguei à casa da minha vizinha, com lembranças para as duas aniversariantes feitas com muito amor!

Adorei fazer estes cachepôs!
Rápido, fácil e com resultado super bonito e atual!

Acessórios para o Inverno: Gola em lã super grossa!
Look do dia: Regata de crochê e quimono de seda!
Novas golas em tricô!

Desde o ano passado, quando tricotei a primeira gola de lã para presentear, confesso que não parei mais. Algumas foram colocadas aqui no blog e outras não, por serem bem parecidas com esta primeira.

Uma gola em tricô é um presente fácil e rápido de fazer, ainda mais se a lã escolhida for mais grossinha. Depois é só arrematar com uma costura invisível (que tenho praticado a cada peça) e o agrado está pronto!

Gola em Ponto Barra Inglesa para Fabiane

Minha prima Fabiane mora em Joinville e me pediu uma gola em ponto barra inglesa que desse duas voltas, assim como a minha gola bem cheia que fiz em verde azulado.

Tricotei a tempo que ela recebesse ainda neste inverno e, como lá faz mais frio que em SP, deve estar sendo útil!

Obrigada prima querida pela confiança!

Uma Gola em Ponto Turco para Edleuza

Ao terminar o meu colete em tricô, a lã linda de merino que usei só para os acabamentos da peça não podia ficar parada. Usando o fio duplo, fiz uma gola em ponto turco para a querida Edleuza, que trabalha aqui em casa e está sempre acompanhando e apoiando o meu trabalho.

Eu já presenteei a Edleuza algumas vezes nesse tempo em que convivemos juntas, mas me dei conta que nunca tinha dado a ela algo que eu tinha feito (como pode?). Então, para tirar esse atraso, fiz esta gola bem fofinha e caprichada!

Assim como a gola para a Fabiane, entreguei a gola para a Edleuza a tempo de pegar o final deste inverno!

Uma Gola em Ponto Turco para a Erica

Para praticar o ponto turco que é lindo, fiz mais uma gola com ele, desta vez em lã Rasta (da Malabrigo) em uma cor tão linda que desejei fazer uma igualzinha pra mim, rs!

Presenteei a minha amiga Erica, que fez aniversário neste último domingo, um dia bem frio e chuvoso! Levei para ela um tiquinho de cor num dia tão cinza!

Espero que o carinho com que fiz estes presentes acompanhe vocês três! Obrigada!

Amigo Secreto das Tricoteiras
Acessórios para o Inverno: Gola de Tricô!
Um presente em tricô para a Valentina

Para poder aprender técnicas (e pontos) diferentes, eu confesso que acabo sempre fazendo projetos novos e não repetindo quase nenhum deles.

Mas é um fato que é sempre bom ter uma “carta na manga” na hora de presentear. A gola em ponto barra inglesa que aprendi no ano passado já foi repetida algumas vezes (umas cinco, eu acho), sendo uma ótima opção de presente bonito e rápido em tricô.

A receita da manta que eu fiz para o Hiro no ano passado também valia a pena ser repetida! Foi o que eu pensei ao fazer um presente para a Valentina, filha da Ana e do Otávio, que vai nascer em agosto.

Repetir alguns projetos ajuda muito a fixar a técnica e também a aprimorar a prática!

A manta da Valentina

Resolvi há um tempo fazer uma manta de tricô para a Valentina e comprei o material em março, para garantir… Comecei mesmo a tricotar em maio, quando passei o aperto de ter comprado lã a menos, por distração minha. Por sorte, entrei em contato com o Bazar Horizonte, onde eu tinha comprado a primeira parte da lã e eles ainda tinham novelos do mesmo lote, ufa!

No ano passado eu anotei a receita em meu caderninho, mas quem disse que eu anotei direito? Na hora eu compreendi o que anotei e a primeira peça saiu certinha. Mas ao retomar, quase um ano depois, vi que faltavam informações importantes!

Por sorte, o post sobre a manta do Hiro está bem recheado de fotos (rs) e elas me ajudaram a fazer a manta da Valentina corretamente!

Ainda por cima, provavelmente por conta da pressa em terminar a primeira manta, eu não tinha anotado como era o acabamento em crochê e acabei levando a manta para as aulas para terminar. Com esses pequenos percalços resolvidos, assim ela ficou!

Usei 10 novelos de lã Sidney, da Filatura Cervinia (50g cada, 100% lã de merino), agulha de tricô circular de 6mm (sem fazer tricô circular, só aproveitando o comprimento do cabo para ter mais espaço para trabalhar) e agulha de crochê de 4mm. A cor é um verdinho bem claro, código 805.

Um gorro fofinho

Como eu tinha tempo hábil para entregar o presente e um pouco de lã que restou da manta, aproveitei para tricotar um gorrinho bem fofo para a Valentina. Ela vai nascer ainda no inverno e acho que será bem útil!

E gorro infantil tem que ter pompom, né?!

Eu usei parte de um novelo da mesma lã da manta, não cheguei a usar os 50g, tricotando com agulha circular 4,5mm de cabo de 40cm, o mais curto que eu tenho. O pompom foi feito com o fazedor de pompom maior da dupla que tenho da Clover (tem post sobre meus apetrechos de tricô e crochê aqui).

Conjunto pronto!

Tricotar é bom demais!

Eu fui registrando algumas etapas do processo de fazer este presente no meu instagram e agora compartilho aqui também!

O presente ainda tem uma embalagem fofa que costurei, vou mostrar em outro post!

**Siga o blog com o Bloglovin **

Cachepôs de Crochê!
Acessórios para o Inverno: Gola em lã super grossa!
Katia Linden
Sou de São Paulo, publicitária de formação e várias outras coisas por admiração e escolha própria: tatuada, amante de música, viciada em Grey's Anatomy e Game of Thrones, esposa, dona de casa, ciclista, praticante de Pilates, costureira, modelista, consultora de estilo e (também, ufa) autora deste blog.
Sobre o Blog ⟩
Newsletter

Participe do mailing e receba newsletters cheias de novidades.

Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Email inválido.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres. (Obrigatório!)
keyboard_arrow_right
close
Formação em Consultoria de Estilo!
Novidade: Livro “Costura Fácil” da Burda Style!