Olá!
Não via a hora de colocar o post sobre a análise de cores que eu fiz no ar, pois realmente os meus planos de costura, de tricô e de crochê foram redirecionados nos últimos dois meses!

Na verdade, o primeiro resultado já deu para ver no post de 2a feira, da blusa de chambrê, mas este post aqui tem mais duas peças muito especiais!

Saia-calça

Nos meus planos de costuras para o inverno (post aqui), contei que queria fazer uma saia-calça para substituir uma mini saia de malha que “já deu o que tinha que dar”, rs! Quando comprei o tecido (2 metros de bi-stretch, um tipo de gabardine com elastano), eu ainda não tinha um molde definido, mas quando folheei a revista Burda de Agosto/16, encontrei o modelo ideal em uma pantacourt/calça culote que tinha um transpasse na frente. Era só encurtá-la que chegaria ao meu objetivo!

Modelo encontrado, oba!

“Mas, Katia, você não contou no post anterior que preto era uma cor que não te favorecia?”, você pode estar pensando… Sim, é verdade, mas eu já tinha comprado este tecido de boa qualidade e não iria desperdiçá-lo, só iria encontrar uma nova forma de tirar proveito da peça pronta!

Lá fui eu tirar o molde da peça, que está na seção Plus Size. Quanto aos moldes da Burda, preciso dizer que sou uma privilegiada já que uso 46 na parte de baixo e 42 na parte de cima. Então todos os moldes – regulares e plus size – com os devidos ajustes, podem me atender!

Tirei o molde num tamanho intermediário entre o 46 e o 48 e ajustei para as minhas medidas acima da linha do quadril. Encurtei até ficar com 23cm no entrepernas e assim nasceu a saia-calça que eu queria há tanto tempo!

Saia na frente… Shorts atrás!Os detalhes legais da peça: transpasse com amarração lateral (onde também tem um bolso) e fechamento com zíper invisível.

Blusa com Pregas

Já essa blusa estava na minha lista de projetos faz tempo, já estava com o tecido comprado desde o ano passado, inclusive. Revendo as minhas prioridades de cores, passei o projeto na frente e fiz a blusa rapidinho, pois não é um modelo complicado (ou seja, por que não fiz antes? rs!)

Bora fazer a blusa que estava esperando faz tempo?

Como eu sou menor na parte de cima do corpo e tenho pouco busto, modelos que tenham detalhes na região do colo são bons para mim, pois não criarão volumes “indesejados”. A blusa é bem retinha e eu bem que pensei em acinturá-la um pouco, mas acabei deixando exatamente como estava no molde.

Dica: Usei o tamanho 42, que se assemelha ao meu tamanho de roupas compradas prontas. Mas, sempre que for tirar um molde, tire as suas medidas e compare com a tabela que está na revista, pois parece um pouco com a numeração de roupas nas lojas, mas pode variar. Assim você evita sustos depois!

O tecido é um algodão com seda bem macio num tom de azul lindo e maravilhoso. Assim, com um tecido levinho as pregas não ficam volumosas e a abertura da cava fica com um acabamento leve e bonito.

Blusa rápida de fazer com efeito lindo no final!

Detalhe do decote e das pregas horizontais.

Como fica o acabamento das cavas, bem levinho!

Coloquei duas aberturas nas laterais, por minha conta, para assentar melhor no meu corpo sem ter que fazer num tamanho maior.

Look pronto para vestir!

Look do Dia

Eu preparei este look para usar no dia do bate papo entre blogueiras na Burda Expo, mas não queria correr o risco de usar a composição toda e, em cima da hora, não ter certeza de ter gostado. Apesar que as peças estavam tão bonitas que eu fiz isso só por segurança mesmo…

Aproveitei um passeio ao Sesc Pompéia para estrear as duas peças de uma vez e vi que daria certo usá-las na feira quando chegasse o dia. Essa é uma ótima coisa de se preparar com antecedência, né?!

Em outros tempos, eu teria considerado usar a blusa apenas por dentro da saia-calça para realçar a cintura. Mas com a minha piração mais recente por cores que me favorecem, achei que deixá-la por fora mostraria mais o azul do que o preto, além de ficar mais descontraído. Foi assim que eu fui à feira, aliás (o post sobre a Burda Expo está a caminho!).

Não sou muito de usar cores muito contrastantes com preto, por isso gosto muito de combiná-lo com azul. Desta vez não foi diferente, gostei bastante!

Opção 1: Look com a blusa por fora da saia calça.

Assim ficou mais descontraído e destacou bastante o azul da blusa!

Eu amei tanto essa blusa e a cor do tecido!

Opção 2: com a blusa por dentro da saia calça.

Assim ficou mais acinturado e arrumadinho!

Gostei também!

Preciso acrescentar um comentário sobre um outro detalhe handmade do look: os brincos. Os lindos Alex e Edu, da Montageart, fizeram exclusivamente para mim, depois que fiquei babando pelas peças da coleção Botânica que eles estão vendendo. Só que eu queria com um inseto que não fosse dourado, rs! Eles chegaram a esta linda combinação em tons de bronze, rosa e azul, tudo que eu amo! O par virou “o jardim de Katia Linden”, meu atual xodó!

Nem tenho mais o que comentar, só sentir amor pelos brincos, rs!

Recomendo muito conhecer a marca pelo Instagram, é uma lindeza atrás da outra! Tenho outras peças feitas por eles, sempre muito criativas, lindas e caprichadas!

Blusa com Pregas: Seda Jacquard Bicho (70% Algodão, 30% Seda) da loja Dona Dani (atual TexPrima), molde da revista Burda de Dezembro/2014.
Saia-Calça: tecido Bi-strech da GJ Tecidos (Centro – SP), molde da Pantacourt com transpasse da revista Burda de Agosto/2016, modificado por mim.
Espadrilles: Cervera
Brincos: Montageart

Gostou? Eu amei tudo!
Beijos e bom final de semana!