Olá!
Como tem sido parte dos meus planos, encontrei nas férias um tecido para um dos projetos que estavam me esperando “na fila”: uma malha de rayon para o meu vestido Wren, da Colette Patterns.

Sobre o Rayon

É uma malha fina, macia e bastante confortável, nunca tinha costurado um tecido deste. Quando já estava de volta em casa, resolvi relembrar o que é o tal do rayon: assim como a viscose, também é composto por celulose. Ou seja, está entre os tecidos sintéticos produzidos a partir de material natural.

Vestido Wren

Fiz o vestido na opção com saia de 6 panos e mais reta, sem mangas, como este logo abaixo. Adorei o detalhe transpassado com um leve franzido na parte de cima deste modelo! Pelo tecido que escolhi ser escuro e ter uma estampa miudinha, acabou que esses recortes da saia não ficaram tão aparentes, mas todo recorte é sempre bem vindo por aqui!

A única coisa que mudaria ao repetir este molde é que eu diminuiria um pouco a altura da parte de cima. Durante as provas que eu fiz durante a costura do vestido, não tive problemas, mas com ele já em uso ficou um pouco folgado e eu tenho que dar umas puxadinhas para trás de vez em quando (provavelmente ocasionada pela minha falta de busto para rechear o vestido, rs).

Como sempre, adorei o molde e as instruções da Colette Patterns. Resolvi fazer o vestido com as minhas medidas do ano passado (pois engordei um pouco nas férias e ainda estou correndo atrás do prejuízo). Por conta disso, está um pouco justo e marcando bem na região da barriga, basicamente porque eu gosto de viver perigosamente, rs! #vivendoperigosamenteparte1736452. Como sempre, precisei tirar alguns centímetros antes de fazer a barra na altura dos joelhos.

Adorei a estampa e os franzidos da parte de cima!

Fechei a peça na overloque (estamos “de bem” ultimamente, logo menos farei post sobre a solução dada para a Encantada funcionar!), com os acabamentos de barra feitos com a agulha dupla na máquina de costura. Tudo muito tranquilo!

Look do dia

Estreei o vestido na festa de aniversário da minha afilhada (beijo, Ellen!), com as minhas espadrilles pretas. É aquela combinação de preto e azul marinho que adoro e que estou sempre renovando com peças diferentes. Estava calor no dia e o vestido é fresquinho e também deu conta do conforto!

Apesar da barriguinha, o vestido tem potencial, não tem?

Vestido: malha de rayon comprada na Britex Fabrics (San Francisco), molde do vestido Wren, da Colette Patterns (EUA)
Espadrille: Cervera
Anel: Camila Klein
Colar: L’oiseau Vintage

Se você está com a impressão de já ter me visto com este vestido, é porque eu estava com ele nas fotos do post de aniversário de 3 anos do blog (aqui)!

Gostou?

Beijos!