Julia equipada para o inverno: cachecóis lindos e quentinhos!

Oi gente!

Esse inverno veio com tudo e aqui em São Paulo fez um frio como há muito tempo não se via.
Descobri que a minha pequena não tinha nenhum cachecol, pois desde que ela nasceu não havia feito tanto frio assim e também porque bebê não usa cachecol né?!

Então resolvi colocar a mão na massa e crochetar um cachecol para a Julia em lã natural, que comprei lá na Dona Henriquetta (post aqui).

A cor escolhida foi um vermelho vivo, lindíssimo, que combina muito com azul, a cor preferida da minha pequena no momento.

Crochetando o cachecol

Não segui nenhuma receita, fui fazendo de cabeça: uma carreira de ponto alto, a carreira seguinte de pontos altos intercalados por uma correntinha, para dar mais leveza e flexibilidade ao cachecol.
Não levei nem meia hora crochetando e voilá! Aí está o resultado:

Cachecol fácil e lindo!

A Julia gostou bastante da cor e fomos em uma exposição do Pós Impressionismo a caráter: ela realmente parecia uma francesinha, toda encapotada, mas sem perder o charme!

(A faixa de cabelo é assunto de outro post, aguardem!)

Cachecol de Tecido Felpudo

Na mesma semana, comentei com a minha mãe sobre a falta do cachecol e é claro que a Vovó Ana colocou a mão na massa e produziu não um simples cachecol, mas o mais charmoso de todos eles!

Ela me contou que havia herdado um tecido peludo da minha madrinha (isso frequentemente acontece aqui em casa, visto que somos todas costureiras) e não sabia o que fazer com ele. Eis que surgiu uma idéia: um cachecol de gatinho, com todos os detalhes do bichano e ainda um passador para prendê-lo no pescoço.

Como a vovó é terrível, ela não se conteve e aprontou também um lindo protetor de orelhas, fofinho, do mesmo tecido e recheado de manta acrílica para completar o conjunto:

Conjunto quentinho.

Frio, pode vir que a minha pequena está preparada!

Beijocas,
Ana

A volta às costuras depois de um ano
Voltei a dar aulas! Primeira parada: Sesc Ipiranga
Costuras da Semana!

Olá!

Semana passada rolou mais um sumiço, né?!
Pois bem, eu justifico esse sumiço com uma palavra só: introspecção.
Fiquei um tempinho quieta no meu canto em casa, aproveitando a vontade de me recolher um pouco, junto com a desculpa do frio que tinha voltado, para tocar algumas coisas.

A inspiração habitual para escrever não estava aquelas maravilhas, então resolvi colocar a mão na massa e aproveitar o silêncio da minha casinha. Já que teve pouco post semana passada, pelo menos hoje tenho algumas coisas pra mostrar!

Na aula de Patchwork, continuamos com as lixeirinhas. A peça que tem o alfineteiro, para ficar ao lado da máquina, já está pronta e em uso!

Não é uma graça?

A lixeira de mesa está a caminho, semana que vem eu mostro!

Terminei a bolsa com alças de acrílico para carregar meus tricôs futuros. Fiz 6 blocos de listras e ficou assim:

Para a foto deixei as agulhas deitadas no fundo e meu cachecol pronto para dar ideia de volume. Cabe mais coisa ainda, rs!

Falando em cachecol… sim, dei um gás no tricô e terminei meu cachecol, ufa!

Olha a selfie nada produzida para mostrar a estréia, rs!

Como contei há alguns dias, estou seguindo o Sewalong para montar o vestido Myrtle, da Colette.
Essa semana ele começará a ser costurado e eu vou fazer em dose dupla. Os tecidos eleitos foram uma viscose com estampa PB para a versão em tecido plano e um jersey de viscose cereja para a versão em malha. Pelo cronograma, no começo da semana que vem eles ficarão prontos!

Outro projeto que estava me esperando e eu dei uma atenção foi a produção de cobertores para os animais abrigados na UIPA – União Internacional Protetora dos Animais. Ano passado eu fiz 40 cobertores de soft e este ano eu conseguirei fazer um pouco mais.

É muito bom contribuir com um projeto que a gente acredita e que sabe que vai ser útil. Ano que vem quero repetir e aumentar mais um pouco a quantidade, além de começar a fazer mais cedo.

Por último, aproveitei também para começar uma boa (e definitiva) organização dos meus tecidos. Quando eu terminar, espero que seja logo, vou dedicar um post especial, para contar o processo todo.

#organizakatiaorganiza

Boa semana e boas costuras para você!Beijos!

Voltei a dar aulas! Primeira parada: Sesc Ipiranga
Um novo armário handmade para uma nova fase
Costuras da Semana!

Olá!

O post tradicional das segundas está entrando com um dia de atraso, infelizmente eu não pude postar ontem. Mas já estou de volta!

Começo contando que não sosseguei até tentar consertar meu cachecolzinho de tricô. Depois que postei do acidente semana passada, acabei não deixando para lá como eu tinha imaginado e aí tentei de novo. Dá pra ver uma faixinha esquisita, mas como será um cachecol e vai ficar enrolado no pescoço, não deve aparecer muito. Aí tornei a tricotar e agora falta pouco para terminar o segundo novelo de lã, oba!

Falando em tricotar, resolvi tentar fazer o ponto tricô, agora que já estou muito confortável com o ponto meia. Assim, eu poderia fazer o ponto jersey, aquele que fica com aparência de malha. Não é que consegui? Logo eu mostro!

Acho que isso abrirá mais possibilidades de tricô no futuro, já me imagino fazendo uma blusa para o próximo inverno, rs!

Voltando às costuras, terminei o conjunto de peças para pendurar. Quando o lugar do suporte estiver definido, vai tudo para a parede!

Aí já comecei a lixeirinha com alfineteiro para ficar do lado da máquina. A parte de baixo da peça está pronta e eu já estou amando! Depois desta, vou fazer uma lixeirinha de mesa.

Em casa, comecei a fazer uma bolsa para carregar por aí meus apetrechos de tricô. Peguei a ideia do livro “Costure!” da Cath Kidston, mas troquei os hexágonos por blocos listrados, assim ficou pronto rapidinho. Preciso agora colocar o forro e as alças e semana que vem eu mostro!

Duas estreias aconteceram esta semana e eu preciso mostrar. Primeiro foi a saia vinho com babados. Eu tinha feito o cós dela errado e por isso estava parada. Aí como eu queria usar na semana passada para sair, eu dei um truquinho nela, mas ainda preciso arrumar de vez:

E as minhas alpargatas também foram estreadas, com direito à calça e camisa jeans, adorei!

Passei o dia todo com elas, super confortáveis!

Achei até que a semana estava lenta e rendendo pouco, mas reunindo tudo para colocar neste post eu vi que rendeu sim, que bom!

Beijos e boas costuras!

Um novo armário handmade para uma nova fase
Os tricôs de 2018
Katia Linden
Sou de São Paulo, publicitária de formação e várias outras coisas por admiração e escolha própria: feminista, mãe de cachorros, tatuada, amante de música, viciada em Grey's Anatomy, costureira, modelista, consultora de estilo e (também, ufa) autora deste blog.
Sobre o Blog ⟩
Newsletter

Assine a minha newsletter e receba novidades exclusivas por e-mail!

Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Email inválido.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres. (Obrigatório!)
keyboard_arrow_right
close
Vencendo a minha maior resistência: vender!
Sobre Florescer em Pleno Inverno