A arte de Caetano de Almeida no Inhotim

Eu adoro ir a um museu, mas confesso que entendo pouco de arte contemporânea. Agora, se tem um lugar onde a arte contemporânea exerceu algum fascínio em mim, foi lá no Inhotim.

Estive lá por dois dias no ano passado e por mais dois dias agora em julho. Eu poderia fazer um post gigante sobre tudo o que me impactou nas duas visitas, mas quis destacar algumas obras que estão na Exposição “Por aqui tudo é novo”, inaugurada no ano passado na comemoração dos 10 anos do Inhotim.

Caetano de Almeida

As obras que me chamaram atenção são de Caetano de Almeida e formam lindas flores e folhas através da pintura com poluição (sim!) sobre tela ou papel e utilizando instrumentos de modelagem para formar as imagens. As curvas e esquadros que estamos acostumados a ver em nossos ateliês viraram obras de arte!

Consegui achar algumas obras do artista na Internet, pois não queria deixar de mostrar, achei lindo!

(clique em uma das fotos da galeria para ver em tela cheia!)

(Fonte: Galeria Luisa Strina)

Eu não tenho o costume de fotografar dentro de museus e afins, mas estas imagens eu queria compartilhar por aqui. Só que as obras estavam quase todas envidraçadas e, por conta do reflexo do vidro, não consegui captar algo que desse para ver direito… Ainda assim, aqui estão as obras com as curvas francesas pequenas que me encantaram!

É tão legal encontrar obras de arte com as quais a gente se relaciona e se encanta de cara, não é?! Eu adorei conhecer a obra de Caetano de Almeida e espero que ele continue produzindo peças lindas como estas!

Ah, esta exposição no Inhotim vai até setembro deste ano!

**Siga o blog com o Bloglovin **

Voltei a dar aulas! Primeira parada: Sesc Ipiranga
Um novo armário handmade para uma nova fase
Renoir e as Mulheres Artesãs!

Olá!
Existem muitas obras de arte que retratam mulheres fazendo trabalhos manuais. Isso acontece em grande parte porque tais atividades eram corriqueiras para as mulheres no passado. Assim como sempre escuto minha avó dizendo que as freiras a obrigavam a bordar perfeitamente, sob pena de castigos severos, e minha mãe relatar que, na época da sua adolescência, saber bordar e costurar eram praticamente requisitos para arrumar um bom casamento (como se toda mulher estivesse a procura de um, mas esse é assunto para outro post!), as meninas se dedicavam com afinco as manualidades, seja pelos motivos citados acima, ou como uma forma de se divertir e distrair nos momentos em que não se dedicavam aos intermináveis afazeres domésticos.

De todos os artistas que retrataram mulheres envolvidas em suas artes manuais, aquele que mais me chama atenção é Renoir e, por isso, resolvi fazer o post de hoje sobre ele.

Sobre Renoir e a Pintura

Pierre August Renoir foi um pintor impressionista que iniciou sua carreira como artesão. Isso mesmo, seu primeiro emprego foi como decorador de porcelana na fábrica dos Irmãos Lévy, onde pintava flores e buquês à mão para enfeitar a rica porcelana utilizada durante o chá da alta sociedade da época. Uma pena não ter encontrado nenhuma peça de porcelana pintada por ele para poder mostrar a vocês… eu mesma fiquei super curiosa!

Após esse período, se dedicou a pintura de leques e de tecidos, ofício esse que lhe rendeu o suporte financeiro necessário para ingressar na Escola de Belas Artes de Paris e realizar seu sonho. Já imaginou, na sua vidinha, ter um tecido pintado por Renoir? Eu morreria de amor!

Filho de um alfaiate e de uma costureira, não é de se admirar que Renoir admirasse tanto a cena cotidiana das mulheres em seus afazeres manuais, principalmente a costura, mas também o bordado e o tear. O que realmente fascina é o modo como retratava esses momentos tão singelos de maneira tão bela.

Renoir conseguiu reconhecimento de sua obra e viveu até os 78 anos, pintando até quando conseguiu suportar as dores do reumatismo que lhe acometia. Hoje em dia, sua obra é conhecida no mundo inteiro, como um dos grandes ícones do movimento impressionista.

As Artesãs nas Obras de Renoir

Aqui reuni algumas de suas belas obras, com o tema que tanto nos agrada:

Young woman sewing, 1879(Jovem Mulher Costurando)

Marie Therese Durand Ruel Sewing, 1882 (Marie Therese Durand Ruel Costurando)

Lise Sewing, 1866(Lise Costurando)

Jean Renoir sewing, 1899(Jean Renoir Costurando)

Woman sewing at the window, 1900(Mulher Costurando na Janela)

Woman Sewing, 1910(Mulher Costurando)

Chistine Lerolle Embroidering, 1897(Chistine Lerolle Bordando)

Embroiderers, 1904(Bordadeiras)

Girl tatting, 1906(Garota fazendo renda)

The Embroiderer (Woman Embroidering in a Garden), 1898(A Bordadeira – Mulher Bordando em um Jardim)

Espero que vocês tenham gostado de conhecer um pouquinho mais sobre a vida desse pintor e apreciem, tanto quanto eu, a belíssima arte desse gênio da pintura!

Um beijo,
Ana

Voltei a dar aulas! Primeira parada: Sesc Ipiranga
Um novo armário handmade para uma nova fase
A Arte e a Costura

Olá pessoal!

Esta não é a primeira vez que escrevo sobre esse tema, mas acho muito importante falar dele aqui no blog. Estou falando de arte! Sou uma doida, apaixonada, enlouquecida por arte e, apesar de escolher trabalhar com ciência e natureza, esse assunto sempre me fascinou. Faz muito tempo que, dia sim e outro também, coloco fotos de obras de arte lindas e que me inspiram no Facebook. Faço isso porque acredito que elas podem encantar outras pessoas e fazer o dia delas mais feliz, assim como fazem comigo. E por isso, já tem um tempo, fui convidada pelas queridíssimas comadres para escrever um post sobre o assunto e claro, sobre costura, no blog delas (veja aqui). Preciso dizer que adorei?

Animada, busquei algumas belezuras com o tema costura para compor o post. Gostei do resultado e fiquei ainda mais feliz por ser reconhecida pelos meus amigos por gostar de arte e sempre receber elogios por postar estas riquezas em meu perfil. Entre as artes, a pintura é a minha preferida, sobretudo quando se trata de impressionismo e Van Gogh… Aahhhh, Van Gogh (muitos suspiros!), vocês ainda vão ouvir muito falar dele, hihihihi!

Sem dúvida alguma ele é meu pintor favorito, tem uma imensa produção e após ler algumas de suas biografias, não consigo decidir qual período de sua obra mais me agrada… simplesmente amo tudo!

Em seus quadros sinto muita energia, as cores parecem gritar: “Estamos vivas!” e mesmo depois de tanto tempo eles são sempre atuais.

Infelizmente não vou conseguir descrever aqui em palavras o que sinto quando vejo as obras de Van Gogh e outros impressionistas mas, para resumir, digo que fico bastante emocionada (sim, eu já chorei ao visitar algumas delas). Essa arte toda me afeta ainda mais quando envolve meus assuntos preferidos, como a natureza, o mar e a costura.

A costura, o bordado, a tecelagem entre outras atividades manuais eram consideradas atividades domésticas corriqueiras, por isso elas foram bastante retratadas em pinturas. Isso mostra pra gente um pouquinho de como as pessoas viviam, as roupas e outras peças em tecido que eram usadas. Geralmente era realizada por mães, algumas vezes por grupos de mulheres. Na minha opinião, o bordado também era uma atividade muito apreciada pelas mulheres, pois além de mostrar esmero e carinho com as peças que poderiam, por exemplo, compor seu enxoval, parece sempre retratar um momento de “folga” dos afazeres domésticos… aquela horinha que tiramos para nós mesmos, para trabalhar com as mãos e refletir. Alguns artistas se especializaram em retratar essas cenas e, aos poucos, eu vou mostrando alguns deles aqui para vocês.

E, claro ainda falarei muito desse assunto, mas hoje selecionei umas obras de arte de que gosto muito pela beleza, simplicidade com que retratam o momento.

Mary Cassatt “A jovem mãe costurando”

August Macke “Elizabeth Gerhardt costurando”

Diego Velasquez “Costureira”

Vincent Van Gogh Sem título

Pintura Chinesa Antiga (sem autor e sem nome)

Pierre-Auguste Renoir “Lise costurando”

Espero que vocês apreciem, tanto quanto eu!

Beijoca!
Ana

Voltei a dar aulas! Primeira parada: Sesc Ipiranga
Um novo armário handmade para uma nova fase
Katia Linden
Sou de São Paulo, publicitária de formação e várias outras coisas por admiração e escolha própria: tatuada, amante de música, viciada em Grey's Anatomy e Game of Thrones, esposa, dona de casa, costureira, modelista, consultora de estilo e (também, ufa) autora deste blog.
Sobre o Blog ⟩
Newsletter

Assine a minha newsletter e receba novidades exclusivas por e-mail!

Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Email inválido.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres. (Obrigatório!)
keyboard_arrow_right
close
Vencendo a minha maior resistência: vender!
Sobre Florescer em Pleno Inverno