Beleza na costura para os pequenos

Olá!
Não é novidade que adoro arte, principalmente pintura. Ando pensando e lendo muito a respeito desse tema e, como não pode deixar de ser, sobre beleza.

Beleza é um conceito bem relativo, mas acho que a busca do belo, seja ele como for para mim ou para você, é algo quase inerente ao ser humano.

Como costureira faço isso o tempo todo: sempre tentando me aperfeiçoar, buscando os melhores e mais bonitos aviamentos… tecidos então, nem se fala!

Muitas peças não precisam nem de modelo requintado, só o tecido já diz tudo. Quando isso acontece, prefiro usar modelos clássicos para que o projeto não fique exagerado, mesmo quando se trata de trajes infantis. É claro que a roupa infantil te dá certa liberdade de brincar com os projetos e, portanto, com a beleza, mas eu gosto muito de clássicos, de cores sóbrias e quando o tecido sobressai não há necessidade de maiores rebuscamentos não é mesmo?

Quando mais é menos! Afinal, com estampas como essas precisa de mais alguma coisa?

Mas acho que onde mais busco a beleza são nos detalhes. Sou fascinada por golas, decotes, bordados e mangas diferenciadas, com acabamento perfeito, que para mim é onde está a beleza!

Já contei para vocês aqui que tinha medo do viés e que, após bastante treino, costura e descostura, consegui alcançar um acabamento fino e delicado… muita riqueza!

As golas também são um detalhe muito versátil, muito rico, onde você pode deixar sua criatividade solta para embelezar sua peça. A clássica gola Peter Pan (ainda não sei porque tem esse nome!) deixa qualquer vestido de arrasar. Além dela, golas duplas ou laçarotes tornam seu trabalho ainda mais especial.

A golinha Peter Pan clássica no modelinho de aniversário, um marinheiro moderninho com uma gola recortada e por último um verdinho com um grande laçarote: beleza pura!

Babados também são um assunto obrigatório quando se fala em embelezamento. Eles conferem um charme todo especial, dão leveza e movimento as peças. Para meninas, eu acho indispensável!!!! Podem aparecer na barra do vestido ou top, nas manguinhas ou compor a peça todo, caso você procure um look mais extrovertido!

Babados para todos os gostos: no decote, nas mangas e um top todinho “embabadado”!!!

As aplicações sejam de rendas, bordados ou até mesmo outros tecidos enriquecem seu projeto deixando muito mais bonito e exclusivo, alem de ser uma delícia de criar e fazer!

Bordados nas manguinhas e bolsos, bordado do au au do coração e bolsos de passarinhos, aplicados em outros tecidos nas saias das primas, não é muita lindeza??

Enfim, a beleza é um assunto interminável para nossa felicidade e, quanto mais você usar a criatividade, mais beleza vai colocar na sua costura.

Espero ter inspirado um tantinho vocês!

Beijoca!
Ana

Bordados da resiliência
Vencendo a minha maior resistência: vender!
Costuras da Semana!

Olá!

Em parte da semana passada eu fiz um tanto de outras coisas mais do mais do que costurei. Basicamente porque o ar condicionado de rodinhas de casa não cabe no meu quartinho de costura e, se coubesse, a saída do ar quente dele cozinharia todas as plantinhas que ficam na janela. A chuva veio e tudo voltou a ficar mais fácil desde 6a feira. Obrigada São Pedro!

Na aula de Patchwork, continuei a minha necessaire. Os quatro bloquinhos lindos da semana anterior receberam as peças que formarão a necessaire e também um quilt parte à mão, parte à máquina, além de botões vintage das meninas do Superziper para decorar. O projeto seguinte, da frasqueira, também já foi começado, com mais 6 blocos em log cabin.

Não está ficando lindo? Foi uma ótima oportunidade para usar um dos pontos decorativos da Novinha!

Aproveitando que estava colocando os botões vintage na necessaire, costurei outros três deles na carteirinha de mão, primeiro projeto deste conjunto de três peças. Ficou fofo!

Na aula de costura, continuei com meu vestido longo. Cortamos o forro e preparamos quase toda a parte de cima. Ainda não tem nada a mais para mostrar dele, mas acredito que dê para mostrar na semana que vem.

Lembra do shorts que eu estava fazendo em casa? Pois bem, ele era uma das peças que estavam progredindo devagar, pois eu não estava conseguindo fazer sozinha a parte do zíper com o transpasse. Então a última hora da minha aula eu separei para ele. Lurdes me ajudou a colocar o zíper, aproveitei para registrar cada passo com fotos e anotações. Vou tentar sozinha de novo em uma outra peça (Outro shorts? Será? Tenho que pensar a respeito!).

Na 6a feira, consegui terminá-lo, bem a tempo de usar no final de semana! Deixei pouca coisa mais comprido do que o primeiro shorts que eu fiz, mesmo assim não ficou muito comprido.

O botão é transparente, com “cara de vó”, que eu adoro!

Aproveitei para estrear no sábado com a minha blusa Sencha, um batom super rosa que eu estou amando e a minha sandália laranja favorita de todos os tempos!

Look (do fim) do dia, rs!

Detalhe dos botões nas costas da blusa.

Adorei o caimento do shorts, a mistura das estampas em azul e a combinação com o laranja da sandália! Não reparem em algum amarrotado das peças, mas as fotos foram feitas no fim do dia, depois de andar, sentar e levantar o dia todo, rs!

Aproveitando o final de semana de estreias, ontem usei a camiseta listrada que ganhou viés novo. Ficou mais durinho, mas não ficou apertado nem atrapalhou para usar!

Gostei bem mais da camiseta assim, oba

Além disso, a colcha de berço para o tão esperado Noah (beijo Ane e Gu!) vai receber um tempinho a mais nos próximos dias, pois esta tem prazo para seguir para o seu destino!

E o azul reinou por aqui esta semana, acabei de notar! Não tem jeito, adoro a cor, então ela sempre aparece!

Aí, para quebrar este mar de azuis desta semana, ontem à noite eu cortei a calça de linho (sim, aquele do início acidentado, rs) e já costurei uma parte, aproveitando o barulhinho gostoso da chuva. Semana que vem eu devo mostrá-la pronta!

Beijos e boas costuras!

Voltei a dar aulas! Primeira parada: Sesc Ipiranga
Um novo armário handmade para uma nova fase
Costura “vapt-vupt” ou Pimp my Blusinha

Olá!
Antes de contar a história desta costura “vapt-vupt”, explico o nome carinhoso deste projeto rapidinho:

De 2004 a 2007 a MTV americana tinha um programa chamado Pimp my Ride, para restaurar e “turbinar” carros, tipo o Lata Velha do Luciano Huck.
Aqui no Brasil existe um projeto social chamado Pimp my Carroça, que “turbina” carroças de catadores de lixo para dar mais visibilidade e auto-estima para eles. Legal, né?

Aí, voltando à camiseta, dia desses me deu um estalo de fazer um “Pimp my Blusinha”, rs!

A eleita foi uma camiseta listrada da Marisa que eu tenho faz um tempo e que uso bastante. Ainda assim, o acabamento do viés de malha dela sempre me incomodou um pouco. Acho que aplicaram assim, sem virar a ponta para dentro, para deixar mais “podrinho”, rs!

Camiseta antes.

Prova de que a intenção era de deixar uma aparência “podrinha”: na parte de dentro da peça, o viés era virado para dentro.

Lembrei do viés azul marinho com estampa de âncoras que eu tinha na minha caixinha de aviamentos e corri para a máquina de costura. Bora “turbinar” a camiseta! Coloquei o viés novo por cima do antigo mesmo, pois fiquei com medo de estragar a camiseta na hora de remover, já que o viés não estava preso à peça com uma costura reta simples.

Viés lindo.

Não ficou uma graça?

Ficou pronto rapidinho e ficou com um jeito mais fofo e arrumado, eu gostei bastante.

Que tal? Assim que eu usar, mostro a blusinha “turbinada” por aqui!

Beijos e boas costuras!

Por festas de fim de ano sem correria: planejando os looks!
Me Made May 2017 (#mmmay17): o final
Katia Linden
Sou de São Paulo, publicitária de formação e várias outras coisas por admiração e escolha própria: tatuada, amante de música, viciada em Grey's Anatomy e Game of Thrones, esposa, dona de casa, costureira, modelista, consultora de estilo e (também, ufa) autora deste blog.
Sobre o Blog ⟩
Newsletter

Assine a minha newsletter e receba novidades exclusivas por e-mail!

Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres.
Email inválido.
Insira apenas letras e espaços. Min. 2 caracteres. (Obrigatório!)
keyboard_arrow_right
close
Vencendo a minha maior resistência: vender!
Sobre Florescer em Pleno Inverno